"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

- A camisa "10" do Zico

Meu presente de Natal/2011
No dia 27 de novembro/2011 encaminhei um e-mail ao Zico solicitando uma camisa sua do Flamengo para compor meu acervo. Como bom Vascaíno, sempre fui fanático pelo futebol e caráter do Zico, irmão de nada mais que Edu Coimbra, um cracaço de bola, como também Antunes.
Edu foi ídolo do América e chegou a jogar no meu Vascão, mas encerrou a carreira ao lado de Zico no Flamengo.
Dia 07 de dezembro/2011 ontem – o Aldori do SEDEX me chamou para receber essa relíquia autografada do Zico, com sua camisa estilizada, da final do campeonato mundial de futebol – Interclubes; no Japão em 1981. A Camisa mostra a estrelinha do primeiro campeonato mundial ganho pelo Flamengo em 1981, como também o seu autógrafo mencionando meu nome. Os dizeres são os seguintes:
Ao Adalberto Day, com afeto.
Zico

 Zico vestiu, por um dia, vestiu a camisa do meu Vasco ao lado de Roberto Dinamite.

Eu já havia recebido autógrafo do Zico durante os JASC de 2010 em Brusque, conforme mostro abaixo:


O galinho de Quintino, maior jogador da história do Flamengo, -

Consegui um autógrafo do Galinho com dedicatória.
"Ao Beto com Abraço Zico"
Muitos achavam que o Flamengo era um time que só conquistava títulos no Maracanã. A Taça Libertadores, vencida no Uruguai, balançou a tese. Depois, o show seria em Tóquio e o Flamengo não precisaria provar mais nada.
Os craques rubro-negros entraram em campo no dia 13 de dezembro de 1981, para enfrentar o Liverpool, vencedor da Copa dos Campeões, pelo Mundial Interclubes, com o objetivo de exterminar uma velha máxima ouvida pelos quatro cantos do Brasil: "o Flamengo é time de Maracanã, só neste estádio mostra superioridade". É verdade que, apenas 20 dias antes, o clube carioca conquistara a Taça Libertadores em Montevidéu, no Uruguai, ao derrotar o Cobreloa, do Chile. Mas pouco importou para os críticos. Para convencê-los, o jeito era superar os ingleses. Com uma grande apresentação, de preferência.

Zico, em cinco torneios disputados pelo Flamengo, é o ‘vice-artilheiro’ geral do torneio: 135 gols em 248 jogos (média de 0,54 gols por partida).
- Zico é o maior artilheiro do Maracanã com 333 gols em 435 jogos.
(Zico anotou 826 gols em toda sua carreira; 516 gols em partidos oficiais Primeira divisão, Seleção Brasileira, copas nacionais e internacionais) e 310 em torneios não oficiais, Juvenil e amistosos.
Zico foi quem mais marcou num único jogo no Maracanã , 6 gols, na goleada de 7 a 1 do Flamengo contra o Goytacaz   - 1979


Publicado no jornal de Santa Catarina dia 16/12/2011
N° 12442 - ALMANAQUE DO VALE
Jackson Fachini
• A camisa 10 do Zico
Camisa do Flamengo da final do Mundial de Clubes no Japão, em 1981, com a estrelinha do primeiro campeonato mundial ganho pelo clube e ainda a dedicatória de Zico para Adalberto Day. (Imagem: arquivo de Adalberto Day)
_________________
Tudo indicava que não seria fácil. O Liverpool passava por uma fase semelhante a do Flamengo, conquistando títulos seguidos há anos. Por coincidência, a primeira conquista importante, a da Copa dos Campeões da Europa, foi arrebatada a em 1978, mesmo ano em que o clube da Gávea vencia o Campeonato Carioca, dando início a uma era de ouro em sua História.
Para os especialistas em futebol, o Liverpool levava ligeira vantagem. Em 1981, enquanto o Flamengo vencera o desconhecido Cobreloa na decisão da Libertadores, o time inglês superara o Bayern de Munique e o Real Madrid nas duas últimas fases - semifinais e final, respectivamente - da Copa dos Campeões. Só que essas teses pouco valeriam em Tóquio. Em campo, como adoram repetir os jogadores, seriam 11 contra 11. Durante o jogo decisivo, aí sim, surgiria o favorito.

Os 62.000 torcedores que compareceram ao Estádio Nacional não tiveram que esperar muito para saber qual era o melhor time em campo. Aos 13 minutos, Zico lançou Nunes que viu a saída desesperada do goleiro Grobbelaar e, ainda fora da grande área, o encobriu para abrir o placar. "Acidente de percurso", pensaram os ingleses. Coitados, mal sabiam que o show rubro-negro estava apenas começando.
Não se pode dizer que o Liverpool não contava com talentos capazes de inverter o rumo da partida. Os habilidosos Souness e Dalglish, dois dos maiores jogadores da história do futebol escocês, poderiam brilhar a qualquer momento, fazendo o Flamengo tremer. Tremer? Presta atenção no time dirigido por Paulo César Carpegiani: Raul; Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes e Lico. Havia craques por todos os lados, vencê-los era tarefa quase impossível.

E o pior para os ingleses era que Zico (foto) estava inspirado, levando à loucura a defesa adversária. Aos 34 minutos, McDermott derrubou Tita na entrada da área e o Galinho se encarregou da cobrança da falta, mandando a bomba que Grobbelaar apenas rebateu.
Na sobra, Lico acertou Thompson e Adílio, esperto, estufou a rede: 2 a 0.
O Liverpool bambeou, faltava pouco para ruir de vez. A solução era torcer para que o primeiro tempo terminasse logo, com a intenção de se recuperar dos ferimentos no intervalo. A tática estava acertada, só faltou avisar a Zico e Nunes. Aos 41 minutos, o maior jogador do Flamengo em todos os tempos lançou novamente o centroavante, que avançou e bateu na saída do goleiro. Com 45 minutos de antecedência, a taça já tinha destino certo: o Rio de Janeiro.
O segundo tempo foi arrastado, chato mesmo de se ver. O Liverpool não mostrava forças para reagir, limitou-se a ficar na defesa - talvez temendo sofrer uma goleada ainda mais humilhante. Os craques do Flamengo tocavam a bola de pé em pé sem objetividade, envolvendo os combalidos adversários e esperando o tempo passar. Foram 45 minutos de total domínio rubro-negro sobre os ingleses.

Final de jogo e festa no Brasil, o clube conquistava o mundo. Agora, definitivamente, o Flamengo não poderia ser chamado de "time de Maracanã". Afinal, provou ser imbatível em todo o canto, até mesmo do outro lado do planeta.

SÚMULA - Flamengo 3 x 0 Liverpool
Data: 13/Dezembro/1981 Local: Estádio Nacional (Tóquio/JAP)
Árbitro: Rúbio Vazques (México) Gols: Nunes 13, Adílio 34 e Nunes 41 do 1° tempo.

Flamengo:Leandro, Raul; Andrade, Mozer ; Marinho, e Júnior;  Lico, Adílio e  Nunes;Zico; e Tita. Tec.: Paulo César Carpegiani.

Liverpool: Grobbelaar; Neal, R. Kennedy, Lawnson e Thompson; Hansen, Dalglish e Lee; Johnstone, Souness e McDermott (Johnson). Tec.: Paisley.
Pesquisas de Sidney Barbosa da Silva
Fonte: Arquivo e flamengo.com.br
Página adicionada em 04/maio/2006

Arquivo Adalberto Day e ZIco
Acesse para saber mais sobre o Zico:
http://flamengoeternamente.blogspot.com/2011/11/livro-1981-como-um-craque-idolatrado-um.html

http://adalbertoday.blogspot.com/2009/04/tele-e-zico-no-sesi.html

http://adalbertoday.blogspot.com/2009/01/blumenau-x-flamengo-no-sesi.html

39 comentários:

AngelMira disse...

Você é mesmo muito chique!

André disse...

André Tarnowsky
Adalbertoday Parabéns, Adalberto! Tu és a história personificada de Blumenau, que recebeu Zico e seu Flamengo. Saudações AvAiAnAs!

Anderson disse...

Anderson Pereira

Adalbertoday coisa linda parabéns!

Hercio disse...

Hercio Prust

Adaberto Tem camisa mais bonita que essa? E ainda mais com esse autógrafo.

Denner disse...

Denner William

Adalberto Day poxa..camisa do Zico? Tais podendo né professor hehe, em relação ao #Vasco eu estou muito orgulhoso.

Paulo Roberto Bornhofen disse...

Parabéns Adalberto, és um verdadeiro craque.

Lembro quando o Flamengo veio jogar contra o BEC, no SESC, estava no policiamento. Por incrível que possa parecer, a única briga que atendemos, ocorreu entre duas mulheres, rssss.
O futebol, também, tem dessas coisas.

Abraços,

Paulo R. Bornhofen

Heitor disse...

Heitor L. Kipfer

Muito Bom parabéns, é um grande reconhecimento vindo de uma pessoa como o Zico

VascodeBlumenau disse...

VascoBlumenau Vascainos Blumenau ✠
Parabéns pela história, dessa vez passa, pois vascaíno ñ usa esse tipo de camisa, hehe
Bom Day, essa só passa por ser do Zico, mas evite usá-la, deixe guardada no seu acervo

Juliano disse...

Parabéns, Vc é o Cara!!

Fiquei impressionado com essa.

Abraço.
Juliano Junkes

Shirley disse...

Noooooooooooossa.... primo,que legal!!!! Parabéns!!!!
Bjokas,
Shirley Day

Eurides Antunes disse...

Oi Adalberto,
belíssimo souvenir amigo.
Parabéns.
abraço,

Edemar disse...

Que maravilha,
Esse jogava e é gente,

Forte abraço

Edemar Annuseck

Osmar Hinkeldey disse...

Adalberto

camisa do Flamengo autografada pelo Zico é coisa que só tu consegues! parabéns e guarda com carinho!
Abraço

Airton disse...

Itajaí - SC, 08/12/2011

Caro Historiador Adalberto Day

Você não é uma exceção a regra, em todos os corações brasileiros existe grande ou minúscula chama de carinho, consideração, paixão ou reconhecimento ao manto rubro negro, apesar de alguns apregoarem ódio.
Fico feliz que estais de posse da camisa do "Galinho", que após Pelé, reconhecido e eleito por este, foi o segundo maior jogador da história do futebol brasileiro.

Abraços

Airton

Bethania Guenther disse...

Conforme falei no e-mail encaminhado... Não é por nada não... mas que inveja, hein?!

Compramos três dessas camisetas do Zico este ano: uma para o meu marido e uma para cada filho (um com 7 anos e o outro com 9 meses - a dele ainda não serve ainda, ele usa outra por enquanto... mas está garantida!) Pensou se fossem assinadas que nem a tua??? Morríamosssssss!!!

Olha lá o orgulho da tropa: http://4.bp.blogspot.com/-T5-PbBkwiMA/TqS_EuVVSMI/AAAAAAAAAp4/g0cdiSbm7DA/s1600/anivers%25C3%25A1rio+fernando+neves1.jpg

Hercio disse...

Hercio Prust
É o maior artilheiro da história do estádio do Maracanã, 333 gols em 435 partidas. Marcou 135 gols em campeonatos brasileiros.

Prof. Wieland Lickfeld disse...

Parabéns pelo belíssimo presente recebido, Adalberto! Trabalhei no Hotel e Caféhaus Glória de 1976 a 1984, período do auge da carreira do Zico no Flamengo. Como circulavam muitos jornais no hotel, que hóspedes de várias procedências deixavam lá, montei um enorme acervo de imagens e reportagens do Zico. Morávamos na Rua Lions Clube, início do Garcia, e numa das enchentes da década de 1980, infelizmente perdi todo este material. Mas as lembranças das grandes decisões com o Zico em campo ficaram. Uma das mais marcantes foi a conquista da Libertadores contra o Cobreloa, justamente a que levou o Mengão à final do Mundial de Clubes. Naquela noite minha turma do NPOR estava nas matas da Itoupava Central/Estrada da Carolina realizando um treinamento anti-guerrilha. Sim, ainda estávamos em tempos de ditadura militar. Picados pelo mosquito-tigre a ponto de alguns rostos estarem desfigurados, praticamente irreconhecíveis, de tão inchados, soubemos pelo saudoso Sargento Perini, que acompanhava o jogo em seu radinho, obviamente protegido por uma rede, que o Flamendo se sagrara campeão. Foi uma noite inesquecível, graças ao Flamengo e aos irritantes hematófagos que não nos deixaram dormir. Grande abraço!

Rubens Heusi disse...

Para mim,e sempre foi assim,nunca existiu jogador melhor e mais completo que ele,tinha uma visão de campo impressionante sempre sabendo exatamente onde estava o colega para um passe.
Além,e hoje torna-se raro,a retidão,a elegancia e o carater,haja visto sua passagem pela diretoria do Mengão.
O meu abraço sincero a ele.
Rubens

Bueno disse...

LPC Bueno

Adalberto Day E quem não queria uma camisa do Galinho de Quintino? Todo mundo queria ter. Parabéns pelo presente, professor. :-)

Theodor disse...

Sr. Adalberto,

Que bacana, parabéns! Também gosto muito do Zico. É um profissional sério e honesto. Pena que não foi campeão mundial, pela seleção brasileira.

Um abraço, Theodor.

Claus Jensen disse...

Que honra ser lembrado pelo grande jogador e técnico da seleção japonesa.
São essas pequenas coisas que dão um gosto especial na nossa vida.

Zico disse...

Adalberto
Que bom que vc gostou.Abs Zico

From: ADALBERTO DAY
Sent: Wednesday, December 07, 2011 12:13 PM
To: 'Zico'
Subject: ZICO

Valdir Appel disse...

Que maravilha Beto. O Zico realmente é um cara muito especial e você merece, com certeza, esta estima, abraço, Xico
obs: acho que você tá virando de lado, com esta paixão pelo Galinho.

Fábio Carvalho disse...

Amigo Adalberto, faz tempo que não venho aqui, mas essa história é fantástica e tinha que deixar os meus parabéns a você. Zico, além de um gentleman, é um cara de muito caráter e soube defender o Flamengo e a Seleção com a mesma entrega e vontade.
Adorei o post.
Grande abraço,
Fábio.

Anônimo disse...

Xará!

Parabéns ao Zico. É o cara!

Você está horrível com esta camisa. Não precisava vestir, né. Bastava guardar!

Para desintoxicar o blog, que tal colocar a camisa do Dinamite e fazer um outro post. hehehe

ADALBERTO KLÜSER

Djalma disse...

Ganhei o meu Natal. Ver o Beto vestindo o manto sagrado do Flamento, e do Zico ainda já é um presentão. Vou até ai tirar uma foto com ela.

Charles Ringenberg disse...

Muito legal ! Uma grande adição para sua coleção.
Parabéns !

Wanderley disse...

Adalberto Day

Já que tu és vascaino, e eu, flamenguista, que tal me presentear com esta relíquia?

Abraço

Wanderley Maçaneiro

Pedro disse...

Pedro Lizandro Neto
Prof. Adalbertoday, sinto uma inveja imensa do presente recebido nesta semana. Mas é inveja boa. Queria ter uma igual, e não ter a sua...
Pedro

Fernanda Riediger Siegel disse...

Que legal Beto!
Presentão mesmo hein!
Pena que é do Flamengo, mas tudo bem rsrsrs.
Será que se eu pedir p/ Papai Noel o Raí me manda uma camisa do São Paulo autografada também? Hehehe.
Abraços e bom final de semana!
Fernanda.

Belmiro disse...

Belmiro Avancini
Adalbertoday . Bom Day Sr Adalberto... Show a camisa do Zico. Coisa linda...

Carlos A. Salles de Oliveira disse...

Adalberto com este exemplo demonstra o verdadeiro caráter de um autêntico “Vascaíno”, que é um desportista consciente, educado, inteligente, admirador dos grandes, corretos e talentosos atletas como Zico do Flamengo, Roberto Dinamite do Vasco, Sócrates do Corinthians, Garrincha do Botafogo, Ademir da Guia do Palmeiras, Rivelino do Fluminense, Careca do São Paulo, Pelé do Santos e tantos outros do futebol nacional, como também os do nosso futebol regional dos bons tempos do Olímpico, Palmeiras, Guarani, Vasto Verde e Amazonas e, neste último com a lembrança do “NINO” melhor goleiro, “MAIER” melhor atacante e NILSON SIEGEL o melhor jogador de todos os tempos.
Esta camisa autografada, do espetacular Zico do Flamengo a este grande Vascaíno de Blumenau e, o agradecimento deste através do belo registro histórico personifica, acima de tudo, um comportamento exemplar e admirável de um desses grandes atletas e do autêntico e correto desportista, Adalberto Day.
É um orgulho para nós blumenauense recebermos, através deste nosso ilustre cidadão tão belo presente, respeito e estima do célebre Arthur Antunes Coimbra.
Obrigado ao amigo ZICO.

CarlosASallesOliveira

Associação de Moradores Metajuha disse...

Muito legal Sr. Adalberto, parabéns pelo presente, e que ótimo exemplo de apreciador de futebol e dos grandes craques. O Zico é ídolo pelo futebol e pelo caráter, orgulha os torcedores do Flamengo e os apaixonados pelo esporte. Sr. Adalberto, os exemplos são a melhor forma de educação para o povo, e esse legado você está escrevendo perfeitamente. Abraços. Giovani Luebke

Braz dos Santos disse...

Zico e Roberto Dinamite foram dois exemplos de grandes jogadores. Tive oportunidade de assistir vários duelos entre os dois. Apear da imensa rivalidade entre vascaínos e rubro-negros, os dois sempre se respeitaram. São dois homens que devem servir de exemplo para aqueles que estão iniciando no mundo da bola.

Mauro disse...

Mauro Bremer
Grande Beto! Escutei a sua entrevista na 1260....sinceramente? Sua educação na resposta foi algo singular.......parabéns! Digno do seu caráter e personalidade. Grande dia ao ilustre #Vascaíno.

Ricardo disse...

Adalberto Day Vi sua foto camisa estampada na foto do jornal, a camisa do Zico, na hora que bati o olho na figueira pensei, só pode ser a sua camisa, ai li na legenda, muito linda, parabéns mesmo !
Ricardo Cunha

werner henrique tönjes disse...

Senhor Adalberto o Amigo é uma ENCICLOPÉDIA.Escreve sobre ZICO e outras celebridades do nosso futebol que causa admiração até de um torcedor do Botafogo como eu.Abraços Feliz Ano Novo com muita saúde, sempre !

Djalma(de Anápolis) disse...

Belíssima camisa Fernandinho.......alias aposto que estavas usando ela na semana passada......kkkkkkkkkkkkkk

VÂNGELA =) disse...

Nossa guardou, até a embalagem do correio Beto? Que sensibilidade. Me lembrou quando na adolescencia guardava o papel do chocolate de alguém que gostava rsrs. Toda minha admiração por você. Vou conhecer essa blusa do Flamengo de perto... anota aí... Bjoo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...