"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

quarta-feira, 9 de julho de 2008

- Gírias do nosso cotidiano III

Oriundo do sul. Esse “dicionário” ou gírias é quase perfeito, especialmente para quem não é 'nativo' deste chão!
Alemoa: loura
Apinchá: jogar
Atorá: cortar
Avil: isqueiro
Baita: grande
Boleá: jogar, entrar
Briquiá: trocar, de mano ou não
Colaboração: Zé Pfau
Camassada de pau: apanhar
Campiá: procurar
Catrefa: pessoas que não valem nada
Chumaço: conjunto de alguma coisa
Cóça de laço: apanhar
Crêendios pai: exclamação quando algo dá errado
De revesgueio: de um tal jeito
De vereda: rápido
Fincá: cravar
Fóque: lanterna
Fuque: fusca
Garrão: calcanhar
Incebando: enrolando, fazendo cera
Ingrupi: enganar
Ínôzá: amarrar (já viu palavra com todas as sílabas com acento?)
Inprenhá: engravidar
Insúcia: em conjunto
Intertê: fazer passar o tempo com algo
Inticá: provocar
Intrevêro: bagunça
Intuiado: cheio
Invaretado: nervoso
Japona: jaqueta de nylon
Jóssa: coisa
Judiá: mal tratar
Kakedo: pessoas que não valem nada
Lazarento: xingamento
Luitá: brigar
Malinducado: mal educado
Mata-cobra: soco de cima para baixo, golpe marcial
Murcilha: morcela
Náifa: faca
Ôio-d´água: nascente
Paiêro: fumo de palha
Pânca: modo de se portar, por exemplo: panca de motoqueiro (jeito de motoqueiro)
Pare, home do céu: parar, o mesmo que 'se par de bobo' e 'deusolivre home'.
Patiá: ser enganado, pagar de bobo
Pelhor: o contrário de melhor
Peral: declive acentuado no relevo no solo como um canyon
Perna de salame: peça de salame
Pescociá: olhar para os lados, matar tempo
Pestiado: com alguma doença Pexada: acidente
Piá pançudo: guri bobo
Podá: ultrapassar, ou cortar, o mesmo que apodá
Pozá: dormir em algum lugar
Proziá: conversar
Rancho: compra do mês
Ratiá: incomodar, matar tempo
Réco: zíper
Relampiando: trovejando
Resbalão: escorregar
Revertério: dor de barriga
Rinso: sabão em pó
Sai fincado: suma daqui
Sinalêra: semáforo
Sólinha: voadeira, golpe marcial
Táio: corte
Te atraca: faz isso
Tentiá: filar
Tchó: homen, guri, pessoa. ô tchó = ei você
Trupicá: tropeçar
Tunda de laço: apanhar
Uso campião: usucapião
Vareio: vencer fácil
Veiáco: mal pagador
Vortiada: passeio
Ximia: doce de passar no pão
Zoiudo: impertinente, olho-gordo
Colaboração: José Geraldo Reis Pfau “ Zé Pfau” Publicitário em Blumenau
Arquivo de Adalberto Day

3 comentários:

Maurício da Silva Junior disse...

Muito bom Adalberto! Descobri o significado de várias gírias que já tinha ouvido mas que nunca perguntei o que significavam...

Anônimo disse...

Beto,
Falta o "Poió" e "Tanso" nesta lista.Obrigado por mais este show de cultura do Vale.
Valdir

Vângela Queiroz disse...

Se alguém falar pra mim! Sai fincado.. Eu vou rir e ainda vou agradecer, porque eu não sei o que a pessoa está falando hahaha... Tudo muito bom. Abraço Beto :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...