"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

- Dr. Amadeu Felipe da Luz

Por Valdir Campos




Um Ilustre Blumenauense
Falar sobre o perfil de Amadeu da Luz é focalizar o principio de austeridade personificada numa empolgante figura de magistrado.
Nascido em Blumenau no dia 13 de setembro de 1892, foi um autentico descendente de seu honrado e venerando pai, o eminente Dr. Hercílio Pedro da Luz, e guardou no coração todas as sublimes virtudes de sua ilustre progenitora, Dona Etelvina Ferreira da Luz, virtudes consubstanciadas num extremado amor a família.
Iniciando seus estudos no colégio Divino Providencia”, em Florianópolis, mais tarde no Ginásio Catarinense, e depois ao Colégio Abílio no Rio de Janeiro.
Satisfazendo os desejos paternos, foi para Porto Alegre, ingressando na Faculdade de medicina.. Mas acabou cursando mesmo a Faculdade de Ciências Jurídicas “Teixeira de Freitas no Rio de Janeiro”
Depois já Bacharel foi nomeado Promotor Público de Araranguá, pelo então governador do Estado, General Felipe Schmidt, cargo em que exerceu durante um ano. Depois exerceu o cargo de Juiz de Direito de Canoinhas e Palhoça, alcançando em 1920 por merecimento, sua designação para Blumenau, onde por mais de uma década, presidiu aos destinos judiciários da comarca,já então a mais movimentada e importante do Estado.Amadeu da Luz foi a personificação da bondade, da honradez e da cultura da Gente de Santa Catarina. E seu coração bateu e pulsou sempre com amor e carinho a cidade de Blumenau, que o viu nascer.
Sempre teve a veneração e o carinho de toda sociedade blumenauense.
 O velório do juiz

 A imagem mostra o velório do Dr. Amadeu da Luz , em 2 de setembro de 1934. Ele foi juiz da Comarca de Blumenau. As pessoas se aglomeraram na Rua XV de Novembro e no espaço existente entre o Hotel Holetz (Hoje Grande Hotel). Ao fundo no centro o antigo Porto,próximo ao Biergarten. Vêem-se ainda a ponte sobre o Ribeirão Garcia e, a direita o antigo prédio do Fórum e da prefeitura de Blumenau. Essa era a forma moderna de condução dos velórios, até meados dos anos 1960.
Arquivo: Adalberto  Day

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...