“A Educação é a base de tudo, e a Cultura a base da Educação”

Seja bem-vindo (a) e faça uma boa pesquisa.

sábado, 31 de outubro de 2015

- Helmuth Leyendecker

O HERÓI DO GARCIA
Em histórias de nosso cotidiano apresentamos um pequeno relato de Helmuth Leyendecker que teve uma grande atuação em sua comunidade do bairro Garcia –  principalmente na violenta enxurrada de 31 de outubro de 1961. Morador da Rua Amazonas e trabalhava na empresa Artex S/A. 




Helmuth Leyendecker  e esposa Tereza Ribeiro Leyendecker.
História:
Em 1961 ocorreu uma das maiores tragédias em todo Garcia. Foi na manhã do dia 31 de outubro de 1961. Algumas casas foram levadas, a principal foi na Rua Emilio Tallmann e onde uma mãe com três crianças preferiu ir para o “sótão” descartando o alerta das autoridades e bombeiros. A Casa da família Teixeira, foi levada pela correnteza, a mãe mais dois filhos  não pereceram. As três crianças foram encontradas mortas no estádio do Amazonas. Também nessa enxurrada morreu afogado o soldado Moacir Pinheiro. A tragédia poderia ter sido pior. No entanto, na época, as ocupações nas margens do Ribeirão eram poucas.
Valter Hiebert e seu relato:
Nessa tragédia ocorrida no dia 31 de outubro de 1961, tivemos o caso do Soldado Moacir Pinheiro (morador da rua Almirante Saldanha da Gama, bairro Glória)  que acabou caindo próximo a  passarela (pinguela) após tentar atravessa-la, devido a forte correnteza, da hoje rua Hermann Huscher ( bairro Valparaiso) cujo nível da rua era inferior ao da pinguela. Era água pelo joelho, mas ele caiu e foi arrastado para uma cerca de arame próxima onde ficou preso junto ao entulho e veio a óbito na  atual rua que empresta seu nome,; (Rua Soldado Moacir Pinheiro) no bairro Garcia em sua homenagem.
Helmuth Leyendecker  e esposa Tereza Ribeiro Leyendecker Bodas de Ouro
Outro fato digno de heroísmo foi uma tentativa feita por um morador do Bairro do Garcia  sito a Rua Amazonas e trabalhador da empresa Artex S/A, de salvar três crianças que vinham pelo ribeirão abaixo nos destroços da casa em que moravam. Este senhor foi HELMUTH LEYENDECKER que se atirou nas águas barrentas e com muita correnteza. Seu ato de heroísmo não foi suficiente pra salvar as três crianças, pois a ponte com estrutura muita baixa não permitiu, elas foram encontradas mortas no estádio do Amazonas Esporte Clube de propriedade da E.I. Garcia.
 

O senhor Helmuth foi levado pela corrente da esquerda onde era o leito natural do rio. Uns 150 metros abaixo existia um cotovelo do rio e o terreno mais baixo que o lado oposto. Nesse terreno mais baixo existia um bosque e nele Helmuth Leyendecker encontrou uma árvore salvadora. Mas com o nível do rio ainda subindo, tanto assim que depois destruiu salão do Amazonas. Fico a imaginar a tensão daquelas muitas horas que ali ficou. As tentativas de resgate eram com um barco a remo amarrado com longas cordas que tentava atravessar o rio em diagonal. Depois de várias tentativas frustradas obtiveram êxito,
Salvaram o HERÓI do Garcia. Muitos outros adultos estavam na ponte quando as crianças passaram ninguém mais teve a mesma iniciativa, todos ficaram pasmos com a coragem do 
HERÓI DO GARCIA, finaliza Hiebert.
 ******************************** 
Marcos Salles Leyendecker Meu tio Helmuth Leyendecker, Valter e demais amigos, nasceu em Wuppertal, Alemanha. Seus pais eram Gustav Karl e Margareth (Beigreif) Leyendecker. Veio para Florianópolis em 1926. Meu pai contava ele ainda era de colo, portanto deve ter nascido em 1925, ou 1926, trazido por seus pais, e juntamente com seus dois irmãos, Hans Carl e Robert Ernst, meu pai. Faleceu em Blumenau em 2007.
Casou em Florianópolis com Tereza (Ribeiro) e mudou-se para Blumenau, penso que na década de 40, pois meu pai veio em 1941. Tiveram os filhos: Walter, Margareth, Helmuth Jr, Carlos, Arno e Betina.
Leyendecker Paulo Sou neto de Helmuth Leyendecker . Me emocionei ao ler estes comentários . Ouvi muito pouco da historia . Ele faleceu em 2007 de enfisema pulmonar aos 84 anos . Esta no cemitério da Igreja Luterana Centro . No que puder e precisar me avisem. Consigo até foto dele se quiserem. Eh uma honra para mim como neto homenageá-lo e SIM faria igual se um dia precisar salvar uma vida !
Colaboração Valter Hiebert/Paulo Leyendecker/Marcos Salles Leyendecker.    

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

- Enchente em Blumenau, cotas ...


          Cotas        
       das enchentes em Blumenau desde 1852      
ANO
DATA
COTA
1852
29/10
16.30
1855
20/11
13.30
1862
00/11
09.00
1864
17/09
10.00
1868
27/11
13.30
1869
21/10
11.00
1870
11/10
10.00
1880
23/09
17.10
1888
00/01
12.80
1891
18/06
13.80
1898
01/05
12.80
1898
25/12
11.30
1900
02/10
12.80
1911
02/10
16.90
1911
29/10
09.86
1923
20/06
09.00
1925
14/05
10.30
1926
14/01
09.50
1927
09/10
12.30
1928
31/05
08.20
1928
18/06
11.76
1928
15/08
10.82
1928
17/09
10.30
1931
02/05
11.05
1931
14/09
11.25
1931
18/09
11.53
1932
25/05
09.75
1933
04/10
11.85
1935
24/09
11.65
1936
06/08
10.40
1939
27/11
11.45
1943
03/08
10.50
1946
02/02
09.45
1948
17/05
11.85
1950
17/10
09.45
1953
01/11
09.65
1954
08/05
09.56
1954
22/11
12.53
1955
20/05
10.61
1957
20/07
09.28
1957
02/08
10.60
1957
18/08
13.07
1957
16/09
09.44
1961
12/09
10.35
1961
30/09
09.63
1961
01/11
12.49
1962
09/09
08.94
1962
21/09
09.29
1963
29/09
09.67
1966
13/02
10.07
1967
18/02
10.50
1969
06/04
10.14
1971
09/06
10.35
1972
17/08
10.70
1972
29/08
11.35
1973
25/06
11.30
1973
03/07
09.00
1973
22/07
09.30
1973
28/07
09.35
1973
29/08
12.35
1975
04/10
12.63
1975
13/12
08.50
1976
15/05
08.30
1976
29/05
10.85
1977
18/08
09.15
1978
26/12
11.50
1979
10/05
09.45
1979
09/10
10.45
1980
31/07
08.40
1980
22/12
13.27
1982
15/11
08.65
1983
04/03
10.60
1983
20/05
12.52
1983
09/07
15.34
1983
24/09
11.75
1984
07/08
15.46
1990
21/07
08.82
1992
29/05
12.80
1992
01/07
10.62
1997
01/02
09.44
1998
28/04
08.24
1999
03/07
08.26
2001
01/10
11.02
2008
23/11
11.52
2009
06/10
08.17
2010
26/04
08.46
2011
31/08
08.50
2011
08/09
11.60
2011
09/09
12,60 e 12,80 (Ceops),
2013
22/09
10,47
2013
23/09
10,51
2014
09/06
10,18
2014
29/06
08,13
2015
22/10
10,00
2015
23/10
10,03
2017
01/06
08,71
2017
06/06
08,52






A enchente de 1880
A enchente de 1911
A enchente de 1983
As enchentes em Blumenau
http://adalbertoday.blogspot.com.br/2007/11/as-enchentes-em-blumenau.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...