"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sábado, 7 de junho de 2008

- Engenheiro Henrich Krohberger

- O engenheiro Henrich Krohberger, nasceu em 11 de novembro de 1836 na cidade de Bayrenth - Alemanhã, chegou a Blumenau em 03 de setembro de  1858 e faleceu em 22 de abril de 1914. Inicialmente, morou em uma transversal da Rua Rui Barbosa, no Progresso, adquirindo uma grande propriedade. Por esse motivo, durante muitos anos a região ficou conhecida como "Kroba" ou "Krohberbach" (Bach: ribeirão). Foi o engenheiro responsável por importantes construções no início da colônia Blumenau - igrejas, pontes, prefeitura...
Publicado no dia (05/06/08) no Jornal de Santa Catarina- coluna Almanaque do Vale do jornalista Sérgio Antonello.
Krohberger prestou relevantes serviços a nossa cidade e ao estado. A ele devemos a confecção de vários mapa do município e estado.  Durante 56 anos prestou relevantes serviços a nossa comunidade. 

A localidade (Rua Rui Barbosa - Progresso - Blumenau) onde o engenheiro Henrich Krohberger morou inicialmente, depois foi construída a famosa Ponte Preta ( imagem a esquerda) - e a atual ponte inaugurada em 1978 com o nome de Gustavo Krug, porém ainda é conhecida como "Ponte Preta".
Obs: A atual ponte Gustavo Krug (ponte preta) foi demolida dia 12 de agosto de 2015 para ser construída uma nova com com 27 metros de extensão e 12,30 metros de largura.
(Fotos: Arquivo de Dalva e Adalberto Day)

Um comentário:

Djalma disse...

So para lembrar.Tanto na Ponte Preta,como na Ponte antiga no Emilio Talmann e a Ponte proxima ao Centenário,não a muinto tenpo a traz,coisas de uns 40 anos, o povo(não eu,pois sou muinto cagão.rsrsr) se atirava de cima delas para se banhar,visto que a profundesa do rio permitia.Hoje, pontes mais modernas unem uma margem do rio a outra.A profundesa deste mesmos rio baixou e consideravelmente.Culpa unica e exclusivamente da ganancia desenfreada do homem.O nosso Ribeirão Garcia, desde a sua foz precisa ser preservada.Ja esta sendo por alguns abnegados ligados a nossa Faculdade.A Artex deu o primeiro passo qdo incorporou o terreno junto a foz, onde fica o Parque das Nascentes.Mas se vc acompanhar o Ribeirão por alguns trechos,vc vai ver fogões,estofados,pneus,etc jogados a sua margens.E isto, até que me provem ao contrario não cai do céu.Juntando isto a ocupação desenfreada de morros,derrubada de matas e outras cozitas mas, nos remete a esta triste realidade qúe é o nosso Ribeirão Garcia.As autoridades deveriam se preocupar mais com ele.E não qdo ele teima em abandonar a sua calha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...