"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

- O Dia mundial do Rádio


Dia 13 de Fevereiro é comemorado o dia  Dia Mundial da Rádio, ( desde 2012 nesta data) celebrando a rádio como um meio vital para a missão da ONU de criar um futuro mais pacífico, mais sustentável e mais inclusivo para todos. O Dia Mundial da Rádio é, assim, uma oportunidade de celebrar a rádio enquanto meio de comunicação, de promover uma melhor cooperação internacional entre emissoras, e de promover um conteúdo diversificado, bem como o acesso à informação e a liberdade de expressão através das ondas da rádio.
25/setembro é comemorado o dia do Rádio no Brasil

A Imagem mostra ao centro João Medeiros Jr e sua filha em 1934 fundador do Rádio em SC
Pequeno Relato da HISTÓRIA do Rádio no mundo e Brasil.
24 de maio de 1844 - Samuel F. B. Morse envia a primeira mensagem à distância através do telégrafo. O primeiro sistema de comunicação de longa distância que o mundo conheceu.
1850 - O alemão Daniel Ruhmkoff inventa um aparelho capaz de transformar baixa tensão de uma pilha em alta tensão: surge o primeiro emissor de ondas eletromagnéticas.
1853 - O físico australiano Julius Willheim Gintl prova ser possível enviar várias mensagens simultaneamente por uma única linha telegráfica.
1867 - O alemão Siemens cria o dínamo.
1877 - Emile Bertiner torna o microfone um equipamento personificado e Thomas A. Edison registra som em cilindros.
1892 - Primeiras experiências de radiodifusão no Brasil. Pe. Roberto Landell de Moura, transmitiu e recebeu a palavra humana através do espaço.
1893 - O padre e cientista brasileiro Roberto Landell de Moura realizou a primeira transmissão falada, sem fios, por ondas eletromagnéticas Todos os equipamentos usados foram inventados pelo próprio Landell de Moura, com patentes registradas no Brasil em 9 de março de 1901.
1894 - Aos 20 anos de idade, Guglielmo Marconi montou um aparelho na fazenda de seu pai. Com este aparelho, enviou e recebeu sinais através de ondas elétricas.
1894 - A experiência de Landell de Moura foi repetida na Capital de São Paulo,a demonstração foi feita do alto da avenida Paulista para o alto de Santana, numa distância aproximada de oito quilômetros em linha reta.
1895 - Guglielmo Marconi construiu um sistema prático de telegrafia sem fio.
1896 - Marconi patenteou seu telégrafo na Inglaterra, um aparelho que permitia a transmissão de mensagens telegráficas a distância, sem a utilização de fios.
1901 - Marconi realizou a primeira transmissão transatlântica sem fio de sinais telegráficos, no dia 12 de outubro.
1901 - Marconi realiza a primeira transmissão transatlântica. Usando o código Morse.
1904 - Landell registra a patente do Transmissor de Ondas, do telefone sem fio e do telégrafo sem fio nos EUA.
1905 - A Marinha de Guerra do Brasil realizou várias experiências com a telegrafia por centelhamento no encouraçado Aquidabã.
1906 - Primeira transmissão radiofônica do mundo é feita nos Estados Unidos.
1906 - O norte-americano Reginald Fessenden constrói o primeiro alternador de alta freqüência e realiza a transmissão da voz humana pelo rádio.
1908 - Lee de Forest realizou do alto da torre Eiffel uma emissão ouvida nos postos militares da região e até por um técnico em Marselha. Um ano depois, a voz do tenor Enrico Caruso era transmitida do Metropolitan Opera House.
13 de janeiro de 1910 - A tripulação de um navio em alto mar - a 20km da terra firme - consegue ouvir a voz famosa do tenor italiano Enrico Caruso graça a uma transmissão do Metropolitan Opera House, em Nova Iorque.
1913 - O primeiro transmissor de ondas de rádio no Brasil que se tem notícia, foi instalado no ano de 1913 por Paul Forman Godley, RAGON, na região Amazônica, a pedido do governo brasileiro.
1915 - Surgem na Alemanha as primeiras transmissões internacionais de programas diários de notícias.
1919 - Inauguração da primeira emissora popular de rádio em Roterdã, na Holanda.
1920 - Surgem, na França, os primeiros rádios a pilha, vendidos com outra inovação.
1922 - Primeira transmissão radiofônica no Brasil, no Rio de Janeiro.
1923 - Fundação da Rádio Sociedade do Rio de Janeiro.
1924 - Suécia cria o modelo de estação de rádio sem anúncios e com um propósito claramente educativo.
1929 - O Vaticano cria sua primeira rádio, que foi oficialmente inaugurada em 1931.
1931 - Comprimindo um botão, em Roma, Marconi ligou a iluminação da estátua do Cristo Redentor, momumento localizado no alto do Corcovado, no Rio de Janeiro. Inauguração da Rádio Record, de São Paulo.
1934 - Inauguração da Rádio Mayrink Veiga.
1935 - Inauguração da Rádio Jornal do Brasil. - Instituição do programa oficial do governo Vargas, A Voz do Brasil.
1936 - É fundada a Rádio Nacional do Rio de Janeiro, que foi a primeira em audiência por mais de vinte anos.
1937 - Assis Chateaubriand inaugura a Rádio Tupi, de São Paulo.
1941 - Surge o Repórter Esso, criado pela Rádio Nacional, durante a II Guerra Mundial. O programa ficou no ar até 1968.

A Radio Clube de Blumenau
A primeira Rádio de Santa Catarina e quarta do Brasil,foi fundada em 19 de março de 1932, onde iniciou seus preparativos. Em 1933 adquiri um transmissor Collins de 150 Wats.Em 1934 começa um período experimental.Em 1935 em 18 de março entra no ar com um transmissor Philips com 500 wats de potência. Foi feito um plebiscito e o primeiro nome da Rádio Clube, foi Rádio Cultura de Blumenau, por poucos meses. Como a data oficial de concessão foi somente em 1936.
O fundador da Rádio foi o Radio Amador Sr. João Medeiros Jr. diretor da Empresa I. Garcia , foi também o pioneirista no Rádio Amadorismo de Santa Catarina. Em 1929, com um alto-falante instalado na Empresa I. Garcia, onde foi diretor até 1940, muito querido entre os empregados, tocava música durante algumas horas do dia. Com isso houve um aprimoramento nos equipamentos, tornando-os mais potente. A programação era de anúncios e músicas, o programa mais conhecido era “Peça sua Música”. O horário por quase 50 anos, era das 7:00 horas até 23:00 horas, as vezes os equipamentos esquentavam muito, onde havia algumas interrupções. E foi na Empresa Industrial Garcia que foi feito a primeira transmissão, Medeiros também foi o primeiro a transmitir um jogo de futebol, em Santa Catarina, no estádio do Amazonas E.C.Mas oficialmente o primeiro narrador esportivo foi Manoel Pereira Jr., como também oficialmente o primeiro “speaker” foi José Ferreira da Silva. Também teve uma locutora, que prestava serviço á Medeiros, de nome Atalá Branco.
- O Rádio no Brasil;
O primeiro transmissor de ondas de rádio no Brasil que se tem notícia, foi instalado no ano de 1913 por Paul Forman Godley, RAGON, na região Amazônica, a pedido do governo brasileiro. A primeira transmissão de rádio realizada oficialmente no Brasil ocorreu no dia 07 de setembro de 1922, durante a inauguração da Exposição do Centenário da Independência na Esplanada do Castelo. Foi um grande acontecimento. O público ouviu o pronunciamento do Presidente da República, Epitácio Pessoa, a ópera “O Guarani”, de Carlos Gomes, transmitida diretamente do Teatro Municipal, além de conferências e diversas atrações. Muitas pessoas ficaram impressionadas, pensando que se tratava de algo sobrenatural.
As primeiras Rádios do Brasil
20/04/1923 = Radio Sociedade do Rio de Janeiro, na Voz de Edgar Roquete Pinto
- 1924 = Radio Clube do Brasil
- 1931 = Radio Sociedade Record
- 1932 = Radio Mayrink Veiga
- 1932 = Radio Clube de Blumenau (Oficialmente 1936)
- 1936 = Radio Nacional
- 1937 = Radio Tupi
As cinco emissoras de rádio AM de Blumenau, e o ano em que começaram a operar:
1936 – Rádio Clube de Blumenau (Com o nome de PR C 4)
1957 – Rádio Difusora (hoje Itaberá)
1958 – Rádio Nereu Ramos 01 de setembro de 1958 (Com o nome inicial de Rádio Tabajara) depois da morte de Nereu Ramos muda o nome.
1962 – Rádio Alvorada 20 de julho de 1962 (Hoje CBN)
1967 – Rádio Blumenau. 01 de abril de 1967
* PR foi o prefixo que o governo federal concedeu às primeiras emissoras radiodifusoras no Brasil.
Por isto existe a informação generalizada de que a PRC-4 teria sido a quarta emissora do país.
Mas deve-se lembrar que antes dela vieram várias com prefixo PRA , depois PRB e só então as que ostentaram o PRC. Nesta sequência, então sim, a PRC teria sido a quarta.
No dia 25 de setembro, data do nascimento de Roquette Pinto - o "Pai do Rádio Brasileiro" -, comemora-se o Dia do Rádio. Em 1923, Roquete fundou a primeira emissora do país, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro ( hoje Rádio MEC),
Edgar Roquette Pinto, Médico, Legista, antropólogo, Professor, nasceu no dia de Janeiro em 25/setembro de 1884 e faleceu em 18/outubro de 1954.
- Dia do Radialista.
LEI Nº 11.327, de 24 de julho de 2006 Institui o Dia do Radialista. Presidente Lula.
Dia do Radialista, a ser comemorado no dia 7 de novembro, data natalícia do compositor, músico e radialista Ary Barroso.que nasceu em 07 de novembro de 1903 na cidade de Ubá em Minas Gerais e faleceu no dia 09 de fevereiro de 1964 no Rio de Janeiro. Seu nome de batismo Ary Evangelista Barroso. Ary Barroso.
Em razão desse personagem na nossa história, o Dia do Radialista que era comemorado anteriormente em 21 de setembro .
Arquivo de Adalberto Day

6 comentários:

Djalma disse...

Mais uma grande reportagem.Acompanho nossas radios desde criança.Houvia na casa de minha vó, qdo na hora do almoço o silêncio era ordenado para que houvisemos o noticiario da Radio Nereu, na vóz marcante de Nelson Tofano.Depois , o dial corria ligeirinho, as 12:30 para escutarmos a Rezenha esportina do Tesoura Junior na Clube.E tinha o programa da Valmira na Difusora, que diariamente começava as 9 ou 10 da manha.Nossa radios sempre prestaram serviços fabulosos, como nas grandes enchentes e catastrofes passadas.Empenho e dedicação sempre foram suas mascas.

Valdir Appel disse...

Parabéns Beto,
Excelente matéria. Vou arquivar com certeza. Abraço

Mario Motta disse...

Caríssimo Adalberto,

Nasci num Circo Teatro, mas poderia ter nascido no palco auditório de uma emissora de Rádio. Meus pais (Motinha e Nhá Fia) mantinham o programa "Na Serra da Mantiqueira" na Rádio Bandeirantes de São Paulo no final dos anos 40 e tinham um Circo que circulava pela periferia de São Paulo. Quando nasci, optaram pelo Circo e fomos para o interior até o início dos anos 60. Quando fixamos residência em Tupã, papai voltou a fazer Rádio (como hobby) e eu na pré adolescência não tinha outro caminho senão acompanhá-lo (ainda bem). Comecei efetivamente na Rádio Piratininga de Tupã/SP por volta de 1965... Amo o Rádio. Respeito o veóculo e seus profissionais. Gosto muito de TV, da mídia Impressa e da mistura de todas as mídias que é a Internet... Mas, sinto que o maior percentual do meu sangue é Rádio... Por isso, deves imaginart como vibrei com teu post. Parabéns pelo carinho da pesquisa e por tua lembrança... Disponha sempre que eu puder ser útil por aqui ou por ai. Do amigo e admirador, Mário Motta (Rádio CBN/Diário, RBS TV, Jornal HORA DE SC) Florianópolis/SC

Adrian Marchi disse...

Parabéns pelas colocações e por ressaltar o pioneirismo que Blumenau sempre teve em Santa Catarina.

Por este e por outros motivos, devemos nos orgulhar de nossa grande cidade!

Parabéns Alberto e conte sempre comigo

Prof. Wieland Lickfeld disse...

Parabéns a todos os radialistas, Adalberto! Hoje também é o Dia da Árvore, tão importante para o ar que respiramos. Tenho felizes lembranças do rádio. Quando pequeno, ainda nos Anos 1960, aos domingos de manhã eu e meu irmão nos deitávamos na cama da nossa querida e já falecida avó Albertina Prochnow para ouvir ao programa "Deutsche Stunde". Era muito legal! Gostava tanto do rádio - era um modelo valvulado - que passei a levá-lo escondido para a cama para ouvir música na hora de dormir com ele debaixo da coberta. Era o máximo! Devia ter 06 ou 07 anos. Mais tarde, curtia vagar pelas Ondas Curtas, à procura de emissoras do Exterior. Muito bom ser lembrado deste período da minha vida. Depois, já adolescente, curtia a transmissão dos jogos de futebol do Campeonato Carioca na Rádio Globo. Não há como esquecer a chamada "Máááriooo Viaaanaaaaaa!" Grande abraço e muito obrigado pelo post!

sergio luiz buchmann disse...

Bom dia querido Professor.O Radio fez parte de minha infância,adolescência,e nos dias de hoje.E pensar toda a tecnologia de hoje, Lembrar os jogos de futebol, levar o Rádio pro campo pra ouvir os jogos, e em casa se fazia uma antena com um fio amarrado a um bambu pra pegar um pouco melhor. Lembro q escutavam , novelas, programas de auditório,e toda e qualquer noticia se tinha através dele!Tivemos grandes radialistas como: Sestrem,Tesoura Jr,Nelson Rosembrock, e hoje temos alunos bons q aprenderam com esses. PARABÉNS AO RÁDIO, RADIALISTA E A VC ADALBERTO Q com seu maravilhoso blog nos trás, lembrança,e aprendizado!ABRAÇÃO!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...