"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

terça-feira, 21 de maio de 2013

- História de Pescador

De boné HAROLDO GONÇALVES DA LUZ (pai do José Carlos) ex. gerente das lojas Prosdócimo.
ZONI CASSIANO valorizando a foto, fazendo uma entrevista do evento.
Zoni foi um dos pioneiros na comunicação (propaganda) com serviço de auto falante - inclusive  utilizando veículos do serviço de auto falante.
"Muitos pescadores gostam de aumentar a sua história. A pesca é considerada uma das atividades mais antigas do mundo, não apenas como fonte de alimento, mas também como modo de vida, dando identidade a inúmeras comunidades".

No dia 1° de Abril de 1962, foi realizado o quinto Campeonato de Pesca de Robalo, promovido pela Empresa Prosdócimo S.A.
Parece até mentira, mas nenhum dos participantes conseguiu pescar um robalo de 2kg conforme exigido pelo regulamento.
Não havendo primeiro lugar, a premiação aconteceu apenas para o 2° e o 3° lugar.
Rua XV 1954 - Desfile passando em frente a antiga Lojas Prosdócimo 
História das Lojas Prosdócimo
Na primeira metade do século XX , o empreendedor João Prosdócimo constituiu uma empresa de varejo, denominada Lojas Prosdócimo, em Curitiba. No final dos anos 40, a Lojas Prosdócimo firmou um contrato com a fabricante sueca de bicicletas Nymanbolagen AG, para produção de bicicletas com a marca brasileira. Antes disso, a Lojas Prosdócimo montava bicicletas com componentes da marca alemã Dürkopp.
As Bicicletas Prosdócimo suecas foram produzidas até 1955, quando a produção passou a ser feita no Brasil. As Lojas Prosdócimo formavam uma rede no setor de eletromóveis. Foram vendidas para o grupo Arapuã , num período difícil para o setor, quando outras grandes empresas, como Mappin, Mesbla, Disapel e Hermes Macedo fecharam as portas.
(Fonte: Fundação Cultural de Blumenau – Arquivo Histórico José Ferreira da Silva). Colaboração  JOSE CARLOS GONCALVES DA LUZ/José Geraldo Reis Pfau/Pfau Comunição.

10 comentários:

Dr. José Victor Iten disse...

HISTORIAS....

Sabe-se que a captura do peixe boi é extremamente difícil, tamanha a dificuldade de fixar o capim no anzol.

Assim nasceu o projeto de cruzar peixes boi (fêmeas) com touros zebuados na expectativa de nascer peixes bois aspudos.

Desta forma, como os peixes bois vêem em media a cada 40 minutos há superfície da água para respirar, poderemos pescá-los a laço.

Desportivamente, poderia futuramente ter prova de laços montados em Jet Ski.

Adrian Marchi disse...

Gostei muito desta história meu amigo!

Genial!
Parabéns sempre

EDEMAR ANNUSECK disse...

Meu caro Adalberto,

No 5o. Campeonato de Pesca ao Robalo Pedro Prosdócimo eu participei. Pilotei (kkkk) a canoa do meu pai da Itoupava Norte (quase junto a Ponte Irineu Bornhausen) até a Prainha defronte o Clube Náutico América para participar. Comigo estava o Heinz Würges grande desportista. Eramos colegas de trabalho na Fábrica de Gaitas Alfredo Hering. Realmente ninguém conseguiu pegar um robalo superior a dois quilos. Ficamos bronzeados pelo forte sol. O duro foi voltar rio acima até a casa do meu pai. O Würges conhecido pelo amigos como "boca de caçapa" (kkkkkk) se entregou aos "paraguaios" e eu como era jovem tive que me virar. Foram 7 km para descer e mais outros tantos para subir o Rio Itajai Açú.
O Torneio era uma maravilha. Naquele tempo dava para comer os peixes que se pegava no nosso caudaloso rio.
Abração e parabéns pela matéria.
Edemar Annuseck

Nilton S. Zuqui disse...

Meu caro Adalberto,quão fico feliz em poder sempre relembrar algo sobre o que eu tive o prazer de viver,me refiro as Lojas Prosdocimo que tinha uma filial ao lado da casa da minha finada Avó Materna,entrava na loja e ficava maravilhado com os produtos que la estavam,imaginando quando poderiamos ter aquilo se não tinhamos como comprar e nem idade para trabalhar,o campeonato de pesca não sabia,muito boa sua historia, alias seu Blogger num todo é muito bom.

Mary Villano disse...

Boa Noite Adalberto.
Fiquei muito feliz com sua visita e adorei ter vindo aqui , seu blog é super interessante, excelente, histórias bem legais. Obrigada pelo seu comentário e volte sempre que puder.
Abraços

Lorena disse...

Deve ter sido um feito. Zone Cassiano comentando, no centro da foto.
Zone Cassiano tinha sua lotérica e serviço para contratos de som ao lado da minha casa na Rua XV. Por isso logo o reconheci. E nos eventos de pesca eu sempre assistia no barranco do rio atrás de casa. Lorena Karasinski

Wieland Lickfeld disse...

Estimado Adalberto, histórias de pescador são sempre bastante divertidas, como a do Dr. Iten. Não é à toa que se criou a frase "Aqui se reúnem caçadores, pescadores e outros mentirosos!" Além das piadas sobre o tamanho do peixe, existe a referência às muitas desculpas dadas em casa para ir pescar, como aliviar o estresse, etc., que deram origem a outra frase: "Pescaria é desculpa pra tomar cachaça!" Isso me lembra da piada do cara que passava as pescarias tomando cachaça e acabou sendo proibido pela mulher de continuar com as pescarias. Prometeu, então, que se pudesse voltar a pescar com os amigos, não mais experimentaria a 'marvada'. Pois bem, todos prontos para a partida e a esposa pergunta: "Mas o que é que tem nesta sacola?" "É remédio!", responde o marido. "Remédio pra quê?", retrucou a mulher. "Pra mordida de cobra, ora!" Não deu outra: ela abriu a bolsa e encontrou a cachaça. "Remédio, é?!", disse a mulher. "Pois é, estamos levando apenas como prevenção em caso de mordida de cobra", respondeu o marido. "Sei!", falou desconfiada a mulher, e continuou: "E na outra sacola, o que é que tem?" "Bem", respondeu o marido, "ali está a cobra". Grande abraço!

Osmar Hinkeldey disse...

Olá Adalberto

muito bom este resgate histórico das Lojas Prosdócimo e do Zone Cassiano, dos quais lembro muito bem.
Parabéns pela matéria.
Abraço

Anônimo disse...

SR ADALBERTO.
NÃO TEM COMO NÃO SE DIVERTIR COM AS ESTÓRIAS DE PESCADORES.VOU REPASSAR PARA UM JOVEM AMIGO QUE É PESCADOR E CONTADOR DE CAUSOS. ABRAÇOS GASPARENSES DA ARLETE TRENTINI DOS SANTOS

neu costa - neuioc@gmail.com disse...

Deixando um pouco o pescador de lado, muito bacana a historia das lojas Prosdocimo. Historia que nem os curitibanos tem conhecimento e muito menos contam para seus jovens de hoje.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...