"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sábado, 24 de julho de 2010

- Hospital Santa Catarina

Rua Amazonas, 301 - Blumenau - Bairro Garcia
História:
O Hospital Santa Catarina de Blumenau (HSC Blumenau) nasceu de um desafio feito, em 1915, pelo pastor Walter Mummelthey à assembléia do Sínodo Evangélico Santa Catarina e Paraná, de construir um hospital evangélico em Blumenau. Após o desafio aceito, a comunidade evangélica cedeu o terreno e uma comissão assumiu a incumbência de arrecadar fundos e fiscalizar a construção, que teve início em fevereiro de 1916, em plena Primeira Guerra Mundial.
Década 19(20) Foto: Auguste Hester
Apesar das dificuldades, o Hospital pôde ser inaugurado no dia 27 de junho de 1920 (data considerada de fundação) , contando com 50 leitos divididos em duas alas: uma para homens, e outra destinada a mulheres. A enfermagem era composta por seis diaconisas, as tradicionais "Schwester", chefiadas pela irmã Gertrud Vogt, todas oriundas da Casa Matriz Kaiserswerth, de Wittenberg, Alemanha. Enquanto os trabalhos médicos foram confiados ao Dr. Christian Jhonsen.
Evolução:
Em 1934, são agregados ao Hospital um pavilhão de isolamento com mais 22 leitos e a infraestrutura necessária para atender pacientes vitimados pela febre tifóide. Em 1937 o HSC Blumenau é outra vez ampliado, com a construção de uma grande ala de três pavimentos, que até hoje constitui o bloco arquitetônico central da Instituição. Outras melhorias e ampliações se seguiram no decorrer dos anos, como a instalação dos consultórios médicos, recepção, mais algumas unidades confortáveis de internação e Unidade de Terapia Intensiva Adulto.
No final da década de 1980, o Hospital Santa Catarina de Blumenau enfrentava a sua maior crise financeira, o que levou a direção a optar pelo descredenciamento do SUS, em 1987. Na época, um movimento nacional pretendia descredenciar todos os hospitais do SUS, mas poucos aderiram.
HSC 1932
O Hospital não recebia auxílio do governo e, se a direção não tivesse tomado a decisão de "andar pelas próprias pernas", hoje estaria em situação insustentável. Por isso, foram necessárias mudanças profundas. A começar por uma nova forma de administrar, com padrões rígidos e uma visão empresarial que permitiram grandes e constantes investimentos em ampliações físicas, implantação de tecnologias de ponta, treinamento e valorização dos colaboradores.
Em seguida, partindo de um diagnóstico e prognóstico para o futuro, foi elaborado e implementado, em 1991, o Plano Diretor do Hospital, que prevê projetos de forma modular e flexível, de acordo com as necessidades, circunstâncias econômicas e políticas. No mesmo ano foi eleita uma nova diretoria, que reoxigenou e proporcionou maior dinâmica às atividades do Hospital, com estratégias específicas de gestão.
O HSC Blumenau, por ser um hospital geral exige, muitas vezes, coragem e até ousadia da administração para implementar mudanças. Assim, seguindo as diretrizes do Plano Diretor para tornar ainda mais eficientes os serviços prestados, o Hospital construiu um prédio de 12 andares, o Centro Clínico Santa Catarina, com capacidade para 100 consultórios médicos, inaugurado em março de 1998.
Em 2000 inova sua logomarca, para iniciar uma nova fase da Instituição, marcada por grandes investimentos em ampliações, inovações administrativas e tecnológicas. E dessa forma, conquistou igualdade entre os hospitais mais avançados do País pela implantação de importantes alternativas na prestação de serviços em diferentes especialidades médicas, por meio de parcerias e terceirização.
Hoje
Hoje o Hospital Santa Catarina de Blumenau (HSC Blumenau) está entre as instituições de saúde que são referência no Sul e Centro-Sul do País. Dispõe de 150 leitos, um CTI Adulto, uma UTI Neonatal e Pediátrica, uma clínica de diagnóstico por imagem (Bluimagem), uma Clínica de Saúde Mental (A3) e o mais variado mix de especialidades e clínicas parceiras, sob a responsabilidade de profissionais altamente qualificados. O HSC Blumenau possui convênio com diversos planos de saúde, e sempre tem a preocupação de que eles continuem viáveis, tanto para o Hospital quanto para o usuário.
Uma das principais bandeiras do modelo de gestão vigente é o seu software corporativo, desenvolvido em parceria com uma softhouse local e que interliga em tempo real todas as unidades de negócio do HSC Blumenau e o Centro Clínico Santa Catarina.
O grande desafio para um futuro próximo é conquistar a Acreditação Internacional, por intermédio do Consórcio Brasileiro de Acreditação de Sistemas de Saúde (CBA) / Joint Commission International, com o intuito de ter uma avaliação qualitativa da organização e da satisfação do cliente e, tornar-se, assim, a primeira instituição hospitalar de Santa Catarina a obter a certificação internacional.
Como parte do Planejamento Estratégico, o HSC Blumenau pretende, a médio prazo, estar consolidado como um hospital referência na área cardiológica, ortopédica e neurológica. E, nos próximos anos, ampliar o foco para ser também excelência em terapia intensiva, oncologia e cirurgia.
Para Saber mais acesse:
http://www.hsc.com.br/pt_br/
http://adalbertoday.blogspot.com/2008/06/o-centenrio-de-franz-krepsky.html

Arquivo Hospital Santa Catarina

3 comentários:

Angeline disse...

Gostei do novo banner.

Beto Tillmann disse...

Prezado Beto,

mais uma vez parabéns pelo "post". O Hospitral Santa catarina esta gravado no coração prá sempre aqui em casa. Minha segunda filha, Marina, ali nasceu e teve como primeiro pediatra o Doutor. Maurici Nascimento, que aliás foi o meu também.
Beto Tillmann
Ps. que tal um papo com este grande médico blumanauense.

OSMAR HINKELDEY disse...

Prezado Adalberto

parabéns pela matéria sobre o HSC, este Hospital de referência aqui de Blumenau.
Trabalhei no setor administrativo e minhas duas filhas nasceram ali.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...