"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

- Inauguração da Nova Torre da Igreja Matriz

Apresentamos hoje mais uma colaboração exclusiva de importância fundamental para nossa historiografia do renomado Niels Deeke - Memorialista em Blumenau
__________________________________

HD: 81
Discurso de HERCÍLIO DEEKE
Qualificação : Prefeito Municipal de Blumenau
Local : Banquete Oficial no Tabajara Tênis Clube, oferecido pelo Prefeito Hercílio Deeke
Data : 01/ 6/1963
Tema : Inauguração da Nova Torre da Igreja Matriz (1) (2) (3) (4)
Exmo. Sr. Dr. Evandro Lins e Silva -DD. Representante de S.Exª. o Sr. Presidente da República
Exmo. Sr. Representante de S. Exª. O Governador do Estado
Excelência reverendíssima dom Gregório Warmeling – DD. Bispo Diocesano
Exmo. Sr. Presidente da Assembléia Legislativa
Exmo. Sr. Comandante do 5º Distrito Naval
Exmos. Srs. Drs. Juízes de Direito desta Comarca
Exmo. Sr. Comandante do 23º Regimento de Infantaria.
O impacto que a Igreja Matriz causa ao visitante, já o sentimos quando conhecemos há aproximadamente dez anos, o projeto que hoje é realidade na sua grandeza arquitetônica e, acima de tudo, como obra de fé, esforço, de sacrifício e de trabalho.
Desde a sua fundação o nosso Município estava predestinado a projetar-se no cenário político, econômico, financeiro, social e religioso do Estado e do Brasil. E essa predestinação era gerada, além do amor à terra, ao culto e respeito à fé cristã que não esmoreceu através dos anos, ao contrário, tornou-se prodígio da tenacidade, do entusiasmo e da vitalidade necessária para a consecução do bem comum – suprema aspiração do blumenauense.
Blumenau é um Município produtor. Sempre o foi. A prova está nos dados estatísticos. Com o seu notável parque industrial, com o seu apreciado comércio, com a sua agricultura, com a sua pecuária, Blumenau contribui com uma renda anual à União, ao Estado e às Autarquias, algumas vezes superior ao seu próprio orçamento. O retorno, em forma de benefício, espontâneo ou por lei, é percentualmente pequeno, tendo-se em consideração à arrecadação havida.
E o blumenauense demonstra todo o seu arrojo, sua coragem, quando sofre a fúria do Rio Itajaí Açu, tão enganador na sua placidez. Apesar de sucessivamente flagelado, a têmpera em que foi forjado, o faz cada vez mais forte.
Muitas reivindicações foram feitas e muitas ainda serão. É um direito inconteste que Blumenau, considerado a “Capital Econômica de Santa Catarina”, possui.
Sua Exa. o Dr. Evandro Lins e Silva, tradicionalmente ligado ao Vale do Itajaí, por certo será o porta-voz das nossas reivindicações e, com o seu reconhecido prestígio junto ao Exmo. Sr. Presidente da República, haverá de exercer influência para decisão favorável.
Hoje, como ontem, Blumenau é uma cidade que cativa, que atrai não só pelas qualidades de sua gente, como por suas obras.
Festejamos, agora, o coroamento de um desses esforços, conduzindo, sabia e infatigavelmente pelo Vigário da Nossa Paróquia de São Paulo Apóstolo, que idealizou a atual Igreja Matriz, monumento a Deus que através dos séculos vindouros, fará lembrar a fé daqueles que o edificaram.
Em todo o Brasil estreitam-se as relações entre a Igreja e o Estado, no interligamento das coisas temporais e eternas, tudo para alcançar-se a perfeição do binômio – espírito e corpo.
Em Blumenau, este auxílio mútuo, esta compreensão transmitida desde a sua fundação pelo Reverendo Frei Jacobs, e que não findará com o Reverendo Frei Braz (5), torna mais cristã e ideologicamente sadia esta Comuna em que vivemos, sonhamos, trabalhamos e professamos a nossa fé.
A festa de hoje, portanto, é de fé. Fé que temos em um mundo melhor, pois este possui a forma que atribui a nossa esperança de hoje embasada, momentaneamente, na afirmação cristã de nossos desejos.
É todo o município que se reúne ao soar o chamamento dos sinos da Torre da Igreja Matriz, para prestar culto ao Divino Espírito Santo.
A Majestosa Torre, toda de Pedra, coroada de singela cruz, com o seu significado que tornou a “ Terra de Santa Cruz – abençoada por Deus” , haverá de ver passar e proteger os que, sob sua escadaria de granito indestrutível, como a crença que, geração por geração, atendendo o chamado, subirão os seus degraus em a maravilhosa Casa de Deus, para ali fazerem as suas preces.
O Município de Blumenau, a Paróquia de São Paulo Apóstolo, estão profundamente honrados e desvanecidos com a visita do senhor Representante de S. Exª. o Presidente da República, do senhor Representante de S. Exª. o Governador do Estado, de Sua Exª. Reverendíssimo Bispo Diocesano, demais autoridades e todos os convidados presentes. Às Exmas. e virtuosas esposas dos nossos convidados, que vieram prestigiar o magno acontecimento, externamos os nossos agradecimentos e votos sinceros de uma estada feliz em nosso Município.
Apresento a Vs. Exªs. em nome do Governo Municipal, no da Paróquia São Paulo Apóstolo e, principalmente, do povo de Blumenau, os nossos sinceros cumprimentos de boas-vindas, almejando que guardem a imagem de uma comunidade que aprimorou-se no tirocínio das virtudes democráticas e de uma decidida vocação de fé cristã que está na essência da nossa estrutura humana, geradora que é do nosso amor ao trabalho e ao progresso.
Y
Referenciais :
Discurso de HERCÍLIO DEEKE
Qualificação : Prefeito Municipal de Blumenau
Local : Banquete Oficial no Tabajara Tênis Clube, oferecido pel.o Prefeito Hercílio Deeke
Data : 01/ 6/1963
Tema : Inauguração da Nova Torre da Igreja Matriz São Paulo Apóstolo
Página colecionada por Niels Deeke, integrando o espicilégio de Discursos de Hercílio Deeke. Arquivo Particular de Niels Deeke.
Y
Notas ao HD 81- Escólios de Niels Deeke.
1) VIDE MENÇÃO AO ACONTECIMENTO DA INAUGURAÇÃO DA TORRE NA NOVA IGREJA MATRIZ DE BLUMENAU , in : Relatório dos Negócios Administrativos do Município de Blumenau- Referente ao ano de 1963- apresentado à Câmara Municipal pelo Prefeito Hercílio Deeke à p. 99. O Banquete Oficial no Tabajara Tênis Clube foi promovido pela Prefeitura Municipal de Blumenau .
2) IGREJA CATÓLICA – matriz. A primeira construção foi obra projetada pelo Engº Heinrich Krohberger. Em 20 de setembro de 1868 foram colocadas as pedras fundamentais da igreja católica, que seria inaugurada em 1875. Posteriormente a edificação foi dotada de nova torre, e finalmente demolida, em 1953, por Frei Braz Reuter para dar lugar a nova matriz. Em 1952 foi criada, por frei Braz Reuter, uma comissão encarregada de discutir a construção de uma nova igreja matriz em Blumenau, cuja composição foi a seguinte : João Durval Mueller, André Sada, Rômulo Silva, Acary Guimarães, Adolfo Wollstein, Rodolfo Radtke e João Mosimann. A pedra fundamental da nova Igreja Matriz, foi lançada em 24/5/1953 contendo a inscrição Änno Domini 1953¨ e a consagração da igreja, procedida pelo então Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro – Dom Jaime de Barros Câmara, deu-se em 25 de janeiro de 1958, cujo projeto foi de autoria dos alemães Dminikus Boehm e Gottfried Boehm, respectivamente pai e filho, tendo Gottfried Boehm vindo à Blumenau verificar o terreno em que pretendiam construir o novo templo. . A responsabilidade técnica pela execução da obra foi do eng° Franz Hrozek sem sido o construtor Augusto Koester, cidadão blumenauense..Os blocos de granito foram extraídos na Serra da Subida – atual município de Apiúna, no médio Vale do Itajaí, e lá trabalhados, antes e serem transportados, geralmente de trem, até Blumenau. A construção levou portanto 05 anos para ser concluída. A igreja possui pé direito ( altura do chão ao teto) de 15 metros, podendo acomodar em seus bancos de carvalho até 3.000 fiéis, sendo sua capacidade de 6.000 pessoas. A nova Torre da Igreja Matriz de São Paulo Apóstolo, mediante o decreto do Prefeito Hercílio Deeke, de nº 436 de 10/12/1962, recebeu o Crédito Especial de Cr$ 200.000,oo para atender a despesa com o auxílio a ser aplicado nas obras de construção da “Torre da Nova Igreja Matriz de Blumenau”- concedido à Paróquia São Paulo Apóstolo de Blumenau, pela Lei nº 1.120 de 13/11/1962. Em 24/5/1953 foi lançada a pedra fundamental da Nova Igreja Matriz de Blumenau, dia em que festejou-se os 75º aniversário da Paróquia de São Paulo de Blumenau. A nova Torre da Igreja Matriz teve sua Pedra Fundamental lançada em 15/11/1960, porém desde setembro houve o preparo do assentamento. A Torre, com 45 metros de altura ( cerca de 05 metros mais baixa do que constava no projeto original) e que ocupa 49,50 metros quadrados na sua base, foi inaugurada em 31/5/1963 – sendo a cerimônia religiosa presidida por Dom Gregório Warmeling. O projeto original contemplava a torre com cinco sinos, porém foram aplicados somente três sinos procedentes da Alemanha. O maior com 510 kg e 110 cm de diâmetro foi denominado Jesus. O segundo em tamanho e peso, tem 350 kg e 98 cm de diâmetro sendo denomina do Maria. O menor dos três tem 200 kg e 82 cm de diâmetro e tomou o nome de José. O topo da torre é alcançado por 158 degraus existentes no interior de uma das duas colunas. A escadaria tem seis metros de largura e com 44 degrauis em onze lances de quatro degraus.

Torre
As pedras de " Pórfiro Rosado " ( ditas granito rosa) com que foi edificada a Torre e a Catedral São Paulo Apóstolo, além do muro na rua Padre Jacobs,  em Blumenau, vieram sim de ¨ TREM ¨ , provindas da lavra de cantaria no Morro da Subida entre Apiúna e Lontras no Vale do Itajaí onde foram talhados os blocos nas medidas previamente definidas.
Lavrar um bloco de granito porfírico demanda muito maior trabalho do que uma execução em granito comum- claro ou escuro- tais como os usuais paralelepípedos de pavimentação de ruas, em razão da massa daqueles conter grande quantidade de cristais que, ao ser talhada a pedra, não racha, facilmente, em sentido retilíneo. As superfícies obtidas no primeiro ¨talhe¨ ( Corte à ponteira por rachadura) requerem exaustivo picoteamento milimétrico em virtude de apresentarem-se muito ásperas e com saliências disformes, o que não  acontece com o granito comum.
Niels
======
 Em 19/4/2.000, com a elevação de Blumenau a sede episcopal diocesana, e sua instalação em 24/6/2000, a igreja Matriz São Paulo Apóstolo passou a denominar-se “Catedral São Paulo Apóstolo”. Tanto a Igreja com a torre foram projetadas pelo arquiteto alemão Dominikus Böhm, com a participação do filho deste : Gottfried Böhm.
3) IGREJA MATRIZ SÃO PAULO APÓSTOLO : Em Blumenau. A 16 de março de 1963 Hercílio Deeke dirigiu carta ao Presidente da República Dr. João Belchior Marques Goulart, apresentando o vigário da Paróquia de Blumenau- Frei Braz Reuter OFM que ia tratar da liberação na alfândega de Vitória- no Estado do Espírito Santo, da aparelhagem constante de três sinos em conjunto com o relógio, a ser instalado na torre de 45 metros de altura da Igreja matriz – centro da cidade, acoplados a três motores e um mecanismo automático com ligação elétrica ao relógio público, para acionar a sincronização deste com os três sinos. Vide arquivo de Niels Deeke – cópia da carta assinada H.D. Em 12.3.1956, de F’polis Hercílio Deeke passava o seguinte telegrama : “F’polis- 12.3.1956- Frei Braz Reuter- Vigário da Paróquia Blumenau- Estarei Sexta feira et Sábado Blumenau para informar sobre situação Processo Vitrais Pt. Saudações Hercílio Deeke- Secretário da Fazenda”. A escadaria da Igreja matriz possui 158 degraus em pedra lavrada. A torre possui 45 metros de altura, e, a sua construção, levou três anos para ser concluída. Igreja Católica - matriz. A primeira construção foi obra de Heinrich Krohberger. Posteriormente a edificação foi dotada de nova torre, e finalmente demolida por Frei Braz Reuter no fim da década de 1950 para dar lugar a nova matriz. Referir a longa fila de alunos que no ano de 1948 ou 1949, foi coercitivamente organizada pela Diretoria do Colégio Santo Antônio, quando mesmo os que professavam a religião protestante foram “obrigados - scilicet compelidos ” a beijar o “anel amarelo” do bispo. Noutra oportunidade D. Jaime de Barros Câmara, ainda Bispo, antes de ser Cardeal visitou o colégio e nisso novamente houve o beija anel de bispo, porém, nesta oportunidade, aos protestantes foi facultada a prática do ato, sendo-lhes exigido o aperto de mão. A nova Torre da Igreja matriz de São Paulo Apóstolo, mediante o decreto do Prefeito Hercílio Deeke, de nº 436 de 10/12/1962, recebeu o Crédito Especial de Cr$ 200.000,oo para atender a despesa com o auxílio a ser aplicado nas obras de construção da “Torre da Nova Igreja Matriz de Blumenau”- concedido à Paróquia ~São Paulo Apóstolo de Blumenau, pela Lei nº 1.120 de 13/11/1962.
O relógio que constou na torre do antigo prédio da Igreja Matriz de Blumenau, teve ativado o funcionamento de seu mecanismo somente em 1930.
4) OS TRÊS SINOS DA TORRE DA IGREJA MATRIZ SÃO PAULO APÓSTOLO
Transcrição da cópia assinada, em duas páginas, do ofício nº 322, do prefeito Hercílio Deeke, dirigido em 16.03.1963 ao Presidente da República- Dr. João Goulart..- doc. in arquivo particular de H.D. –Tabularium N.D.
“Escudo Armorial do Município de Blumenau- Prefeitura Municipal de Blumenau- Ofício 322-
“Blumenau, 16 de março de 1963- Ao Exmo. Sr. Dr. João Belchior Marques Goulart. DD. Presidente da República. Palácio do Planalto. Brasília D.F. —“Senhor Presidente : Tomo a liberdade de, com este, apresentar a Vossa Excelência o Vigário da Paróquia de Blumenau, Frei Braz Reuter – O.F.M., que vai à sua presença a fim de tratar de um assunto, que de perto, também diz respeito aos interesses desta cidade. Trata-se da liberação, com isenção de direitos alfandegários e mais taxas e despesas correlatas à importação de um conjunto mecânico, composto de três motores e um automático de ligação elétrica ao relógio público, para acionar, em sincronização com este, os TRÊS SINOS DA TORRE DA IGREJA MATRIZ ( o grifo em maiúsculo é de Niels Deeke) desta cidade, cuja aparelhagem ainda se acha retida na Alfândega de Vitória, no Estado do Espírito Santo. Esta aparelhagem é indispensável para fazer funcionar o badalar dos três sinos em conjunto com o relógio, instalado tudo na majestosa torre de 45 metros, recém- construída ao lado da nova Igreja Matriz, no centro da cidade, dando a Blumenau, juntamente com a suntuosa Igreja matriz, que é no seu estilo moderno e impressionante, construída toda ela em pedra bruta, um monumento arquitetônico de alto valor artístico, único em seu gênero no Brasil, chamando a atenção de todos quantos passam por nossa cidade, mesmo os forasteiros vindos de outros países, deixando-os todos, profundamente impressionados e maravilhados. Ante a situação que ficou criada com a retenção dessa aparelhagem na Alfândega do porto de Vitória, permito-me apelar, em nome do Governo do Município de Blumenau e da população desta cidade, a Vossa Excelência, no sentido de atender o pedido do Vigário Frei Braz Reuter, emissário não só da Paróquia Católica de Blumenau, como de todos os blumenauenses, sem distinção de crença religiosa, para que aludida aparelhagem seja prontamente liberada, uma vez que a construção da torre se acha concluída e sua inauguração marcada para os primeiros dias do próximo mês de junho, ato solene este que será grandemente prejudicado e seu brilho sumamente empanado, se, nessa ocasião, não pudesse ser posto em funcionamento, e para ser ouvido em todos os recantos da cidade, o festivo carrilhão dos tradicionais sinos da Igreja Matriz de Blumenau com o som das badaladas acionadas pelo mecanismo dos relógios da nova torre de granito. Na certeza de que Vossa Excelência não deixará sem solução o citado problema desta cidade que tanto o admira pela firmeza com que vem dirigindo os negócios deste País, levo-lhe o profundo respeito de meus munícipes, já sabedores de que com os novos rumos tomados pelo Governo não tardará aportar-se à realização de um Brasil grande e respeitado. Atenciosos cumprimentos – HERCÍLIO DEEKE- Prefeito Municipal.”
CONGREGAÇÃO MARIANA DA IMACULADA CONCEIÇÃO E SÃO PAULO APÓSTOLO DE BLUMENAU”, foi instituição legalmente constituída em 31/12/1938, com seus estatutos registrados no Livro de Pessoa Jurídica. Em conformidade com os artigos XII da Lei 1493 de 13/12/1951 e IV da Lei 2266 de 12/7/1954- não se qualificando nas restrições contidas no artigo V da citada Lei 1493 de 1951. A Diretoria da Congregação em exercício em 16/8/1962 era constituída pelos seguintes membros : Diretor: Frei Efrém ( Johann Mrosek) . Presidente : Antônio J. Ribeiro. Secretário : Felix Christiano Theiss. Tesoureiro : Osny Soares.- Tudo cf. atestado passado pelo Prefeito Hercílio Deeke em 16/8/1962. Em 25/01/1963 a diretoria da C.M.I.C.S.P.A. estava constituída pelos seguintes membros : Diretor: Frei Efrém Mrosek.OFM. Presidente: Antônio J. Ribeiro. Secretário : Félix Christiano Theiss. Tesoureiro: Osni Soares.
AÇÃO SOCIAL DA PARÓQUIA DE SÃO PAULO APÓSTOLO- “ASP” entidade mantida pela SOCIEDADE SÃO VICENTE DE PAULO.- com sede na cidade de Blumenau, tinha, em 15 de maio de 1963, como diretores, os seguintes membros : Presidente : João Durval Mueller. Secretário : Alberto Mueller. Tesoureiro: Carlos Maria Flesch. ( Vide atestado in arquivo HD. constante do “Tabularium de Niels Deeke”. A “ Ação Social da Paróquia de São Paulo Apóstolo- ASP” – foi declarada de Utilidade Pública, através da Lei Municipal nº 1.142 de 19/02/1963 sancionada pelo Prefeito Hercílio Deeke. Em 31/01/1963 a diretoria da Ação Social ASP- era constituída pelos seguintes membros : Diretor : Frei Efrém Mrosek- ºF.M. Presidente : Genésio Caminha. Secretário : Ivone Schnaider. Tesoureiro : Eugênio Santos Dalcenter.
5) REVERENDO FREI BRAZ : Frei Braz Reuter deixou Blumenau em 22/01/l965, quando foi transferido, inesperada e imediatamente para uma paróquia do Estado de São Paulo, após 13 anos de vicariato na Paróquia São Paulo Apóstolo em Blumenau. Através da Lei nº 1.172 de 11/7/1963, sancionada pelo Prefeito Hercílio Deeke, foi concedido o título de cidadão blumenauense ao revdo. Frei Braz Reuter O F.M. A cerimônia da entrega do Título de Cidadão Blumenauense ao Frei Braz Reuter deu-se a 30/11/1963 em solenidade realizada no Teatro Carlos Gomes.
Observação: O senhor RUFINO TOMASI, foi um dos responsáveis para que tudo isso se tornasse possível. Ajudou a construir os blocos de granito, desde os mais simples até os mais difíceis.
Texto enviado pelo nosso Grande Amigo Niels Deeke, Memorialista em Blumenau/SC
Arquivo de Adalberto Day

6 comentários:

Maria Luisa Adães disse...

Muito interessante o que nos apresenta.

Parabéns! Escrevo poesia...

Maria Luísa

Anônimo disse...

Caro amigo Adalberto , tornase até engraçado, pois no teu comentario sobre o Hotel Holetz,te confessei que avia trabalhado no mesmo, imagine que agora digo que tambem foi minha area de serviço para o sustento de minha familia a famosa torre da Catedral quando ainda éra igrja matriz, adivinhe como eu fazia com muito orgulho éra camelo de(quermesse) ou festas da igreja anos passados. que bom lembrar. abraços Valdir Salvador.

Prof. Wieland Lickfeld disse...

Caro Adalberto, que primor de matéria, esta com a qual nos brinda o Dr. Niels Deeke, fornecendo detalhes preciosos sobre a inauguração da torre da nossa catedral. Chamou minha atenção o protesto, já existente naqueles dias, quanto à injusta distribuição de recursos aos municípios do Sul. De acordo com o Santa em 18/11/2010, em 2009 apenas 59% dos impostos federais retornaram para SC. No mesmo período, a Bahia teria recebido 234% da sua arrecadação. Todos queremos que o Norte e o Nordeste se desenvolvam, mas é notório o freio injusto que nos é imposto. Mas voltando à torre: que fim terá levado o sino da igreja antiga? GRande abraço!

Paulo Roberto Bornhofen disse...

Adalberto,

Vou fugir um pouco do foco do texto. Chamou minha atenção a presença do Comandante do 5º Distrito Naval. Como morador de Florianópolis por 23 anos (os primeiros 23 anos de minha vida, já que os outros 23 anos estou vivendo em Blumenau) ainda lembro do trauma que causou aos moradores da ilha a perda da sede do 5º DN para os Rio Grando do Sul.

Abraços,

Paulo

Leonardo Oliveira disse...

Caro Adalberto, já me sinto um conhecedor de Blumenau só visitando seu blog. Até mais!

Sônia Baier Gauche disse...

A atual Igreja Matriz é um espetáculo de Arquitetura. A antiga e a Igreja Evang. Luterana do Centro foram projetadas pelo Heinrich Krohberger (irmão da minha trisavó). Uma continua de pé enchendo nossos olhos de beleza e a outra infelizmente, vemos em fotos.
Um grande abraço! Sônia Baier Gauche.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...