"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

- A Inserção Social


- A primeira unidade do projeto Sesi Indústria do Conhecimento do país foi inaugurada no dia 11 de junho de 2007, dentro da unidade da Coteminas, indústria do ramo têxtil, em Blumenau. O espaço é uma biblioteca que contempla acesso a livros, CDs, DVDs e computadores para os colaboradores, suas famílias e comunidade. O projeto é uma iniciativa do Sesi em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação/MEC, empresas e instituições públicas e privadas. A biblioteca da Coteminas tornará disponível aos funcionários, dependentes e comunidade mais de 2 mil títulos de livros, computadores para acesso à internet e títulos de domínio público – conteúdos como CDs DVDs e livros que podem ser utilizado por todos.
- No dia 26,27 de maio de 2003, eu e minha esposa Dalva, Assistente Social , fomos convidados pela direção da Coteminas, á realizar uma exposição sobre o "Vale do Garcia", a todos os funcionários - como também uma palestra sobre o Bairro aos alunos do Projeto Formare.
- Projeto Formare da Coteminas disponibiliza treinamento e instrução. Auxiliar jovens carentes por meio da oferta de oportunidades de estudo, treinamento e trabalho. Está é aposta da unidade blumenauense da Têxtil Coteminas para a integração com a comunidade, o projeto oferece oportunidade de treinamento e instrução para 20 jovens escolhidos entre, em média, 150 candidatos por ano. Para ter acesso ao programa eles enfrentam um processo de seleção. Depois passam dez meses convivendo com o ambiente industrial, onde recebem aulas teóricas e práticas, ministradas por voluntários da empresa Os alunos com melhor colocação são beneficiados com estágios remunerados e oportunidade de ingressar no quadro de funcionários da empresa.

Biblioteca da Artex - foto da década de 1970
- O Aluno Nota 10. Este projeto, fundado em 2002 com parceria com quatro escolas blumenauenses, tem como objetivo reconhecer a dedicação e esforço dos alunos do Ensino Médio..As escolas participantes são o Conjunto Educacional Pedro II, Conjunto Educacional Governador Celso Ramos, Colégio Padre José Maurício e Colégio Santos Dumont. De cada uma destas escolas, são escolhidos os três melhores alunos de séries diferentes do ensino médio.
História:
- A Pioneira

A primeira indústria que se instalou no bairro e mais antiga de Blumenau, foi a Ex-Empresa Industrial Garcia em 1868, na Rua Amazonas nº 4906 – associaram-se com um tecelão, conhecido como Lipmann (já possuía teares desde 1865) que ajudou a montar alguns teares e deram impulso na primeira indústria têxtil de Blumenau, com o nome de “Johann Henirich Grevsmuhl & Cia;
- Em 1883 “Tecelagem de Tecidos Roeder”;
- Em 1906 “Probst & Sachtleben”;
- Em 1913 “Empresa Industrial Garcia & Probst;
- Em 1918 “Empresa Industrial Garcia S/A”.
- Em 15 de fevereiro 1974, a E.I.Garcia, incorporou-se a Fábrica de Artefatos Têxteis Artex. Em 14 de julho de 1972, o então ministro da Fazenda Delfin Neto buscou a fusão, dando preferência que ficasse o controle acionário em Blumenau, através da família Zadrozny. A fusão teve início em 15 de fevereiro de 1973 em caráter experimental, concretizado em 15 de fevereiro de 1974.
Artex S/A.- Fábrica de Artefatos têxteis. A empresa Artex foi fundada em 23 de Maio de 1936 na Rua Progresso nº 150 - por Theophilo Bernardo Zadrozny e Otto Huber. É bom observar sempre o capital agindo sobre o proletário. Theophilo Bernardo Zadrozny, não possuía grandes conhecimento no ramo têxtil, porém seu dinamismo e espírito empreendedor, possibilitaram a fundação de uma nova empresa a Artex S/A. Então convidou um hábil tecelão e técnico chamado Otto Huber que trabalhava ali próximo na Empresa Industrial Garcia, para associar-se a Otto Huber (Austríaco) um dos fundadores da Artex, trabalhou 30 anos na E.I.Garcia, e convidado por Theophilo Bernardo .Zadrozny (nascido na Polônia e não em Brusque) foi para a Artex.
Otto Huber foi um profundo conhecedor da arte de tecer. Era mestre Técnico da Empresa Industrial Garcia, e prestou relevantes serviços a industria..Huber comentava com amigos e empregados, que quando tivesse oportunidade, montaria sua própria empresa. E essa oportunidade surgiu em 1936, em um convite que recebeu de Theophilo Bernardo Zadrozny, e juntamente com outros empregados da Empresa Industrial Garcia, fundaram a Artex.”– O Primeiro diretor Presidente foi Ricardo Peiter. Também iniciaram os preparativos na montagem da nova empresa, Max Rudolf Wuensch e Albert Hiemisch” Alfredo Hess, Artur Rarbe. Em setembro de 1994 a família Zadrozny perde o controle acionário da empresa, que é vendida para o grupo GP Investimentos (Garantia Partners--->sócios do Banco Garantia), lavrado em ata em 28 de abril de 1995, desaparecendo o nome Fabrica de Artefatos Têxteis S/A .ARTEX – para então somente ARTEX S/A .
- Em 01 de junho de 2000, a empresa é novamente vendida desta vez ao Grupo Coteminas - e doravante a empresa passou a possuir uma nova razão social passando a denominar-se Toália S/A - Indústria Têxtil . - Filial da Empresa Toália de João Pessoa – Paraíba, mas ainda com participação do grupo Garantia. A ex empresa Artex S/A muda de razão social para atender interesses próprios e de seus acionistas, com o nome de Kualá S/A em junho de 2000.
- Em 09 novembro de 2001, o grupo Garantia, sai do controle acionário, e a empresa adota o nome de COTEMINAS – Companhia de Tecidos Norte de Minas.
- E finalmente em 06 de janeiro de 2006, COTEMINAS S/A.
O empresário fundador da COTEMINAS e ex-vice-presidente José Alencar Gomes da Silva, 79 anos (17 de outubro de 1931), faleceu dia (29/03/2011), às 14h41, no Hospital Sírio Libanês, após longa batalha contra o câncer. Segundo o boletim médico, a causa da morte foi câncer e falência de múltiplos órgãos
Arquvo:Dalva e Adalberto Day

2 comentários:

Sérgio disse...

Beto Day
Só você para disponibilizar e reunir tantos dados de uma vez só. Garanto que nem nessa belíssima Biblioteca da Coteminas, existem tantos dados referentes ela própria, que dera da Garcia e Artex. Fico muito feliz em saber que você mantém um acervo desse porte, e reconhecido pela própria Coteminas – através de seu diretor maior o Josué e seu pai.. Outro dia passei na Cooper e observei trabalhos seus....fantásticos. Você merece o reconhecimento da comunidade. Passo outro dia aí em sua casa para botar a conversa em dia.
scobl@ig.com.br

Anônimo disse...

Adalberto,

Você saberia me dizer quem era o Presidente da Artex na época do Garantia, fora o Galeazzi?

Grata!

Fernanda

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...