"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

domingo, 22 de dezembro de 2013

- Os estímulos do Natal

Os estímulos do Natal
(Antonio de Andrade*)

    O que acontece com as pessoas na época do Natal e fim de ano? Parece que elas conseguem superar o egoísmo de suas vidas, a competição desenfreada que parece ser o dia-a-dia durante o ano, com um viver individualista e com medo dos outros, passando a agir como se fossem outro tipo de pessoa, revelando um lado emocional mais sensível, com interesse pelas pessoas e com vontade de agradá-las, o que provoca uma mudança marcante: elas começam a dar estímulos positivos às outras pessoas.
    Parece que todo mundo fica tocado pelo espírito do Natal de convivência cristã, fazendo desabrochar algumas  características humanas saudáveis que durante todo o ano ficaram guardadas lá no fundo do baú da personalidade da maioria das pessoas. Quando chega a época do Natal, as pessoas começam a abrir o coração para os outros, estendendo suas mãos com bondade, com gestos de apoio, solidariedade e amizade, com sentimentos de paz e união fraterna. As pessoas ficam mais alegres, com sentimentos de otimismo, com mais esperança e com expectativa de um ano novo melhor. Parece que descobrem mais beleza na vida e vivem sorrindo para os outros e para suas próprias vidas, como se estivessem na vida a passeio. Há uma nova energia, muito positiva, entre as pessoas e aquele horizonte de felicidade que era olhado de longe, durante todo o ano, parece que agora está juntinho de todo mundo e todos querem reparti-lo uns com os outros. É como se todos tivessem descoberto a Fonte da Felicidade e estivessem repartindo com os outros essa felicidade!
    A cada final de ano que chega, as pessoas expressam seus sentimentos de um Feliz Natal aos outros e um Ano Novo cheio de sucesso e felicidade, dando a eles novo ânimo e nova dose de coragem para viverem suas vidas. Estão expressando suas vontades de que tudo caminhe otimamente bem para todo mundo e que cada pessoa encontre a tão buscada felicidade. Assim, na época do Natal, criam um mundo de amor, de paz, de alegria e de felicidade com os estímulos que dão e que também recebem, pois as pessoas ficam mais felizes quando recebem estímulos adequados e em quantidade suficiente.
    Essa vivência do espírito de Natal é uma amostra saudável e feliz do que os seres humanos poderiam viver em cada dia do resto do ano, se também nesses outros dias, continuassem a dar esses estímulos importantes para a felicidade das pessoas. A felicidade, para os seres humanos é algo muito importante e cada pessoa a define de um modo, vivendo-a a seu modo. A felicidade é a essência de suas vidas e seriam muito mais felizes se a compartilhassem com as outras pessoas, cada dia, todo dia! Quanto mais felicidade derem às outras pessoas, mais felicidade receberão de volta! Isso se aprende praticando e cada uma é que tem que praticar, aprendendo a não guardar seus estímulos positivos para ocasiões especiais, como é o Natal e Ano Novo, vivendo com as pessoas como se todo dia do ano fosse, na realidade, uma ocasião especial.
    Contribua, com suas ações, para que a felicidade, o amor, a alegria e o entusiasmo sejam alguns dos propósitos dos habitantes humanos deste planeta Terra. Comece a praticar os ideais de convivência harmoniosa e de boa vontade para com os seres humanos, contagiando positivamente outras pessoas e estas também a mais outras. Quando todo mundo estiver praticando isso, nosso mundo, com certeza, será muito melhor!
    Há muito o que fazer para que isso aconteça! Por isso, que tal começar a praticar agora mesmo, espalhando alegria, o entusiasmo pela vida e felicidade para as pessoas? Um sorriso amigo, um elogio, um carinho, algumas palavras cordiais ou de amor não custam nada, você os tem dentro de si em fonte inesgotável! Esqueça que os outros não agem assim! Como diz aquele ditado, "ser feliz significa que, provavelmente, você terá que sair da fila e marchar ao som do seu próprio tambor". Vamos lá, faça a sua parte! Um amigo meu tem um curioso estilo de fazer a parte dele: ele tem uma aparência muito boa que chama a atenção das mulheres na rua e ele costuma dar uma piscada junto com um sorriso, somente para as mulheres que ele acha sem charme, feias ou que estão com uma expressão triste, tentando fazê-las sentir um pouco de valorização, melhorando a autoimagem delas, tentando colocar um sorriso no rosto delas. É o seu modo de fazer alguma coisa, espalhando um pouco de alegria pelas pessoas...
    E já que é época de Natal, receba prezado/a leitor, os meus estímulos positivos, o meu abraço fraterno e votos de que seja muito mais feliz e realizado/a, todos os dias do novo ano de 2014.  
     * Antonio de Andrade
 Escritor, Jornalista, com formação em Psicologia  
Arquivo de Adalberto Day

2 comentários:

Henry disse...

Adalberto


Que bom que tem pessoas no meio destes conturbados dias que antecedem o Natal e o início de um novo Ano, lembram-se do espirito de Amor e Fraternidade, causa maior o nascimento de Jesus, mas infelizmente a grande maioria, vai às compras em Lojas, Shopping ou Supermercados, dando a impressão que teremos uma catástrofe, ou algo similar, esquecendo o verdadeiro sentido e espirito Natalino.
Como era bom o tempo em que o presente de Natal estava debaixo do pinheiro, (cortado na casa da Frau Huber) deixado pelo suposto Papai Noel, por menor que fosse, mas o prazer, sim este não tinha descrição, tudo isto só acontecia depois de termos ido ao Culto na casa de Schwester Marta, ou na Igreja Nossa Senhora da Glória, um excelente Jantar em família, bons tempos que vivemos e Graças a Deus e sabemos lembrar.

A felicidade, ela existe sim, tenho certeza disto, porque ela consiste em cada momento e coisas que vamos vencendo a cada dia e hora de nossas vidas, como é maravilhosos estarmos hoje melhores que ontem, por maior que são os obstáculos, maior é a felicidade de poder termos superados estes.
Então velho amigo, acredite sempre na sua felicidade, porque muito Feliz Você ainda será, só não se esqueça de Agradecer ao nosso DEUS.
Um bom Domingo, a você e todos os Seus, desejos de todos dai.
Henry Georg Spring

Nilton S. Zuqui disse...

Meu caro Adalberto,
Texto muito bom como sempre, o que de fato eu lamento, é que algumas pessoas se revelam solidarias somente nesta época , o ideal seria sempre solidários , e não somente com o estimulo do período Natalino....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...