"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

- Morre BETO CARRERO

Hoje abro espaço para noticiar o falecimento de uma ilustre pessoa, que faz parte da história de muita gente, pela sua grande irreverência, sensibilidade e grande empresário do lado artístico.
- Quando Beto Carrero passava pela nossa cidade, Blumenau, como visionário que era, já fazia propaganda do empreendimento sem mesmo existir, apenas em sua imaginação o sonho se passava, e que se tornou uma feliz realidade. Lembro-me que durante uns dois anos ele fez propaganda em jornais, rádios e tvs antes mesmo do Parque ser criado. Anunciava: “Beto Carrero” aguardem. E o sonho se tornou realidade. Nós blumenauenses e toda Santa Catarina estamos de luto pela morte deste tão ilustre paulista, mas que deixou seu coração em nosso Estado.
- A verdade é que quem morreu foi João Batista Sérgio Murad... pois BETO CARRERO é eterno, se tornou história, é figurinha carimbada, nunca irá morrer em nossos corações.
- O empresário Beto Carrero morreu, aos 70 anos, na madrugada desta sexta-feira (00:05 min.) 1º de fevereiro de 2008, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele foi vítima de choque cardiogênico após passar por uma cirurgia no coração. João Batista Sérgio Murad, o Beto Carrero, nasceu na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. Iniciou sua carreia no rádio nos anos 60 e, em seguida, tornou-se promotor de rodeios. Ele idealizou e inaugurou em dezembro de 1991 o complexo de entretenimento Beto Carrero World, na cidade de Penha, litoral de Santa Catarina, e era considerado um dos empresários mais bem-sucedidos do País. O complexo, inpirado nos parques temáticos da Disney, é considerado o maior empreendimento turístico da América Latina e o quinto maior parque temático do mundo. O empresário também participou de dois filmes, Os Trapalhões no Reino da Fantasia (1985) e Xuxa e Os Trapalhões em O Mistério de Robin Hood (1990), e atuou como ele mesmo na novela A História de Ana Raio e Zé Trovão. Beto Carrero deixa dois filhos. O corpo será velado até as 11h de sexta-feira no próprio hospital e, em seguida, levado para Penha, em Santa Catarina, onde será enterrado. O enterro será neste sábado, 2, as 16 horas. (Fotos e Texto /Redação Terra)
Arquivo: Adalberto Day

4 comentários:

Anônimo disse...

Justa e merecida homenagem de seu BLOG. Como publicitário conheci o Sérgio Murad desde o seu Jornal Noticiário da Moda e através da TV Coligadas. Competende e criativo como empresário soube usar como poucos a promoção e principalmente Blumenau. Projetou muitas das marcas de nossa cidade na mídia nacional. Construiu um império e é exemplo no segmento de promoção e artístico. O Beto foi um gênio ousado que soube investir e colocou no ar a vinheta de seu personagem bem antes de existir.
Sensacional.
José Geraldo Reis Pfau

Adilson Diegel - Ticanca disse...

Tive o privilégio de sentar-me a mesa com BETO CARRERO para negociação e montagem da cozinha industrial para alimentar os funcionários do Parque.

Sem dúvida, foi o maior visionário que conheci pessoalmente ao longo dos meus 32 anos de atividade profissional.

Uma perda incomparável que fez do minúsculo e anônimo município de Penha, uma paisagem encantadora, contada em prosa e versos mundo afora. São muitos empreendimentos ao redor do Parque proporcionando progresso, emprego e renda.

Deveriam fazer dentro do PAQUE BETO CARRERO, um túmulo para deixá-lo para sempre onde dizia ser um pedacinho do céu que ele através do seu sonho conseguiu construir.

Braga Mueller disse...

Beto, do Blog:
O Beto, do Parque, tinha muita ligação com Blumenau, pelo menos desde 1969/1970, quando o conheci. Chegou a Blumenau oferecendo anúncios nos grandes órgãos de imprensa e instalou aqui uma agência de publicidade: a JBS Murad (João Baptista Sergio Murad, seu nome de batismo), e conseguiu divulgar, com sucesso, marcas como Sulfabril, Círculo e Buetner (quem pode esquecer o biquinho de Tônia Carrero pronunciando Buetnner ?) Fomos amigos desde os tempos
iniciais da TV Coligadas.
Ele dividia a sua São Paulo de nascimento com a sua Blumenau, do coração.
Houve uma época em que Beto Carrero foi para o rádio, uma de suas paixões, e apresentou na década de oitenta, na Rádio União de Blumenau, um programa sertanejo em parceria com o Tinoco (da famosa dupla Tonico e Tinoco), que vinha de vez em quando a Blumenau e deixava muita coisa gravada.
Beto Carrero ressuscitou o mundo do circo no Brasil. Ainda nos anos oitenta fez uma parceria com a Família Robattini, de tradição no mundo circense, e foi alí o início do Circo do Beto Carrero e das franquias dele que percorrem o Brasil inteiro. Me lembro do orgulho com que ele me apresentou ao Robattini na Santur, em Balneário Camboriú, onde estava instalada uma linda lona azul...faz tempo.
E logo depois, fez um teste na mesma Santur, instalando no parque uma mini-cidade do oeste americano para crianças, o "embrião" do Beto Carrero World, sucesso do qual não preciso nem falar porque todos conhecem !
Desculpa Beto Day se me alonguei, mas para para falar do Beto Carrero todo espaço é pouco.
Só para terminar: durante anos e anos ele doou um salário mínimo por mês para a Escola de Música do Teatro Carlos Gomes de Blumenau, garantindo assim um bolsa de estudo para um estudante carente.
Abraços
Carlos Braga Mueller/Blumenau

João Roberto disse...

Que cidade bonita é Blumenau, parece um sonho... uma viagem no tempo, gostaria de poder conhece-la um dia. Tem uma história um pouco triste mais interessante.A única coisa que não pode deixar acontecer ai como acontece em muitas cidades é entregar todo o patrimonio da cidade numa mão só porque isso arrebenta a cidade de vêz.Mas me parece que o povo blumenauense é bastante inteligente e não vai deixar que isto aconteça.

Um abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...