“A Educação é a base de tudo, e a Cultura a base da Educação”

Seja bem-vindo (a) e faça uma boa pesquisa.

quarta-feira, 15 de junho de 2022

- Jornal “O GARCIA” Edição nº 10

Introdução: Adalberto Day
- Nesta edição de junho/2009, o jornal, continua com belas matérias e merece nossa aprovação e divulgação .
- Os destaques desta edição são para as Seguintes matérias:
Imagem do Mês: A Antiga E.I. Garcia em 1935, pág. 2 . - Amigo Bicho – O inverno está aí, proteja seu pet, pág.,3 - Artigos: - Cantinho da Saudade: As Festas Juninas nos anos 50,60, e 70 pág.6,– De Olho na ortografia : Acento agudo, pág. 11 - Saúde em movimento: Exercícios aeróbicos para a terceira idade?, pág.9 - Geral Instituto Gene, pág.5
Cantinho da Saudade Especial

As festas juninas de nossos avós
Por Dalva e Adalberto Day

quarta-feira, 8 de junho de 2022

- Desordem Institucional

Escrevi este artigo e mandei para alguns jornais, pela primeira vez em 12 de maio de 1990. O desenho (casa enjaulada) feito pelo saudoso amigo Dimas dos Santos, reflete pessoas do bem enjauladas, enquanto os que vivem na marginalidade circulam livremente. Na época passávamos por uma turbulência desenfreada principalmente com a inflação atingindo 84,32% ao mês... mas isso é outra história. Em meu texto original, citei esse fato, felizmente desde 1994 os índices inflacionários estão sob controle. Achei oportuno postar em meu blog por entender que pouca  coisa mudou, se é que mudou!
Desordem Institucional
12/maio/1990
O momento que estamos vivenciando nas questões políticas, corrupção desenfreada, e um “aparente comando” dos que estão a margem da sociedade, devem servir como um alerta para aquilo que todos almejam, um futuro melhor.
Devemos ir a luta para uma mudança em nossa sociedade, que hoje é fraca , e que reflete o atual quadro que se apresenta, através de alguns políticos. Não adianta só por a culpa nos governantes, porque a eles atribuímos nossos votos. A maioria da sociedade é justa, honesta, porém "O que preocupa não é só o grito dos maus, mas o silêncio dos bons. Para que as forças dos marginais triunfem, basta apenas que as pessoas de bem não façam nada".
Quando a força do bem prevalecer, uma sociedade mais politizada, teremos então um bom governo, pois será dessa sociedade, que escolheremos nossos representantes. O governo sempre é o reflexo da sociedade.
Chocolate quente e merenda 1960 escola São José
Quero aqui reafirmar o que Herbert de Souza, o “Betinho” de saudosa memória, vinha sempre alertando, “possuímos mais de 20 milhões de cidadãos abaixo da linha de pobreza, Como também dizia que a Elite é o Pai e a Mãe da miséria, e se cada um de nós fizermos alguma coisa, vamos mudar esse Brasil”. E dizer que mudar o futuro depende de como se pensa o presente.
Só pensamos na mudança, depois que acontecem os problemas, quando o correto seria a prevenção, um planejamento para evitar a convulsão social que pode chegar ao caos. É só observar o problema histórico na educação, e os sistemas penitenciários.
A má distribuição de renda, maior problema nacional, como também do atraso na questão da reforma agrária, só será amenizado se melhorarmos a qualificação da nossa mão de obra, e isso só serão possíveis, com ação eficaz do Estado na educação básica. Entendemos que uma melhor distribuição de renda só vai acontecer quando a educação escolar básica for ofertada a todos e com boa qualidade, proporcionando igualdades de condições, qualificando melhor a mão de obra e como consequência um aumento do preço da mão de obra não qualificada, por diminuição de sua oferta.
A Educação, sabemos, é dever do Estado e, vemos com os "bons olhos da esperança", que um dia cada criança, futuros cidadãos brasileiros, possam ver isso se tornar realidade.
Diante de tanta desordem institucional, não podemos permanecer passivos, de braços cruzados, precisamos participar, deixar de ser omissos. A sociedade sem participação é fraca, oprimida, e desunida, torna-se palco das discussões mais polêmicas, de intrigas, todos sabem o que falta, mas não encontram o caminho. A forma de fazer, e as soluções não saem do chão, por falta de iniciativa e liderança. Precisamos ser organizados, idéias as mais diversas, diferenças de toda ordem fazem parte de qualquer grupo social. Ao juntar-se a fé, a esperança de cada indivíduo, podemos dizer que vivenciamos a verdadeira fraternidade, sonhada por todos nós. Não devemos cair no descrédito, isso fará com que percamos a esperança. Vamos fazer nossa parte.
Arquivo Adalberto e Dalva Day e in memorin Dimas dos Santos.
O autor é Cientista Social e pesquisador da história em Blumenau.
Adalberto Day 12/maio/1990
________________________

O Homem Medíocre” Um povo que cultua um governante medíocre, é porque não sabe conceber um superior. As pretensas democracias, de todos os tempos, foram confabulações de profissionais, para se aproveitarem das massas e excluírem os homens eminentes. Foram sempre mediocracias. A premissa da sua mentira foi a existência de um povo capaz de assumir a soberania do Estado. Não existe tal povo, as massas de pobres e ignorantes não tiveram, até hoje, capacidade para governar, apenas trocaram de pastores... o culto da incompetência, não depende do regime político, mas do clima moral das épocas decadentes.. . como a atual. José Ingenieros 

quarta-feira, 1 de junho de 2022

- Bistrô 69!

   Horácio Braun e Adalberto Beto Day
A imagem de 1º de dezembro de 2006, mostra o encontro dos leitores da Coluna Horácio no “Santa” jornal Santa Catarina. O encontro foi no Schopping Neumarkt no Bistrô 69 – 3 meses e 23 dias após Horácio Braun faleceu.
Tim-tim, saúde, paz, amor, felicidade e Viva a Vida!
Olho, lho, lho
Saideira “O erro dos reformadores é tentar transformar os maus em bons”.
O “mundo só melhorará quando os bons tiverem a maldade suficiente de impor a bondade”. Pois é né ?.-  E tem gente que acredita que o Pato Donald, é um Pato! sei lá entende.. 

 

Horácio  Braun (*13.06.1949 – +24.03.2007) cronista, agitador cultural, músico, empresário.

Neste dia estava eu e o Horácio, em um “papo de botequim romanceado e verdadeiro, ao pé do ouvido, e ele anotando tudo para sua coluna no “Santa” Jornal de Santa Catarina.

O Flagrante da imagem foi  no instante quando ele  estava me perguntando: Adalberto, tens alguma coisa para postar amanhã? Eu respondi: Tenho, sim. E comecei a citar várias para ele e que algumas não deu tempo de ser publicada devido seu falecimento.

- Adalberto, é verdade que a data de fundação de Blumenau era 28 de agosto 1852 determinada por dr. Blumenau? Sim HorácioEssa foi a data que prevaleceu até o ano de 1899, quando a câmara de vereadores aprovou a mudança para 02 de setembro de 1850  , data esta da suposta chegada dos 17 primeiros imigrantes (em Desterro atual Florianópolis). A mudança ocorre a partir de 1900 quando o é comemorado o cinquentenário da cidade. 

- Adalberto, e sobre os Tuneis? Túneis para “Hitler” escapar? Se esconder quando viesse “morar” em Blumenau. Tudo Mito, Horácio;  As galerias são pluviais e fluviais, construídas desordenadamente sem planejamento e infraestrutura, juntando-se ao longo da colonização e crescimento urbano da cidade. Claro que existem galerias (túneis) em Blumenau. Existem por toda cidade. No centro são conhecidas várias, uma das mais antigas (anterior a posse de “Hitler” na Alemanha) localiza-se em propriedades do Colégio Pedro II, era para conservar alimentos. A localizada no atual Castelo da Havan foi construída para as pequenas embarcações depositarem mercadorias para a antiga Casa de Comércio Altenburg. Esse processo facilitava a entrega das mercadorias, assim possibilitando melhor acesso e sem o perigo de ao subir a barranca do rio (Beira Rio), escorregarem e em consequência a perda da mercadoria junto ao rio. E tantas outras existentes, entre os Colégios Santo Antônio e Sagrada Família, mas não que interligava dando acesso aos padres e freiras se relacionarem. Podem até ter acontecido, mas não nas galerias fedorentas e cheios de baratas, dejetos fecais e outros ... se aconteceu foi em camas quentinhas, e até nos matagais ao redor. 

- Adalberto, outro dia você comentou sobre o Grande Garcia e um cidadão do bairro da Velha, onde eu moro (morava), contestou, fiquei meio assim sabe; então é verdade que o bairro Progresso é o maior da cidade?

- Sim Horácio, é mais de ¼ do tamanho do município. O Progresso tem 9,7Km² na área Urbana + 132Km² na área Rural = 141,9Km² e nosso município sua área é de um pouco mais de 519Km², é fato e ponto! assim como o maior Ribeirão o Garcia com mais de 42Km de extensão e o Ribeirão da Velha, pouco mais de 24Km de extensão. Não nos ensinam nas escolas!

- Adalberto, você comentou que dr. Blumenau e os 17 imigrantes não vieram com o Vapor Blumenau, que está ali na Prainha ... deu um rebu!

- Horácio, o Vapor Blumenau começou a navegar em 1895 até seu final em 1959. Dr. Blumenau retornou para a Alemanha em 1884, portanto nem conheceu o Vapor que empresta seu nome, essa é do tipo “me engana que eu gosto”.

- Adalberto, quanta coisa você me comentou que não aprendi nem no Pedro II. Você também comentou que o Universo não é infinito, claro que não, respondi. É finito o grande Albert Einstein, digamos errou, hoje ele saberia. O Universo possui bordas e está em expansão, infinito é o NADA e este está fora do cosmo. Para mim só existem dois infinitos, os números e o NADA, talvez o AMOR, mas ainda não tenho certeza. Adalberto, também você me comentou que temos todos a mesma idade, mesmo quem ainda não nasceu. Respondi: sim se acreditamos no Big-Bang (a grande explosão), todos e tudo que existe no Universo estava lá neste instante uns 13,7 bilhões de anos atrás, portanto esta é nossa idade.  Então me conta outras para eu ir postando no Santa pois estas vão dar muitas polêmicas.

- Certo Horácio. Vamos lá ... Você sabe o que significa a sigla E.T.N.S. não sei não Adalberto; pois é, Eu Também Não Sei .. Não sabes a resposta?, comentou ele ... respondi, sei sim e já te dei a resposta.

- Horácio você sabe quantas vezes aparece o n. 9 entre os números 01 até100? 12 vezes respondeu ele, ou seja 09. 19, 29, 39, 49, 59. 69. 79. 89. 90. 99 ... não Horácio, até que você foi bem, contou 2 noves no 99. Mas a resposta são 20 vezes, você esqueceu 91, 92, 93, 94, 95, 96, 97, 98.

- Horácio, qual é a sequencia logica depois da letra N? U.D.T.Q.C.S.S.O.N. ... agora você me pegou ... é a letra D, respondi. Ou seja, U de um, D de dois, T de três .... e assim por diante. D de Dez.  Então só para completar qual a sequência depois da letra S? S.T.Q.Q.S.S... ele respondeu D > Bingo, você acertou, D de Domingo.

- Mais uma Horácio, presta atenção, mistura de português com matemática: Qual o correto dizer, a soma de 7+8= Catorze ou quatorze? Tanto faz, ambos estão corretos, porém a resposta é Quinze, retrucou ele. Bingo ... você além de inteligente é esperto, conclui.

- Horácio essa é meio malcriada: A Professora pergunta, Pedrinho quanto são 5+5? Pedrinho começa a contar com ajuda dos dedos, a professora diz, não pode contar pelos dedos. Pedrinho esperto coloca as mãos nos bolsos um estava furado e responde: 11 professora!. Não Pedrinho são 10. O que será que ele contou a mais!

- Horácio, para finalizar. Em uma corrida de F1 , de repente você passa o segundo colocado, em que posição você fica? Depende se você está em primeiro, continua em primeiro, agora se você está em terceiro, passa a ser o segundo.

Vamos lá Adalberto, a Saideira  Tim-tim, saúde, paz, amor, felicidade e Viva a Vida!  Olho, lho, lho

Então vai somando em voz alta Horácio: vamos lá:

1000+20=1020 + 1000= 2020 + 30=2050 + 1000=3050 + 40=3090, finalizando + 1000=4090 + 10= 5000, estava indo tão bem Horácio, pensa bem você sempre foi muito inteligente e criativo .... “caracoles”, respondeu ele: a resposta é 4090? Bingo no Bistrô, você acertou!

Te encaminho outras por e-mail, só me solicitar; conclui.

Saudades deste tempo ... tenho mais de 550 postagens no Santa em diversas colunas, onde escrevi mais foi no saudoso “Almanaque do Vale” por mais de 12 anos.

 Para saber mais acesse:

 Horácio Braun

https://adalbertoday.blogspot.com/2008/03/um-ano-sem-horcio-braun.html

Arquivo de Adalberto Beto Day – Cientista social e pesquisador da história.

- Covid 19 em Blumenau e história da gripe espanhola

Corona Vírus 2020/21/22 – Atualizado dia  30/Junho/2022

Mortes no mundo        :  Mais de   6..332.579

Mortes no Brasil          :  Mais de      671.466

Mortes em SC              :  Mais de        22.013

Mortes em Blumenau :  Mais de             787

Mais de 30 milhões de brasileiros pegaram a Covid-19.

 História

Desde o início de fevereiro 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a chamar oficialmente a doença causada pelo novo coronavírus de Covid-19. COVID significa Corona Vírus Disease (Doença do Corona vírus), enquanto “19” se refere a 2019, quando os primeiros casos em Wuhan, na China, foram divulgados publicamente pelo governo chinês no final de dezembro. A denominação é importante para evitar casos de xenofobia e preconceito, além de confusões com outras doenças. SARS-CoV-2 (do inglês Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavírus 2) ou síndrome respiratória aguda grave do coronavírus 2. 

Adalberto Day

No Brasil  as politicas partidárias, ideológicas e governantes, tomaram atitudes inicialmente inadequadas e com "maus" exemplos, prevaricaram!. O futuro dirá e cobrará o elevado número de mortes, por falta de planejamento, e ação. A República Federativa do Brasil da América do Sul (2020/21), foi inicialmente um dos piores exemplos para o mundo.  Foram "Negaciionistas" no enfrentamento da pandemia. Milhares de vidas (mortes) poderiam ter sido evitadas se as autoridades tivessem atitudes corretas desde fevereiro de 2020, quando ainda não havia nenhum óbito  de cidadão brasileiro. Pressionados (governantes) o Brasil começou a tomar atitudes tardias, após mais de 300 mil mortes, em março de 2021.

CPI da Pandemia: O Senador Omar Aziz - PSD-AM, foi escolhido como Presidente; o Senador Randolfe Rodrigues -Rede-PE como vice e o Senador Renan Calheiros - MDB-AL, como relator.

A CPI foi criada em 13 de abril de 2021, oficialmente instalada no Senado Federal em 27 de abril de 2021  e prorrogada por mais três meses em 14 de julho de 2021. O Ministro da Saúde Marcelo Queiroga pegou (diagnosticado na ONU) Covid-19 em 22 setembro/2021

Dia 18 outubro/2021  houve uma audiência pública (CPI) com familiares das vitimas da Covid-19, onde discorreram suas dores com as perdas Dia 19 outubro/2021 a CPI ouviu depoimento de Elton da Silva Chaves, integrante do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). 

O relatório foi apresentado e lido pelo relator Senador Renan Calheiros no dia 20 outubro/2021.  

Dia 26 de outubro/2021 foi realizada a votação do  (votos a favor 0704 votos contra) relatório final da CPI. Foram indiciadas 80 pessoas. Em 27 outubro/2021 foi entregue o relatório à (PGR) Procuradoria Geral da República.

**********************************************************************

O Primeiro Óbito em Blumenau foi no dia 05 de maio de 2020, as 07:40 nome Vanesa Neuber Salm, 34 anos, Bairro da Velha internada desde 07 de Abril de 2020 no Hospital Santa Isabel. Servidora pública da secretária Municipal de Promoção da Saúde, atuava como técnica de enfermagem no CAPSsigla CAPS significa Centro de Atenção Psicossocial, é um espaço de referência no tratamento de pessoas que sofrem de transtornos mentais.

O segundo óbito foi a senhora Norma Blasius, 79 anos, faleceu no dia 07 de maio de 2020. Moradora do bairro Val Paraiso/Garcia e internada desde o dia 03 de abril de 2020, no Hospital Santa Catarina.

*******************************************************************

Pandemia da Gripe espanhola em Blumenau 1918/1919

História

Adalberto Day

Em Blumenau não existe registro de mortes, só de infectados. Em Florianópolis foram algumas mortes. A Gripe espanhola saiu dos EUA e quem pagou o pato foram os espanhóis. 1918/1919 a duração da vacina levou mais de 10 anos para sua eficácia, porém até hoje tomamos a vacina Influenza. No mundo mais de 50 milhões de mortes. No Brasil mais de 35.000 mil mortes.

Aquela pessoa que faleceu um ano depois, não foi diagnosticado como vítima da gripe espanhola, pegou sim, mas deixa dúvidas.

Augusto Ittner

Fonte Jornal de Santa Catarina

Gripe Espanhola em Blumenau: em 1918, falta de leitos preocupou o Hospital Santa Isabel 

Há poucos relatos sobre a pandemia do século passado na cidade, mas textos publicados no Blumenau em Cadernos mostram como foi o tratamento da doença no município e indicam semelhanças com os dias atuais 

22/04/2020 - 07h19 - Atualizada em: 22/04/2020 - 17h34

NSC – Total Jornal de Santa Catarina.

Por Augusto Ittner
Hospital Santa Isabel no fim da década de 1910, quando ocorreu a pandemia da gripe espanhola. 
Relatos que foram publicados no Blumenau em Cadernos mostram como a cidade lidou com a gripe espanhola há mais de 100 anos. Embora a doença tenha matado cerca de 35 mil pessoas no Brasil, há poucos documentos que indicam como blumenauenses, autoridades de saúde e políticos da região superaram a pandemia. 

​Nos textos que foram publicados em edições do ano 2008, há algumas curiosidades históricas que chamam a atenção: a primeira delas é o fato de o Hospital Santa Isabel (foto) ter se preocupado com o número de pacientes infectados em Blumenau em relação à capacidade da unidade. Havia em 1918, segundo o relato, temor quanto a um possível colapso no sistema de saúde — que já era precário.

"Com o aparecimento da (gripe) espanhola, o hospital (Santa Isabel) teve grandes dificuldades, pois não havia leitos suficientes", diz o texto.

Para amenizar o impacto da falta de vagas no HSI, o Dr. Ernesto Sappelt — um dos nomes mais importantes da medicina em Blumenau — utilizou ácido acetilsalicílico (hoje conhecido pelo nome comercial: Aspirina) para tratar as pessoas com sintomas da gripe espanhola. Ele ia de casa em casa para oferecer o medicamento aos doentes.

"Junto com o suadouro (um dos tratamentos para doenças na época), (os pacientes) tomavam duas Aspirinas que o Dr. Sappelt distribuía gratuitamente. Os resultados foram muito benéficos e o número de vítimas fatais foi negligível (aquilo que pode ser desconsiderado)", afirma o relato.

Não há números de infectados em Blumenau, mas conforme o material, originalmente publicado como Crônica do Hospital Santa Isabel, o surto no município "foi violento". Um dos pacientes que teve a gripe, segundo o Blumenau em Cadernos, foi Carl Wahle, o livreiro e professor de história, alemão e grego do Colégio Santo Antônio.

Dr. Sappelt visitava pessoas doentes durante todos os dias. Isso o fez ser infectado com a gripe espanhola, de acordo com o documento, doença que iria matá-lo um ano depois, ainda em meio à pandemia, em 8 de outubro de 1919.

"Depois de ter salvado praticamente todos os seus pacientes, o Dr. Sappelt, apesar de ele mesmo ter contraído a gripe, continuou a cuidar de seus pacientes. Ele não teve a mesma sorte, pois veio a falecer". O relato continua, e afirma: "no tratamento desta gripe, muita gente tomou conhecimento pela primeira vez da Aspirina".

Com a falta de leitos no Hospital Santa Isabel, ainda segundo o documento, as farmácias se transformaram "em verdadeiras clínicas para a classe pobre" em Blumenau. Dr. João Medeiros, farmacêutico conhecido na cidade, atendia até 15 pessoas com sintomas de gripe espanhola por dia, e praticamente todos eram tratados com Aspirina.

Para a historiadora e Diretora do Patrimônio Histórico de Blumenau, Sueli Petry, esses relatos ajudam a diminuir a escassez de informações sobre como foi a pandemia do século passado em Blumenau e no Vale do Itajaí.

— A imprensa da época não relatava nada sobre a gripe espanhola. O que a gente tem é a descrição de um personagem que foi acometido pela doença, que é o Carl Wahle. Ele escreveu muitas memórias, que foram publicadas no Blumenau em Cadernos, o que nos ajuda um pouco a ver como foi aquela pandemia por aqui. E o que chama mais a atenção é o fato de termos muitas semelhanças com os dias atuais — destaca a historiadora.

Colaboração e pesquisa: Professora e diretora do arquivo histórico de Blumenau ,Sueli Petry

sexta-feira, 6 de maio de 2022

- O dia em que pensei ter ficado milionário

Hoje em histórias de nosso cotidiano, apresento um momento de pura nostalgia vivenciada por mim, e mais alguns amigos em 1977. 
Desde que começaram as apostas dos "13 pontos da loteria", em todos os cantos do Brasil apareceram os apostadores. Na então EIG - Empresa Industrial Garcia, não foi diferente. Comandado por um dos motoristas da empresa Hercilio Dalabona, fazíamos um bolão com boa parte dos funcionários da empresa. Baseava-se de acerttar 3 resultados e ser o ganhador. O esquema funcionava de eliminar 10 dos 13 jogos. Por várias vezes fomos vencedores, mas quase sempre o valor na divisão era pequeno e já ficava para a próxima aposta. Tempos bons!.
13 Pontos:
Frente e Verso
A famosa loteria esportiva já me fez por uns instantes acreditar que poderia ter ficado milionário. Mas tudo não passou de um sonho.
Com já era de costume, nós do nosso setor de trabalho na área de Recursos Humanos, antes empresa Garcia e depois na Artex, também fazíamos nossa aposta na loteria esportiva, na intenção de acertar os 13 pontos.
Nossa expectativa se tornava sempre atenta à TV a cada final de semana, e um dia se tornou realidade.
No teste 353 – data 03/04/09/1977 meu nome apareceu como titular deste tão cobiçado prêmio.
No dia 03/04 de setembro de 1977, esse instante mágico chegou. Fizemos os 13 pontos, eu fiquei feliz e vibrei muito por certo momento. Como não tínhamos telefone, na época, fomos até a casa do nosso amigo Danilo de Oliveira (aquele que mais apostava da nossa turma e foi ganhador em outras oportunidades) distante uns 2 Km de nossa residência, tão logo constatamos ser um dos ganhadores, isso no domingo à noite.
Chegando à residência do amigo Danilo, ele já nos desestimulou, dando gargalhadas e já foi avisando: “vão ser mais de 10 mil acertadores, pois não pintou nenhuma zebra”. A famosa zebrinha na telinha da Globo realmente não apareceu.
Olha eu aí...
Os resultados indicados em cada coluna, são os verdadeiros da época
Foram realmente milhares de acertadores, não lembro quantos. A quantia que ganhamos foi de Cr$ 7.011,76 divididos entre os  sete participantes da aposta. Coube a cada um de nós Walter Hort, Oswaldo Malheiros, Mauro Malheiros, Danilo de Oliveira, Paulo Gamba, Waldemar Hinkeldey e eu, a quantia de Cr$ 1.001,68 (equivalente em reais hoje de uns R$ 800,00) menos que um salário mínimo.

Mas o que importa foi o sonho, e a sorte pelo menos naquele dia chegou, e guardo com carinho este volante da aposta teste nº 353, um belo número.
Adalberto Day cientista social e pesquisador da história

quarta-feira, 4 de maio de 2022

Enchente em Blumenau - ALERTABLU

 

Para acessar o ALERTABLU e saber o nível do Rio Itajaí Açu no momento, acesse:

Enchente em Blumenau Se não abrir , aguarde, muitas pesquisas e acessos.

Cotas de enchentes por Rua em Blumenau

Para saber mais sobre enchentes e enxurradas em Blumenau. acesse os links abaixo:

A enchente de 1880 

A enchente de 1911

A enchente de 1983
Enchentes de 1983 e 1984 em Blumenau 

Tragédia Anunciada

Enchentes. enxurradas ...

Enxurrada de 31 de Outubro de 1961


Relação dos picos de enchentes registrados em Blumenau desde sua fundação:                    

ANO

DATA

COTA metros

1852

29/10

16.30

1855

20/11

13.30

1862

00/11

09.00

1864

17/09

10.00

1868

27/11

13.30

1869

21/10

11.00

1870

11/10

10.00

1880

23/09

17.10

1888

00/01

12.80

1891

18/06

13.80

1898

01/05

12.80

1898

25/12

11.30

1900

02/10

12.80

1911

02/10

16.90

1911

29/10

09.86

1923

20/06

09.00

1925

14/05

10.30

1926

14/01

09.50

1927

09/10

12.30

1928

31/05

08.20

1928

18/06

11.76

1928

15/08

10.82

1928

17/09

10.30

1931

02/05

11.05

1931

14/09

11.25

1931

18/09

11.53

1932

25/05

09.75

1933

04/10

11.85

1935

24/09

11.65

1936

06/08

10.40

1939

27/11

11.45

1943

03/08

10.50

1946

02/02

09.45

1948

17/05

11.85

1950

17/10

09.45

1953

01/11

09.65

1954

08/05

09.56

1954

22/11

12.53

1955

20/05

10.61

1957

20/07

09.28

1957

02/08

10.60

1957

18/08

13.07

1957

16/09

09.44

1961

12/09

10.35

1961

30/09

09.63

1961

01/11

12.49

1962

09/09

08.94

1962

21/09

09.29

1963

29/09

09.67

1966

13/02

10.07

1967

18/02

10.50

1969

06/04

10.14

1971

09/06

10.35

1972

17/08

10.70

1972

29/08

11.35

1973

25/06

11.30

1973

03/07

09.00

1973

22/07

09.30

1973

28/07

09.35

1973

29/08

12.35

1975

04/10

12.63

1975

13/12

08.50

1976

15/05

08.30

1976

29/05

10.85

1977

18/08

09.15

1978

26/12

11.50

1979

10/05

09.45

1979

09/10

10.45

1980

31/07

08.40

1980

22/12

13.27

1982

15/11

08.65

1983

04/03

10.60

1983

20/05

12.52

1983

09/07

15.34

1983

24/09

11.75

1984

07/08

15.46

1990

21/07

08.82

1992

29/05

12.80

1992

01/07

10.62

1997

01/02

09.44

1998

28/04

08.24

1999

03/07

08.26

2001

01/10

11.02

2008

23/11

11.52

2009

06/10

08.17

2010

26/04

08.46

2011

31/08

08.50

2011

08/09

11.60

2011

09/09

12,60 e 12,80 (Ceops),

2013

22/09

10,47

2013

23/09

10,51

2014

09/06

10,18

2014

29/06

08,13

2015

22/10

10,00

2015

23/10

10,03

2017

01/06

08,71

2017

06/06

08,52

 2022

04/05 

09,36 

 2022 

05/05

09,39 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Adalberto Day cientista social e pesquisador da história em Blumenau.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...