"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

- Handebol de Blumenau

Duda Amorim orgulho dos blumenauenses 

Foto: LEE JIN-MAN/AP
MARCOS CASTIEL/ Enviado Especial/Pequim Se tem um grupo que merece uma boa participação olímpica, este é o das meninas do handebol. O esforço para sair do patamar quase zero em nível internacional, para um panorama competitivo foi digno de heroínas. Este é um caso típico onde o importante não é só competir, mas, em primeiro lugar, consolidar a evolução. Do nada, até competir com chances diante das européias e asiáticas, foi uma missão assumida pelo técnico Juan Oliver. Missão quase impossível. E que deu frutos olímpicos, mesmo nas derrotas. ”Na madrugada brasileira, o choro não foi contido pelas jogadoras, entre elas Duda Amorim, de Blumenau, e Chana, goleira de Capinzal. E tinha também Pará, que atua em Blumenau. As três com atuação destacada. Mas ninguém brilhou mais do que Duda”. 
Jornal de Santa Catarina/12/agosto/2008
História:
Incentivada pela irmã mais velha, Eduarda Idalina Amorim. "Duda" começou a jogar handebol aos 11 anos, no Colégio Barão do Rio Branco, em Blumenau (SC), sua cidade natal.
- Altura: 1m86cm
- Data de Nascimento: 23/setembro/1986
- Posição: Armadora
O Handebol feminino de Blumenau é atualmente bicampeã da copa Brasil.
Foto : Blog Esporte Rio
A conquistada Copa Brasil foi muito comemorada pelas meninas de Blumenau, dedicando o título à armadora Fabiana Kuestner Gripa que deveria também estar nesta olimpíada. .

Fabiana Gripa
23/12/2013 | N° 13071
PASSE LIVRE | EVERTON SIEMANN
·        Ouro made in Blumenau O Brasil é campeão mundial de handebol pela primeira vez 2013 e Blumenau tem a melhora jogadora da competição. Aos 27 anos, Duda Amorim liderou o time na inédita e impecável conquista. Os troféus premiam o trabalho planejado e bem desenvolvido pela Confederação Brasileira de Handebol. Junta-se a ele o sacrifício de cada uma dessas meninas, que há alguns anos abriram mão do conforto de casa e da proximidade da família para jogar nos rincões da Europa, onde o handebol é mais estruturado e valorizado.
O sucesso de Duda é um misto de dedicação, suor e lágrimas com o trabalho desenvolvido nas categorias de base de Blumenau. Quando adolescente, deu os primeiros arremessos ao lado da irmã mais velha, Ana, defendendo as cores da cidade natal.

As equipes de base locais têm uma série de meninas repletas de talento e sonhos. O problema é que nos últimos anos os dirigentes da modalidade tiveram que mendigar apoio. E não só aqui. A Liga Nacional é a soma de esforços de amantes do esporte que se desdobram para colocar as equipes em quadra. Espero que após essa conquista o cenário mude.

 Lucas Amorelli / Agencia RBS

Orgulho de SC - Catarinense Duda Amorim é eleita a melhor jogadora de handebol do mundo de 2014.
Blumenauense é a segunda do país a conseguir o título da Federação Internacional da modalidade.
A brasileira Duda Amorim, nascida em Blumenau, foi eleita a melhor jogadora de handebol do mundo 2014, em eleição realizada pela Federação Internacional, que contou com a participação de fãs do esporte, via internet. 
Duda é a segunda brasileira a ganhar o prêmio. Em 2012, Alexandra Nascimento conquistou a premiação.

Duda obteve 35,2% dos votos, deixando Cristina Neagu, da Romênia, em segundo lugar com 25,8%. 
 
Adalberto Day

Um comentário:

Anônimo disse...

Bem legal, mesmo, deixando o registro para a história as nossas meninas heroinas que valem ouro.
José Geraldo Reis Pfau
Publicitário e fã do BLOG do Adalberto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...