"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

domingo, 29 de julho de 2007

- Os 50 anos da criação de bairros

A lei que oficializou implantação dos bairros mais antigos de Blumenau é a 717, de 28 de abril de 1956. . Atualmente a área urbana da cidade é dividida em 35 bairros e dois distritos (lei nº 489 de 25/11/2004). Dentre eles, Garcia e Velha são dois exemplos que foram criados pela lei nº 717, de 28 de abril de 1956, na gestão do prefeito Frederico Guilherme Busch Jr. Ambos foram desmembrados, formando novos bairros. Faço menção aos dois bairros por terem sido onde a Colônia Blumenau recebeu os primeiros imigrantes e por serem ponto de partida dos trabalhos de colonização às margens da foz do Ribeirão da Velha e às margens do Ribeirão Garcia, onde podemos dizer que se constituiu a célula máter da colônia, na Rua das Palmeiras (Alameda Duque de Caxias) e início da atual Rua XV de Novembro. O Garcia, que recebeu este nome em homenagem às famílias vindas das margens do Rio Garcia (atual Rio Camboriú, em 1846), da cidade de Camboriú, também empresta o nome ao distrito. E sua rua principal, antes conhecida como Estrada Geral do Garcia e, a partir de 1919, a atual Rua Amazonas. O Grande Garcia possui uma característica de condomínio, por ser quase que inexistentes vias de escoamento para outras localidades e, talvez por isso, ser detentor de tantas histórias e tão encantador. A Grande Velha e o Grande Garcia são anteriores à colônia fundada por Dr. Blumenau. Quando aqui atracou pela primeira vez, em 1848, Dr. Blumenau o fez às margens do Ribeirão da Velha, também assim o fizeram os primeiros 17 imigrantes, em 2 de setembro de 1850, um domingo. Duas lendas sobre o nome desse bairro não menos encantador devem ser preservadas: uma referindo-se a uma senhora idosa, moradora da região, que tinha como referência ser conhecida como "a velha"; e outra , devido à existência de duas serrarias, uma mais "velha". A versão mais provável, no entanto, é que tenha recebido esse nome devido a uma família de São Francisco do Sul, cujo sobrenome era Velha, que possuía propriedades na região. Desde 1832, um documento da Vila de Porto Belo já trazia o nome Ribeirão Velha.
ADALBERTO DAY/ Cientista Social e pesquisador Publicado no Jornal de Santa Catarina, no dia 28 de abril de 2006.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...