"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

terça-feira, 21 de julho de 2015

- A origem dos nomes dos Bairros

A origem dos nomes dos bairros de Blumenau
do Vorstadt: “Entrada da Cidade”, isto é, para quem vinha do litoral é o que se localiza antes do centro da cidade.
Centro: Local onde ficou instalada a sede da Colônia Blumenau, conhecida como Stadtplatz – praça da cidade. Hoje engloba três ruas principais, a Rua XV de Novembro, a Rua Sete de Setembro e Castelo Branco (Beira Rio).
do Ribeirão Fresco: Desde o início da Colônia Blumenau, já se conhecia o caminho principal deste bairro como Kühler Grund – palavra de origem alemã que significa Solo Fresco, daí o nome do ribeirão, como Fresco.
do Garcia: Por existir nesta região moradores vindos do rio Garcia de Camboriú, hoje rio Camboriú, já em 1846. Conhecidos como gente do Garcia
da Glória: Nome dado em 04 de fevereiro de 1938 pelo então prefeito José Ferreira da Silva por existir nesta localidade, desde 1920, o Clube Musical Glória.  Esta localidade até esta data era conhecida pelos moradores como Spectiefe – palavra de origem alemã que significa caminho ou vale lamacento, ou gorduroso.   
Progresso: O nome deriva de na proximidade da região; serem instaladas as primeiras indústrias têxteis: Empresa Industrial Garcia e a Artex, sinal de Progresso. Quando um morador vinha fazer uma "Ficha" nas empresas ou no comércio, eram perguntados: Onde você mora? - Moro no Alto Garcia, ou Garcia Alto, - mas onde fica este local? ; - Lá onde o Progresso está chegando, se referindo as indústrias. 
Valparaíso: Por haver na localidade um conjunto residencial Loteamento Valparaíso – nome dado em homenagem à cidade chilena de Valparaíso. 
da Vila  Formosa: Margeado pela rua Hermann Huscher, este bairro foi criado em 1956 pelo prefeito Frederico Guilherme Busch Júnior.   Esta denominação foi dada em homenagem a um grande proprietário de terras no Bairro Vila Formosa, que inaugurou um curtume no dia 7 de janeiro de 1898.
Jardim Blumenau: Criado em 1956 belo então prefeito Frederico Guilherme Busch Júnior que o denominou assim, motivado pela tradição dos moradores terem em frente às casas, sempre jardins bem cuidados. 
Bom Retiro: Desde cedo esta localidade era conhecida como Jammerthal – que significa Vale das lamentações. O nome do Ribeirão Retiro já consta no mapa de Blumenau de 1864.  Com a criação deste bairro em 1956, a tranqüilidade do lugar deu origem ao nome de Bom Retiro.
da Velha: A origem do nome deste bairro tem duas versões: uma, que remonta a 1838 diz que na região morava uma velha senhora as margens do ribeirão; outra versão baseia-se no fato de que ali existiria uma família de cognome Velha, antes mesmo da fundação da cidade de Blumenau. Como também de referencia a serraria mais velha, do que a do Garcia.
Velha Central: Área central do curso do ribeirão Velha com ampla área plana, envoltos em pequenos morros.
Velha Grande: Área junto do ribeirão da Velha formada pelo estreito e longo  vale deste ribeirão, hoje com locais de ocupação quase que exclusivamente em áreas de declive.
Passo Manso: Desde cedo esta região era conhecida como Stiller Pass, que significa passo ou passagem calmo ou silencioso, pois o rio Itajaí-Açu ali tem suas águas calmas e tranquilas.
Salto Weissbach: Bairro na margem direita do rio Itajaí-Açu próximo da foz do Ribeirão Branco, que em alemão se diz “Weissbach”. Nome dado por imigrantes alemães que significa “Salto do Ribeirão Branco”.
do Salto: Bairro localizado na margem direita do rio Itajaí-Açu, do lado sul do Grande Salto de 8 metros de altura aproximadamente.
da Escola Agrícola: Na localidade em 1940 foi instalada uma “Escola Agrícola Municipal” para crianças. Com o desenvolvimento a região passou a ser conhecida como Escola Agrícola. 
Água Verde: Diz a lenda que por haver nas águas do ribeirão da região grande número de algas e musgos, aparentando ser de coloração verde, daí o nome deste bairro.
Vila Nova: Bairro criado em 1956 e deu-se o nome de Vila Nova, porque na época sua ocupação com residências era recente. 
de Itoupava Seca: Localizado no lado Sul do rio Itajaí, o nome Itoupava de origem tupi-guarani significa corredeiras, já Seca se refere ao afloramento das pedras do leito do rio em épocas de estiagem.
dr. Victor Konder: Nome dado em homenagem a personagem da história local. Victor Konder tinha uma fazenda nesta localidade e  foi Presidente da Câmara de Blumenau, Secretário da Fazenda do Estado e Ministro da Viação.
da Boa Vista: Nome derivado de neste bairro haver um morro que desde cedo oferecia uma boa visão da área central da colônia.
da Ponta Aguda: Nome dado pelo fato de o rio Itajaí-Açu nesta área ter uma curva bem acentuada, formando uma ponta de terra, daí Ponta Aguda. 
Nova Esperança:  A localidade era conhecida como Morro do Abacaxi , mais tarde após o encontro de uma onça passaram a chamar Toca da Onça, nos anos 1980 após um plebiscito na comunidade optaram pela denominação Nova Esperança, por ventura da esperança dos inúmeros migrantes que chegavam ao local.
de Itoupava Norte : O nome  Itoupava é de origem tupi-guarani e significa corredeiras, logo este bairro está localizado no lado Norte do rio Itajaí-Açu.
Fortaleza: Região do ribeirão Fortaleza, por ventura deste ribeirão haver próxima sua foz no Itajaí um rochedo alinhado semelhante a uma fortaleza. 
Tribess: Nome dado em homenagem a um dos primeiros moradores da localidade. 
Fortaleza Alta: Região próxima as nascentes do ribeirão Fortaleza.
Fidélis : Nome derivado da referência que os primeiros moradores da localidade faziam ao ribeirão ali existente, dizendo: fluss geht ganz fidel – o rio corre mansamente. A palavra Fidel, mais tarde aportuguesada passou a ser pronunciada Fidélis. 
Salto do Norte: Lado norte do Grande Salto do rio Itajaí-Açu..
Badenfurt: Bairro próximo à região da foz do rio do Testo no Itajaí-Açu, onde imigrantes vindos de Baden se estabeleceram, daí o nome que significa travessia do (rio) de Baden. Trata-se de um lugar que permite a passagem de um rio, travessia do rio em uma localização da água rasa (mas não pantanosa).
Testo Salto: Bairro próximo ao salto do rio do Testo, daí a origem do seu nome. 
Itoupavazinha: De origem tupy que significa “pequeno ribeirão com corredeiras”.
Itoupava Central: Região central do ribeirão Itoupava. Itoupava: corredeiras.
Vila Itoupava: Vila do ribeirão de corredeiras.
Para saber mais acesse:
Arquivo de Adalberto Day/Colaboração Jochen G. Rohlfs

30 comentários:

José Victor Iten disse...

Bom dia Adalberto Day

Belas e interessantes informações, li e aprendi um monte.
O da Glória foi novidade, contigo sempre aprendemos!
Uma informação importante que poderá ser escrito em outra oportunidade é que o município de Blumenau está localizado em dois Vales, o Itajaí e o Itapocu, que é todas a região da Vila Itoupava, após a "serra da vila", onde às águas desembocam no Rio Itapocu.
E que a Vila Itoupava possui diversas localidades, com Itoupava Rega, alta, baixa, !3 de Maio alto, baixo, Braço do Sul, Saxônia, Ribeirão Areia, etc, que também poderia ser objeto de matéria para sabermos de onde e porquê destes nomes.

ADALBERTO! Obrigado por nos brindar com tudo isso, saúde, paz e muitas alegrias para ti!

EDEMAR ANNUSECK disse...


Muito bom amigo Adalberto Day. Os jovens em sua maioria não devem conhecer como e porque os bairros de Blumenau receberam essas denominações. VC continua através dos seus textos não só retratando a região como e especialmente resgatando a memória da cidade e região.
Um grande abraço, saúde e parabéns. É isso aí.

Edemar Annuseck
Curitiba - PR

Dayse disse...


Adalberto, esses dados são Muito interessante
Dayse Mrm

Eugênio disse...

Muito legal Adalberto. Conhecer os detalhes tão bacanas sobre nossa cidade é sempre agradabilíssimo!
Eugênio Brueckheimer

Vivien Alcântara disse...

Essa matéria sobre a origem dos nomes de cada bairro me remete a um tempo
passado, que tras muitas recordações dos nossos antepassados e rasga
o coração de saudades!Queira Deus que as gerações futuras tambem preservem
a memória e a história blumenauense.

Braga disse...

Parabéns Beto por destacar os significados dos nomes dos bairros de Blumenau.
Com relação à sugestão do Iten, é interessante lembrar também que Massaranduba já pertenceu a Blumenau e fica bem mais ligado ao Vale do Itapocu do que ao do Itajaí.
Abraços
Carlos Braga Mueller

Nilton Sérgio Zuqui disse...

Meu caro Adalberto,
Eu sempre falo,estas suas histórias são fantásticas principalmente por tratar de assuntos de extrema importância para quem precisa enriquecer seus conhecimentos. Toda via , muitos bairros não existiam tempos atrás, para nos do Garcia chamávamos só Garcia, hoje tantos outros existem no mesmo,parabéns por mais uma bela história.

Rubens disse...

Adalberto,sempre é bom conhecer a nossa história!
Rubens F H Sombrio

Valdir Salvador disse...

.Amigo Adalberto como sempre o seu interece é dar atodos os maiores conhecimento, mas estes não é culpa sua mas bem poucos me conveceran, valeu abraços. Valdir Salvador pass

rdeggau disse...

Parabéns pelo registro. Muitas informações interessantes.

Luiz Cláudio Hogrefe disse...

Muito legal! Parabéns pelo trabalho!

Ricardo Becker Maçaneiro disse...

Caríssimo Adalberto

Penso que esta é uma das "mais mais" interessantes postagens do blog, já que para muitos a origem dos nomes não só dos bairros, mas também de "localidades" de Blumenau permanece um tanto inacessível. Principalmente os migrantes cada vez mais numerosos, vindos, as vezes, de longínquos estados, devem se perguntar o que é, afinal, uma "itoupava"! Nem os blumenauenses sabem geralmente do que se trata.

Ademar disse...


O sr Adalberto Day merece meu respeito!
Uma das pessoas mais sábias que conheço.
Ademar de Moura

Rafaela disse...

via Prefeitura de Blumenau

Muito massa...
Para quem não sabe de onde vêm as Itoupavas... Tá aí!
Rafaela Schork

Roberta disse...

via Prefeitura de Blumenau

Finalmente descobri o que é uma Itoupava!
Roberta Ramos

Santos disse...

Querido amigo Beto. Fiquei impressionado com tantos detalhes a respeito dos nossos bairros.. Eu nem sabia que havia tantos.Obrigado por mais essa página de conhecimento de nossa cidade. Taí, , um tema interessante para vestibular. Uma excelente semana para o amigo. com toda a saúde.
Eutraclinio A. Santos

Anônimo disse...

Sr. Adalberto,
Sobre o nome do bairro Fortaleza, conheço uma história diferente. Diziam meus antepassados que o ribeirão que corta o bairro e desemboca no Itajaí-Açu nas proximidades da rua da coca-cola era muito forte. O Vapor Blumenau navegava até a região da ponte Santa Catarina, na Itoupava Norte e ao passar pelo local onde desemboca o ribeirão, quando período chuvoso, não conseguia, formando então uma fortaleza, daí o nome do ribeirão e posteriormente do bairro.

Marcelo disse...


Adalberto, gostei muito desta materia. Aprendi muito, parabens.

Marcelo Nogara

Sáskia disse...

via Prefeitura de Blumenau

Muito legal! Passo Manso....tudo a ver com o lugar.
Exibir anexo
Sáskia Rossweiler v

Ana disse...

via Prefeitura de Blumenau
Grande historiador Adalberto Day.. muito interessante.
Ana Célia Barbetta Moretto

Adriano disse...

que trabalho legal.. alguns eu conhecia a historia... outros me foi surpresa.. Parabéns ao pesquisador
Adriano Tomasoni

Viliam disse...

Legal! Sei um pouco mais desta bela cidade.
Viliam Oto Boehme

Alexandre disse...

Show de cultura.. .
Alexandre Pofahl

Rolf disse...

Sugiro que esse trabalho seja levado às escolas e que, também se faça uma campanha para o pronúncia correta dos nomes estrangeiros. Principalmente a mídia, que é uma grande ferramenta de cultura, deveria abraçar essa causa. No caso do bairro Vorstadt, pronuncia-se Fórstadt.
Rolf Seibt

Bruna disse...

Muito legal. Sempre quis saber porque o bairro chama-se Velha. Emoticon wink
Bruna Assolari

Curt disse...

0lá meu Caro Adalberto
– muito obrigado elo envio do e mail dando conta da origem dos nomes dos diversos bairros. Permita-me chamar a sua atenção para a Ponta Aguda - eu conheço como Scharfe Ecke” Interessante também
São os nomes dos bairros como eram conhecidos. Em sua maioria eram conhecidos como “Enckes Berg, Volkersberg, Hundeberg, Bahúberg, Quersack, Kleinschmidtberge, Kellermansbach” e tem as” “Tiefes” - que eu nunca pude identificar. Uma frase “Da hinten ganz Vorne” é uma gracinha - ou seja “ lá atrás bem lá na frente”.
Curt Heise

Heike Weege disse...

Olá, Sr Adalberto. Gostei muito dessa postagem, parabéns. Adoro teu blog. Abraços.

Carlos Koehler disse...

Sr. Adalberto, em Blumenau em Cadernos Tomo XLI, jan2000, pag. 35, expõe habitantes em Blumenau 1869. Na página 40 é citado II-Distrito do Vale do Retiro. O senhor pode me confirmar que se trata do atual bairro Bom Retiro?

Janete disse...

Interessante as origens. Parabéns pelo ótimo trabalho.

Anônimo disse...

É bom conhecermos a nossa história. Parabéns pela postagem. Vou reproduzi-la no meu blog com os devidos créditos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...