"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

segunda-feira, 23 de julho de 2007

- A antiga E. I. Garcia



A imagem remete ao ano de 1971 e mostra a saída de colaboradores da antiga Empresa Industrial Garcia, na Rua Amazonas, 4.906, então Bairro Garcia, em Blumenau. A empresa fundada em 1868 com o nome de Johann Henirich Grevsmuhl & Cia, completaria este ano 138 anos de fundação. (Fonte: Arquivo Adalberto Day e Jorge Luiz Buecheler) A nota foi publicada no Jornal de Santa Catarina (14/01/06) na coluna Almanaque do Vale - Jaime Avendano. Nesse dia o meu amigo Djalma Fontanella da Silva filho, estava presente.

2 comentários:

Marco Antonio disse...

Adorei seu blogger, estava procurando sobre a historia da Empresa Industrial Garcia e acabei chegando até aqui. Uma curiosidade sobre a foto, é a placa de transito, que parece ser americana, com um "P" cortado ao meio. De proibido estacionar "Park". Estou buscando a historia da brigada de combate a incêndia da empresa em questão pois meu interesse é sobre a historia de um veículo Rural Willys 1958 (conversivel) que era de propriedade da empresa e que servia a brigada de incêndio. Acredito que deva em algum lugar constar uma foto ou alguém que se lembre de tal veículo.
Agradeço a atenção e parabéns novamente pela iniciativa de manter viva a historia.

Marco Antonio (Marcoruthes@gmail.com)

Anônimo disse...

Há coisas que nossa mentes não apagam.Virão uma especie de fotografia.
Neste dia da foto em questão,eu fui, como fazia sempre,e minha mãe deixava é claro, esperar o meu pai que sempre trabalhou na Empresa Industrial Garcia.Como podem notar,é a hora da saida dos empregados para o almoço.Naquela época,o programa Amaral Neto,O Reporter, era uma especie Globo Reporter.Mostrava todos os cantos do Brasil.Era um programa imperdivel,pelos recursos que a televisão tinha na época.Me lembro da reportagem da Trnaszamazonica.Mas isto é outra historia.Voltando a foto em questão,vi a movimentação da reportagem e fui ver de perto,Atravessei a rua,pois a portaria ficava em fretnte a foto em questão e me coloquei entre o escritório e a entrada do Ambulatório.Quer dizer, em relação a esta foto,estou atraz, e a direita,mas não apareço é claro.Mas ficou duas boas recordações.Uma boa:ter visto a movimentação da reportagem e ter conhecido o Sr Amaral Neto, e outra péssima:como me perdi de meu pai, e cheguei em casa atrazado,levei uma baita surra para aprender a obedecer.Verdade.Naquela época os pais tinham este poder.Bons tempos estes.
Djalma Fontanella da Silva Filho
djfsf22@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...