"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

- Antiga Igreja Matriz São Paulo Apóstolo

A imagem de 1876 mostra a inauguração da Igreja Matriz São Paulo Apóstolo, de Blumenau. No alto das escadarias está o padre Jose Maria Jacobs. A foto está presente no arquivo histórico da cidade de Braunschweig, na Alemanha. (Imagem: arquivo pessoal de Carl Heinz Rothbarth e Adalberto Day)

Publicado no Jornal de Santa Catarina - 09/11/2010 - ALMANAQUE DO VALE - Da editoria de Geral
__________________________________

História:
A nova Igreja foi Construída com pedras de granito vermelho, a majestosa catedral apresenta um novo conceito arquitetônico para igrejas católicas. Projetada por Gotfried Boehm, a construção da nova igreja foi executada pelo Frei Brás Reuter, que colhia donativos da comunidade para dar continuidade às obras. Com a construção da nova igreja, a popular torre em forma de cruz foi substituída pela torre dos sinos e relógios. A torre de pedra tem 45 metros de altura e abriga 3 sinos e relógios. Novos sinos foram então adquiridos, mas só puderam ser instalados em 1963, após o término das obras da nova torre.
A imagem (E) é do início do século 20. A (D) Igreja em 1876, e casa paroquial . Foto acervo da família Day
Algumas datas importantes:
- 19 de Janeiro de 1953: O arquiteto alemão Gottfried Boehm vem a Blumenau para analisar o terreno onde seria erguida a nova Igreja Matriz São Paulo.
- 12 de Abril de 1953: O Frei Brás Reuter apresenta aos católicos de Blumenau uma mensagem como esclarecimentos sobre o projeto da nova Igreja Matriz São Paulo Apóstolo. O objetivo é eliminar eventuais divergências em relação ao projeto.
- 24 de Maio de 1953: É lançada a pedra fundamental da nova matriz.
- 17 de Outubro de 1956 : Com uma benção simples do padre provincial Frei Heliodoro Mueller, a parte do novo templo que já estava pronto é inaugurada e nela é realizada a primeira comunhão de um grupo de jovens fiéis. A antiga Igreja Matriz começa a ser demolida.
- 25 de Janeiro de 1958: A nova Igreja Matriz São Paulo Apóstolo é consagrada, em festejos que duram três dias (24 a 26 de Janeiro), em cerimônia presidida pelo cardeal-arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Jaime de Barros Câmara.
- 28 de Março de 1961 : Começa a construção da escadaria da Igreja, em granito maciço, com 6 metros de largura e 44 degraus. A inauguração é feita no dia 20 de maio do mesmo ano.
- 6 de Janeiro de 1963 : É colocada a última pedra na torre.
- 14 de Fevereiro de 1963 : A cruz é colocada no topo da nova torre da Igreja Matriz.
- 01 de Junho de 1963 : A torre da Igreja Matriz é inaugurada, com festejos que duram dois dias e uma cerimônia religiosa presidida pelo bispo diocesano, Dom Gregório Wameling.
Torre
As pedras de " Pórfiro Rosado " ( ditas granito rosa) com que foi edificada a Torre e a Catedral São Paulo Apóstolo, além do muro na rua Padre Jacobs,  em Blumenau, vieram sim de ¨ TREM ¨ , provindas da lavra de cantaria no Morro da Subida entre Apiúna e Lontras no Vale do Itajaí onde foram talhados os blocos nas medidas previamente definidas.
Lavrar um bloco de granito porfírico demanda muito maior trabalho do que uma execução em granito comum- claro ou escuro- tais como os usuais paralelepípedos de pavimentação de ruas, em razão da massa daqueles conter grande quantidade de cristais que, ao ser talhada a pedra, não racha, facilmente, em sentido retilíneo. As superfícies obtidas no primeiro ¨talhe¨ ( Corte à ponteira por rachadura) requerem exaustivo picoteamento milimétrico em virtude de apresentarem-se muito ásperas e com saliências disformes, o que não  acontece com o granito comum.
Niels
======
Observação: O senhor RUFINO TOMASI, foi um dos responsáveis para que tudo isso se tornasse possível. Ajudou a construir os blocos de granito, desde os mais simples até os mais difíceis.
- 2 de Junho de 1963 : São dadas por encerradas as obras de construção da Igreja Matriz de Blumenau.
- 19 de Abril de 2000 : É criada a Diocese de Blumenau, que viria a ser instalada em 24 de Junho do mesmo ano. Com isso, a Igreja Matriz São Paulo Apóstolo passa a se chamar Catedral São Paulo Apóstolo.
Diocese de Blumenau (SC) foi criada em 19 de abril de 2000 pela constituição Venerábiles Fratres do papa João Paulo II. que também nomeou a Dom Angélico Sândalo Bernardino (até então bispo auxiliar de São Paulo) como seu primeiro bispo diocesano. Foi oficialmente instalada em 24 de junho de 2000 na presença de Dom Paulo Evaristo Cardeal Arns, O.F.M.de vários bispos, padres e uma multidão de fiéis.
______________________________

 Foi no dia 04 de abril de 2009, que  Dom José Negri,tomou posse a partir das 10 horas como novo bispo de Blumenau ,  na Catedral São Paulo Apóstolo . Desejamos sucesso ao novo bispo, e que consiga conduzir a Igreja católica em Blumenau e região,sem discórdias , faça sempre uso do bom senso e da conciliação junto à comunidade. Temos a certeza que novos horizontes serão traçados....Parabéns pela nomeação. A comunidade de Blumenau está radiante, e o recebe de braços abertos.
Dom José Negri anunciou dia 29 outubro de 2014 que não é mais o titular da Diocese de Blumenau. (A transferência para Santo Amaro (SP) foi comunicada ao religioso dia 11 de outubro, mas mantida em sigilo pontifício e confirmada pelo Vaticano apenas ontem de manhã (29/10)14). Dom José fica em Blumenau até o fim do ano, mas já não pode ser chamado de bispo. Seu cargo agora é de administrador apostólico, que tem restrições na comparação com a função de bispo. 
Foto batida por Jaime Batista da Silva 
Dom João Francisco Salm
Bispo substituto: Neste domingo 25 Janeiro de 2015 , na Catedral, foi apresentado o novo Administrador Apostólico da ‪#Diocese de ‪#Blumenau. Ele é Dom João Francisco Salm, Bispo de ‪#Tubarão. Ele vai substituir o bispo Dom José Negri até que o ‪#PAPA anuncie o novo BISPO da Diocese de Blumenau que tem previsão para daqui 3 a 6 meses. 
*************
Dom Rafael
O novo Bispo de Blumenau foi anunciado dia 24 de junho/2015, será Dom Rafael Biernaski . Nomeado pelo Papa Francisco . Dom Rafael é natural de Curitiba e deve assunir em setembro de 2015Mons. Rafael Biernaski nasceu em 1 de Novembro de 1955, em Curitiba, na Arquidiocese de mesmo nome, no Estado do Paraná. O Bispo assumiu dia 29 de Agosto de 2015
Arquivo de Adalberto Day

6 comentários:

caminha, caminhando, poetando... disse...

Ótima foto Adalberto. Ainda lembro (era criança) da Igreja antiga, quando de nossas idas à Blumenau para visitar meus tios.
Ótima reportagem tb.

Que Deus os abençoe,

Caminha

Cao Zone disse...

O bravíssimo Gottfried Boehn, arquiteto alemão que andou pelo vale do Itajaí entre 1950 e 55. Perguntaram para o dr. Oscar Niemeyer: depois de cem anos o que está faltando? Ele respondeu na tampa, algumas coisas em que o Gottfried Boehn avançou mais. Quando li isso logo me lembrei daquela magnífica flor de lotus vermelha, o HOT (teatro Hans Otto de Potsdam em Brandenburgo, Alemanha) depois da igreja de Blumenau minha obra preferida dele. Gottfried também fez coisas maravilhosas nos EUA onde trabalhou um periodo de sua vida. Sendo o único arquiteto alemão a ser condecorado com o Pritzker Prize, uma espécie de Oscar da arquitetura. Naquelas entrevistas que o jornalista Jaime Mendes fez com o Guilherme Renaux, o nome de Boehn é tocado. Guilherme diz se arrepender de ter vedado a obra que o arquiteto queria fazer em Azambuja. Deixa pra lá, o dr. Guilherme já ajudou em muito, com o também projeto do Gottfried Boehn, a igreja de São Luis Gonzaga, matriz de Brusque: um solene local para se falar com Deus.

Valda disse...

Espero que estejam bem.O excesso de trabalho tem tomado conta das minhas horas e dias.Que linda era a igreja! Sempre tive curiosidade sobre ela, pena, deveria ter sido tombada! Estamos com a exposição resultados de pesquisa do IPAN, Vanessa ficou encarregada da divulgação, vale a pena a visita.Ficaremos felizes c/ sua visita e da Dalva. Um grande abraço,

Valda Fagundes

Laércio disse...

Caro amigo Adalberto.

Primeiramente, parabenizo ao casal pelo lindo trabalho que realizam no sentido de publicação da memória de nosso Bairro Garcia e nossa querida Rua da Glória, Rua Belo Horizonte onde nascí, Rua Progresso, Blumenau e outras tantas.

Boa também foi a memória apresentada do Campo do Doze, no morro ao fundo das casas do Malherinho (jogador de futebel do Amazonas) e do Nelson Oliveira do RH da E.I.Garcia (era uma zorra quando a bola descia o morro e alguém tinha que ir lá buscar).

Tenho recebido as mensagens e acho por demais excelentes as publicações numa demonstração do amor a sua terra.

Quanto a Igreja São Paulo Apóstolo, confesso ao casal, que era anterior a minha participação, pois como você sabe fiz parte da Turma dos Coroinhas da Rua da Glória com o Frei João Maria e mais tarde quando já tínhamos a Igreja São Paulo Apóstolo, hoje Catedral, no centro de Blumenau, também participamos juntamente com Frei Braz, Frei Fulgêncio, Frei Odorico, e tantos outros do Colégio Santo Antonio.

Mas a lembrança é magnífica e mostra a época colonial de Blumenau.

Após meu casamento (esposa Denise) em Gaspar, onde resido há mais de 40 anos, tenho ido com frequência ao Bairro Garcia na casa de meu cunhado André casado com a Nazaré. Na verdade, tenho ido quase diariamente a Blumenau, onde atuo como advogado na Justiça do Trabalho.

Mas tenho saudades de todos os meus amigos, muitos que não vejo ou converso por mais de 40 anos, que juntos no Bar localizado na esquina do Pfiffer com o Chico Malheiros, ou no Bar do Zé Silvino mais a frente, durante muitas madrugadas jogavamos baralho e dominó, não faltando a cerveja, também o vinho com capilé, passamos bons momentos.

Quem sabe um dia, em algum local aí da Garcia, poderíamos festejar um congraçamento regado com alegria e cerveja?

Tem muita gente que adoraria.

Vamos nos encontrar algum dia.

Abraços.

Paulo Roberto Bornhofen disse...

Adalberto,

Parabéns por mais este belo registro.

Abraços,

Paulo

Unknown disse...

Muito bonita a homenagem. Pena que não tiveram a humildade de falar de RUFINO TOMASI, meu pai, o grande responsável para que tudo isso se tornasse possível. Foi ele que construiu todos os blocos de granito, desde os mais simples até os mais dificeis. Tenho orgulho do trabalho dele, não só em Blumenau, mas em outros locais. É Muito doido para nós da família não ver seu magnífico trabalho reconhecido. Saibam todos: faltam verdades nessa história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...