"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

- Palmeiras x Olímpico

- A imagem de 1963, mostra em primeiro plano a equipe do Palmeiras Esporte Clube, e logo abaixo o Grêmio Esportivo Olímpico.
Nostalgia: Será nesta tarde de Domingo às 15h30min, no estádio Aderbal Ramos da Silva, no velho “Deba” o clássico regional Palmeiras x Olímpico, pelo campeonato citadino de futebol – patrocinado pela LBF – Liga Blumenauense de Futebol.
Estádio Aderbal Ramos da Silva - do Palmeiras.
As equipes já estão escaladas para o confronto. O palmeiras entra em campo com Adalberto, Ivo, Lázaro, Avelino, Jair Carvalho e Delucas, Nanico, Albano, Leal, Dinho, e Clodoaldo. – Treinador Expedito.
O Olímpico manda a campo os seguintes atletas: Alemão, Garoto, Nilson, Jurandir,Venicio Fiamoncini, Domingos, Romeu Fischer, Mauro Longo, Balsini,Laffront , e Lilá. Treinador Manoel Pêra.
- No Bairro do Garcia no mesmo horário – Estádio da Empresa Industrial Garcia, jogarão Amazonas x Vasto Verde. Na rodada folga o líder absoluto do certame o Guarani da Itoupava Norte.
Observação: os fatos descritos aconteceram no ano de 1963, pelo campeonato patrocinado pela LBF – O campeão foi o Guarani. O Olímpico não poderia conforme regulamento, disputar o campeonato estadual de 1964, mas conseguiu, e melhor ser o campeão estadual daquele ano, em jogo disputado no estádio da Baixada no dia 25 de abril de 1965. O Jogo foi contra o Internacional de Lages, o time Grená, venceu pelo placar de 3 x 1, com todos os gols marcados pelo avante Rodrigues, para o time blumenauense.
- SAUDADES deste tempo quando em Blumenau, se praticava um belo futebol, com suas cinco grandes equipes, principalmente nos campeonatos da cidade.
Os radialistas que emocionavam nessa época, eram Edemar Annuseck e Ivo Sutter (narradores), Álvaro Correa (comentarista), Alfredo Otto Flatau e Moacir Galliani (repórteres) pela Rádio Nereu Ramos, - Jeser Jossi Reinert (narraddor) Tesoura Junior (comentários), Onélio Cavaco, Adolfo Nolte (repórteres) pela Rádio Clube. Mais tarde vieram outros culminando com Rodolfo Sestrem. Atuamente na Rádio Blumenau Arca da Aliança Amauri Pereira e Marciano Regis, Gil Campos, na retaguarda Juliano Russi no plantão esportivo. Comentários de Belmiro Avancini e Vilmar Minozo.
Arquivo de Adalberto Day

4 comentários:

Chiquinho ex goleiro do Vasco disse...

Adalberto,
Nesta época -63- eu estreava no Renaux derrotando o Metropol de Criciúma por 4 a 1. Jogo que marcou a despedida do Teixeirinha do futebol, pelo menos do Renaux. Acho que ele ainda esta se despedindo por aí de alguma modalidade esportiva.
Gosto muito destas matérias que você publica, me remete para os bons tempos: onde passar a perna nos outros tinha mais cunho de esperteza do que maldade.
Grande abraçp,
Valdir

Alemão disse...

Amigo Adalberto Day

Que maravilha a matéria do clássico; nesse dia eu estava como o Guarani em outro local. O Lafont, que vc cita era conhecido como Gato. Na época dos juvenís joguei contra o Vinicius, Lafont,Renato Vinna (que cobrou uns cinco a seis penaltis contra mim e nunca marcou nenhum). O Chiquinho (Valdir Appel) eu enfrentei num amistoso Guarani e Paisandu - categoria juvenis - lá por 60/61 no estádio Cônsul Carlos Renaux em Brusque.Empatamos em dois a dois. Nosso técnico era o consagrado Orlando Schramm, que jogou no Guarani e no Palmeiras aos tempos do Lázinho,Jonas, Augusto de Souza Filho e outros.

Abs

Edemar Annuseck

Almir Bernardo disse...

Sr. Adalberto
Imensa satisfação ter descoberto o seu Blog.
O relato da História por particulares, de uma forma compromissada e gratuita é muito raro.
Mais raro ainda é a justaposição de fotos e fatos.
Muito obrigado pelo excelente trabalho.

Almir Bernardo

Alemão o Edemar disse... disse...

Adalberto

Você sabe que aqui em Curitiba todos me tratam por alemão. O Ronaldo Reichow - o ex-goleiro Alemão do Olímpico - que aparece na foto também tem este apelido no futebol. O pessoal acha que eu nasci na Alemanha ou talvez por ter vindo de Blumenau. A minha falecida mãe era natural de Berlim e meus avós maternos também. Mas, eu sou genuinamente blumenauense, nascido na rua 11 de Junho na Itoupava Norte. O Aurélio Sada, meu grande amigo Sadinha, de saudosa memória, me chamava de DEMA.

Quando você toca no futebol e no esporte de Blumenau no seu blogspot eu começo a rever os fatos na minha retina. Na verdade não sei se terei condições de escrever o livro que tanto minha família tem solicitado. falando da minha vida, da minha carreira e lembrando fatos marcantes nestes meus 43 anos de rádio. Espero ter paciência para fazer isso quem sabe a partir de Janeiro. O meu filho tem um texto extraordinário a exemplo da minha filha Sandra .O texto de ambos é impecável. Eu arranho as teclas; meu negócio mesmo é o microfone.
Mas, a lembrança do futsal tem muita coisa para ser contada.
Talvez eu coloque no ar em Fevereiro o meu próprio site; eu já o havia encomendado.
Desculpe eu ter me alongado. Mas, quando der na "tica" e eu estiver inspirado vou te mandar algumas informações museísticas (ah!ah!ah!).

Ótimo final de semana e um grande abraço extensivo a família,

Edemar Annuseck

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...