"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sábado, 21 de julho de 2007

- Amazonas : O esquadrão de peso

Time campeão de 1957 - Em pé :Gepe, Arlindo,Tillmann,Cilinho,Ivo Mass,Oscarito e Pera- Agachados: Paulo de Luca, Meyer, Malheirinho,Erico Mass,Filipinho, Amadeu.

Composto por grandes jogadores que trabalhavam na Empresa Industrial Garcia ou Cooperativa de Consumo dos Empregados, em sua grande maioria, residia em casas de propriedade da Empresa localizadas nas imediações, o time Amazonense foi bom de bola, principalmente no amadorismo, quando enfrentava várias agremiações de todo estado, obtendo resultados expressivos, qualificando-o como um dos melhores clubes de Santa Catarina, no período compreendido entre 1919 e 1944 principalmente, o chamado antigo Amazonas Esporte Clube, destaques para Nena Poli e Leopoldo Cirilo. Em toda a década de 1920 e 1930, o Amazonas foi campeão em diversos torneiros.
Os melhores resultados do Amazonas:
Em 1939, o Grêmio Esportivo Olímpico promoveu um torneio no dia 09 e 10 de abril para a inauguração de seu estádio. O Amazonas sagrou-se campeão do 1º torneio disputado neste estádio. Em 1953 conquista alguns torneios no bairro. Em 1954 conquista o torneio de abertura da LBF. Em 1955 campeões do torneio extra Em 1957 conquistam o torneio Sebastião Cruz com extrema facilidade. Ainda em 1957 o Amazonas vence um torneio quadrangular que teve a participação também do Palmeiras, Tupi, e Vasto Verde. Em 1958 o Amazonas vence com facilidade a liga de amador,o placar mais elástico foi 11x0 no Floresta com quatro gols de Filipinho e vence também o torneio inicio no estádio da baixada. Em 1959 o Amazonas é tri campeão do torneio extra Sebastião Cruz e campeão de um triangular invicto realizado com Olímpico e Tupi, e também campeão de um torneio promovido pelo Olímpico. No dia 1º de setembro de 1961, o Amazonas perde por 1x0 na prorrogação para o Olímpico, com o estádio lotado a torcida Amazonense divide as arquibancadas com o rival. O Amazonas jogava melhor mais sofre o gol e perde o titulo, o empate daria o titulo ao clube alvi celeste. Com o gol de Orio, morre ao lado, onde estávamos na arquibancada, um torcedor fanático do Olímpico. Em 1962, o Amazonas é campeão na baixada (Estádio do Olímpico) do torneio inicio da LBF. Em 1966, o Amazonas é campeão do quadrangular disputado com o Guarani, Vasto Verde e Tupi. Em 1968 discreta participação, mas campeão juvenil invicto em cima do Olímpico no estádio Grená, com o escore de 3x1. Em 1972, o Amazonas é campeão da LBF- 1ª divisão de amadores Em 1973, o Amazonas é bi-campeão invicto da LBF – 1ª divisão de amadores.
Que Saudades do meu Amazonas
Quantos jogos memoráveis, que os torcedores Amazonenses presenciaram durante muito tempo. Os pênaltis cobrados pelo Gepe ...que categoria! "Dizem os mais idosos, que jogou por aqui algumas partidas, o jogador Patesko, jogador do Botafogo do R.J., que também jogou na Seleção Brasileira”. Como esquecer os gols de bicicleta do Filipinho, e aquele gol de calcanhar que o Dico fez contra o Palmeiras, as arrancadas fulminantes do Meyer, que quase sempre se transformava em gols, o Celinho, Duflis artilheiros natos, Nilson (Bigu – maior artilheiro da história do clube) era zagueiro, fazia tantos gols que foi jogar de centro avante assim como tantos outros artilheiros que passaram pelo Amazonas
Arquivo de Adalberto Day

2 comentários:

Fabricia disse...

ola é com imensa satisfação que lhe escrevo quero agradecer pela foto publicada pois sou neta do Jose Henrique Pera treinador. Sinto um imenso orgulho de ver a foto do meu avô.Agradeço pelas considerações um forte abraço.
Att Fabricia Feliciano filha de Ivete Pera Feliciano

Fabricia disse...

meu e-mail fabricia.fe@hotmail.com
Obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...