"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

domingo, 15 de junho de 2008

- Gírias do nosso cotidiano II


Olha o Cacau Menezes aí minha gente

Dicionário para quem vai para a região de Blumenau

Rua XV de Novembro (Blumenau)próximo a Catedral São Paulo Apóstolo.
- PANDA - (s.f.) - É um crupo te amigos, que se xunta bara fazer música. Norrmalmente, tem bor nome pandinha.
- PAR - (s.m.) - O mesmo que botega, policho, armacem que serve pepidas e tira-gosto, como toresmo, quecho, mortadela, ofo cozido, etc.
- PARACO - (s.m.) - Habitaçon pobre, humilde, sem água, sem luxa, sem borra nenhuma.
- PARALHO - (s.m.) - Xogo de cartas. Muito abreciado nos pares e casas te família.
- PIA - (s.f.) - No Brrasil também conhecida por lourra ou xelada. É um pepida veita a bartir do cevata, muito abreciada em pares e vestas.
- PIÇAR - (v.) - Caminhar no grama, caminhar no talçada; Ex.: Non piça no minha crama, vagapundo! 2) (g.) - Piçar no domate, icual a facer cagata.
- PIZICLETA - (s.f.) - Meio te transporte te dois rodas, com traçon humana. Tem bedais e coreia.
- POI - (s.m.) - Touro castrado, sem saca. Sem saca, non trépa. Non trepando, engorda. Gorrdo, é matado tom mareta.
- POLZA - (s.f.) - Pjeto que serve bara caregar vários coisa. Tem vários dipos: polza te mulher, polza bara lixo, polza te subermercado e polza te açons financerras (que non sei o que é).
- REBUCHO - (s.m.) - Eveito ta maré, depos te bater no praia, os ondas voltam bara o mar.
- TIARÉIA - (s.f.) - Distúrbia dos tripas. Muito comum para quem come panana com gachasa e toresmo com chimaron, ou bebe pia xelada com linqüiça quende. É tão ruim o tiaréia, que deixa o xente suato e amarelo. O xente diz pros mais íntimos: tô mixando pelo punda, rapaiz.
- XAROBE - (s.m.) - Remédio cheralmente feito te ervas ou com mel e agrion. Muito inticado nos resvriados fortes, com muita tosse. 2) Indíviduo chato, que gosta te imbortunar, ou algo que não se goste. Ex.: A rádio ta Frida só toca música xarobe!
- XOTA - (s.m.) - Técima letra to alfabeto.
- XUNTO - (adj.) - Acompanhado te algo ou alguém. Facer alguma coisa com alguém. 2) - (v.) - Ato te xuntar alguma coisa. Ex.: O Fritz xuntô a carta do paralho da chon.
- ZIM - (ex.) - O que diz pessoa que concorrda, aceida, deixa. Pessoa que sempre diz zim é conhecida bor concordino
Fonte: Blog do Cacau Menezes
- X L – Nome da moça Gisele
Arquivo: Adalberto Day

2 comentários:

Alemão disse...

Olá Adalberto,

Acho muito bacana essas frases. Mas, gostaria que o Cacau criasse também e publicasse sobre a maneira dos “manézinhos” falarem.

“Tais tolo”! tais tolo !, êêêêê – trocas a muiê pela bicicreta. Não vem, não vem. Não vem.



EdemarAnnuseck

Tere disse...

Beto, achei muito divertido esse dicionário do Cacau. Ainda na nossa região, encontramos muitas pessoas que possuem esse jeito de falar, que são sotaque da língua alemã. Acontece que estamos tão acostumados, e muitas vezes nem percebemos....inclusive na minha família tem muitas pessoas que falam assim. Um abraço. Tere.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...