"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

- Seleção Brasileira

Santa Catarina tem dois campeões mundiais de futebol na história. O primeiro foi Mengálvio em 1962 meio campista do Santos. Em 1970 foi a vez do Goleiro catarinense Ado, que atuava na época pelo Corinthians. Ado era o reserva de Felix.
Apresentamos a seguir as cinco equipes do Brasil Penta
Imagem divulgação
Campeão 1958
A imagem de 1958, na Suécia, mostra a seguinte escalação:em pé Vicente Feola (técnico) Djalma Santos,Zito,Belini, Nilton Santos, Orlando e Gilmar. Agachados:Garrincha, Didi, Pelé, Vavá, Zagalo e Paulo Amaral.
Imagem divulgação
Bi Campeão 1962
A imagem mostra o Bi do Brasil em 1962, no Chile : em pé Djalma Santos, Zito, Gilmar,Zózimo, Nilton Santos e Mauro, (?) : agachados, Mario Américo, Garrincha, Didi, Vavá, Amarildo e Zagalo, Nocaute Jaque.
Imagem divulgação
Tri Campeão 1970
A imagem mostra a Seleção Tri em 1970, no México: em pé: Carlos Alberto, Felix, Piazza e Brito, Clodoaldo, Everaldo (?); agachados: Mário Américo, Jairzinho, Gerson, Tostão Pelé e Rivelino, Nocaute Jaque.
Imagem divulgação
Tetra Campeão 1994
A imagem de 1994, mostra a seleção Tetra de 1994, nos Estados Unidos: em pé : Em pé: Taffarel, Jorginho, Aldair, Mauro Silva, Marcio Santos e Branco.
Agachados: Mazinho, Romário, Dunga, Bebeto e Zinho.
Imagem divulgação
Penta Campeão 2002
A imagem mostra a Seleção do Penta em 2002, na Coréia do Sul e Japão em pé: Lúcio, Cafú, Roque Júnior, Edmílson, Emerson , Marcos,: agachados: Roberto Carlos, Kléberson, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo.

Arquivo de Adalberto Day

2 comentários:

Anônimo disse...

Meu caro Adalberto,

A Copa do Mundo é realmente o grande acontecimento do futebol de quatro em quatro anos quando o planeta terra pára. Mesmo quem não é muito chegado ao futebol nessas ocasiões foge do trivial. Infelizmente o futebol de hoje deixou de ser "Um esporte para se tornar num grande negócio". O amor a camisa da nossa juventude e dos jogadores que conquistaram para o Brasil os Mundiais de 58, 62 e 70 já não existe mais. O mesmo se aplica a cobertura da imprensa. Estive na cobertura "in loco" das Copas da Alemanha (74), Argentina (78), Espanha (82), México (86) e Itália (90) devidamente credenciado e transmitindo os jogos dos estádios. Na Copa do Mundo deste ano teve emissora até de São Paulo (???) que comprou os direitos da Copa, algo em torno de 150 mil dolares e não mandou ninguém para a África. Está transmitindo as partidas dos seus estúdios. E tem Anunciante que paga por isso, e paga alto. É a falta de respeito e profissionalismo que infelizmente prolifera em muitas empresas. É por isso que muitos profissionis qualificados (entre os quais me incluo) estão disponíveis no mercado. Enfim, como diria Orozimbo Matsunami Almeida Gumercindo dos Anzóis e Silva, sinal dos tempos (rsrsrsrsrs).
O que se investe hoje em publicidade e numa Copa do Mundo é muito além do que você e os internautas possam estar pensando. São verdadeiras fábulas para serem diluídas em 30 dias.

Parabéns pela matéria, vc é a memória viva da história passada e presente do Brasil.

Edemar Annuseck
São Paulo - SP

Vângela Queiroz disse...

Sempre compartilhando seus conhecimentos! Parabéns!!! Obrigada pela sua amizade :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...