"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sábado, 17 de abril de 2010

- As casas de Dr. Blumenau

Dr, blumenau nasceu nesta casa, na cidade de Hasselfeld, na Alemanha
- Dr. Blumenau nasceu a 26 de dezembro de 1819, no ducado de Braunschweig (Alemanha). Após viver trinta e quatro anos em Blumenau, seu fundador partiu em definitivo para a Alemanha, veio a falecer em 30 de outubro de 1899, aos 79 anos de idade.

Em 1974, seus restos mortais foram transferidos da Alemanha para Blumenau, estando depositados no Mausoléu, erguido em sua homenagem.
Blumenau foi fundada em 02 de setembro de 1850 pelo Dr. Hermann Bruno Otto Blumenau - O poder público adotou esta data a partir de 02 de setembro de 1900, por ser a data em que chegaram os primeiros 17 imigrantes. Até então a data considerada de fundação era 28 de agosto de 1852, data em que Dr. Blumenau entregou os primeiros lotes na Região Sul (Garcia) em Blumenau.
- A região de Blumenau era habitada por índios Kaigangs, Xoklengs e Botocudos, e mesmo antes da fundação da Colônia Blumenau, já havia famílias estabelecidas na região de Belchior, à margem do ribeirão Garcia e margem esquerda do Rio Itajaí-açu.
A imagem mostra a Casa que morou Dr. Blumenau. Esta casa foi completamente destruída pela enchente de 23 de setembro de  1880 tornando-a inabitável, na Rua das Palmeiras (Avenida Duque de Caxias). 
- Inicialmente o centro da cidade era onde hoje se localiza a Avenida Duque de Caxias (Rua das Palmeiras), arquivo histórico José Ferreira da Silva, a Biblioteca Pública Municipal Dr. Fritz Mueller e o museu da Família Colonial.
- A primeira Rua em Blumenau surgiu em 1852, com o nome de Palmenalle , onde foi construído o primeiro hotel, de alvenaria. Num dos quartos o Dr. Blumenau instalou a direção da Colônia.
- A Rua Palmenalle mudou seu nome para Boulevard Wendeburg em 3 de fevereiro de 1883, depois para alameda Dr. Blumenau e em 8 de abril de 1939, para alameda Duque de Caxias através do Decreto-Lei nº. 68 de 18 de agosto 1942, na administração de Afonso Rabe. O Decreto-Lei nº. 1.202, que se referia sobre a nacionalização dos nomes de ruas, determinava que as ruas com nomes estrangeiros fossem alterados e colocados nomes nacionais. A povoação compreendia o início do Garcia, e parte da rua XV de Novembro.
- Muitos outros imigrantes atravessavam o Oceano Atlântico em veleiros de companhias particulares. E assim foi crescendo o número de agricultores, povoadores e cultivadores dos lotes, medidos e demarcados ao longo dos rios e ribeirões que banhavam o território da concessão. No princípio, a Colônia era de propriedade do fundador, Dr. Blumenau.
Arquivo de Adalberto Day

2 comentários:

victor hugo disse...

nossa realmente Blumenau é uma cidade muito linda,e cheia de histórias como essas casas,ainda mais sua influência germânica e italiana,parece mais um pedacinho da Europa no Brasil,vendo essas casas abastadas em história mesmo com 14 anos de idade queria estar aí,nessa cidade sensacional

Rubens disse...

Lamentável não haver divulgação sobre tais fatos,estive recentemente dando uma aula de fotografia no Museo da Familia Colonial e pude notar que naquelas 3 horas que lá estivemos apenas um casal apareceu pra visitação.Acho que as escolas deveriam ministrar a nossa história levando os alunos (pequenos) até lá.Parabens por estas divulgações.Um abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...