“A Educação é a base de tudo, e a Cultura a base da Educação”

Seja bem-vindo (a) e faça uma boa pesquisa.

sexta-feira, 1 de abril de 2022

- Os Magnatas

 A História dos Magnatas!!! 

Por Sérgio Lapolli

Um Conjunto, um Grupo, uma Orquestra que deixou sua marca e muita  saudade na história de Blumenauu!!!



Foto do arquivo pessoal Waldir Annuseck
Em 13 de Junho de 1943, nascia em Blumenau Waldir Annuseck.

Foi um bom aluno na escola Primária, e, na juventude começou a Paixão pela música.

Foi aluno do Professor Rudy Beckauser,   aos 18 anos serviu o exército brasileiro onde em paralelo começou sua carreira de mais de  50 anos de musico de bandas de Baile.

Mesmo com esse tempo todo de músico, colaborou profissionalmente em apenas duas Bandas.

A primeira foi:

Lindolfo e Seu Conjunto, do início dos anos 60 até março de 1969,  quando a banda encerrou suas atividades.

Foto do arquivo pessoal Waldir Annuseck

Participaram do conjunto além do Waldir,
músicos como, Luisinho Deschamps, Pedrinho, Corsini, Loos, Alberto de Oliveira (Fininho), Dirceu e o Lindolfo, líder do conjunto.

Em 15 de Março de 1969, algumas semanas depois da extinção de Lindolfo e seu conjunto, Waldir Annuseck liderou alguns músico da Região  e fundou o Conjunto,  Os Magnatas.

A primeira apresentação do Conjunto foi em 27/04/1969 em um baile do Caça e Tiro Itoupava Norte.

Foto pessoal do arquivo Waldir Annuseck.

Na primeira formação do conjunto participaramWaldir (líder e tecladista) Pedro Paulo da Silva na Bateria, Vicente Reis na percussão, Dico no Saxofone, Borba no trombone, Rubens Giese no Contrabaixo e Celso Marloch na Guitarra. 

Celso Marloch 

Um dos maiores guitarristas que Blumenau já viu. Foto pessoal do arquivo Waldir Annuseck.

Muitas formações e diferentes estilos fizeram a história  dos Magnatas.

Estes são as mudanças de  Identidade do Grupo Musical.

Os Magnatas , que já vimos (Na sua fundação)

 Grupo Magnata ( Final dos anos 1980) Foto pessoal do arquivo Waldir Annuseck.
Silvio Evaristo (guitarra e voz); Décio, Saut (guitarra solo e voz); Waldir Annuseck (teclados); Sérgio Lapolli (baixo e vocal); Odair Frainer (bateria); Silvério Krause (sax tenor e voz).
Foto pessoal do arquivo Waldir Annuseck.
Luizinho Deschamps; Marcos Annuseck; Silvio; Sérgio; Heitor; Santana; Cláudio; Luperce; Borba; Waldir Annuseck.

 Magnata Orquestra (Nos anos 1990 até a última  apresentação em 1998)

Magnata Orquestra foi com certeza, difusora de alegria e boa música, nos quase 30 anos de atividades, nas 1500 apresentações que somam 7.500 horas, de alegria e emoção nos bailes, Soirées, Festivais e Oktoberfest's , em toda a América do Sul. 

CD de 1995 – Magnata Orquestra, produzido Phoenix Productions e me presenteado pelo amigo de infância, Clério José Ribeiro.

Esta é uma relação de músicos que em algum momento fez parte como músico profissional dos Magnatas.

" Sem eles, não teríamos esta história para contar"

Carol Lapolli, Celso Marlock ; Cláudio  Baumann; Décio Saut; Dilson Lino; Erminio; Everson Paladini; Heitor Metzqer; Henrique Jacob Bento; Inacio;Joaquim Branco; José Luiz Dias de Souza(Zecão) ; José Henrique de Borba; Silvio Jair Evaristo; Kelly Cristina; Lino Vieira; Leoni Ramos Nego; Luperce lobo; Luis Fernando (Luisinho); Marcos Annuseck Zizo; Marcos Nowatzki; Marquinhos (Piston); Mauri; Odair Freyner; Osni Siebert; Osni (piston); Pedro Paulo da Silva (Pedrinho); Rubens Giese; Saturnino Travasso; Sérgio krause; Sérgio Lapolli ; Silvério Krause; Valcinio Dias (Valdir Rosario); Valdelino Simas (Dico); Waldir Annuseck; Vicente Reis; Luis Deschamps; A última apresentação da Orquestra Magnatas foi no final de 1998.

Texto e arquivos enviado por Sérgio Lapolli. 

24 comentários:

Unknown disse...

Eu, como ex componente da Magnata Orquestra, fiz um levantamento sobre os casamentos tocados pela Orquestra.
Incríveis 68% dos casais, cuja festa de casamento participamos, animando a festa, se separaram.
Em resumo...
Foram cerca de 270 festas de casamento, resultando perto de 180 separações.
Um abração a todos.
Espero que você não esteja nesta estatística.
Sérgio Lapolli

Milton Carlos Brasil disse...

Participei de muitas festas tocadas pelos Magnatas em especial no Clube de Subtenente que marcava-mos ponto nos domingos. Inesquecíveis. Parabéns 👋👋

Leandro disse...

Leandro Ilmo Buelck
Show parabéns

Djalma disse...

Djalma Fontanella
Fui alguns bailes e soires com eles

Anita disse...

Anila Rutzen
Show esse conjunto.

Geraldo disse...

Geraldo Pfiffer
Abrilhantaram muitos bailes na região. Orquestra sensacional. Só saudades.!!

Maria Lucia disse...

Maria Lucia Moreira Zanis
Linda lembrança , muito obrigada pelas belas recordações , Deus abençoe muito vc e sua família senhor Adalberto Day

Maqui disse...

Magui Probst
Dancei muito com essa orquestra. Divino

Marli disse...

Marli Seibel
Muito bom grandes bailes e tardes dançantes

Araci disse...

Araci Willi Kraft
Nossa como dancei os bailes com este conjunto.

Zuqui disse...

Meu caro Adalberto! Sobre esta matéria não tenho muito conhecimento, mas sempre é bom aprender, e hoje conheço uma das melhores orquestras que já existiu. Parabéns,mais um excelente texto

Wieland Lickfeld disse...

Felicitações ao Sérgio Lapolli pela sua postagem no blog do amigo Adalberto! O Grupo Magnata é uma omissão incompreensível da saudosa Profa. Edith Kormann em sua compilação de quatro volumes da história de Blumenau, na qual faz referência a diversos grupos musicais de décadas passadas. Há menções a músicos que fizeram parte dele, como os irmãos Krause, mas não ao grupo como tal. Ela cita diversos grupos filiados à Ordem dos Músicos do Brasil. Se esta foi sua fonte e o Grupo Magnata não era filiado à Ordem, esta poderia ser uma explicação à citada omissão. Do estimado Waldir Annueck adquiri, creio que em 1987, minha primeira guitarra, uma Giannini Super Sonic. O sobrenome Frainer é conhecido na cena musical. O 'Conjunto Frainer Pai e Filhos', de Rodeio, abrilhantou muitos bailes e eventos em nossa região, inclusive os festejos do Centenário de Blumenau, em 1950. Grande abraço!

Werner disse...

Werner Annuseck
Waldir, foi meu primeiro professor de aulas de acordeão, adolescente ainda, ia de ônibus do Garcia até a antiga fábrica de Gaitas Hering, e o restante caminhando até sua residência.

Francisca disse...

Francisca Santiago
Ótima banda . Dancei muitos bailes

Catarina disse...

Catarina Tecla Mistura
Era um tempo de bons divertimentos, e bailes em família, era bom demais. E o conjunto sem comentários, ótimo...

Sérgio disse...

Sergio Cunha
Naquela época, 1969, e mesmo antes, 1965, muitos bailes e Soirres nas tardes de domingo, também no Salão da Artex, organizados pelo Sr. Mário Müller, presidente do América Esporte Clube, que não média esforços para realizar as tardes dançantes e contratar as Bandas. Além dos Magnatas, outras bandas também abrilhantavam as danças, a recordar, Erinho e sua Orquestra, Banda 4° Redenção e outras mais. O modesto time do América Esporte Clube quando jogava, usava o campinho do Sr. Bernardo Rulenzki tornando-se mais tarde, Associação Artex.

Ademir disse...

Ademir Bento
Adalberto, me lembro bem dos Magnatas. Meu irmão Henrique Bento também fez parte dessa banda por algum tempo. Fazia dupla de trompete com o Heitor. Cheguei a ir umas duas ou três vezes assistir aos ensaios lá na casa dos pais do Valdir Annuseck. Próximo ao cine Mock!

Jadir disse...

Jadir Booz
O tempo bom, bailes no Centenário e caça e tiro Jordão.

Germano disse...

Germano Krueger
O Adalberto com essas recordações mata a gente do coração, mas como diz o poeta recordar é viver então vamos viver. Obrigado Adalberto um abração Germano Krueger

Leal disse...

Recebi e agradeço.
Parabéns, pelo resgate da história desse excelente grupo musical.
José JLeal

José disse...

José J Jose Massaneiro
Obrigado Alfabeto por sempre nos trazer essas belas lembranças que Deus abençoe vc e sua família

Ivo disse...

Ivo Lemke
Isso dá uma saudades de Blumenau, os magnatas eram bons de mais, Edinho e sua orquestra, maravilhoso

Moacir disse...

“Lembro-me quando estava entre o Pavilhão A, ou seja,
a PROEB, e o Pavilhão B, tinha uma Banda que estava num
intervalo, e quando começaram a tocar a música internacional.
da Banda Rubettes – Música: Sugar Baby Love, eu sai em disparada,
para ver de perto eles tocarem, sim Os Magnatas.
Eu fiquei hipinotizado pela som, pelo vocal e os Back-Vocal, deles
com esta música, eu acho que foi em 1977, ou 1978, lembro-me
do Cipó no Baixo, e a música ficou igualzinha a original, naquela
noite de Sábado, pra mim foi fantástico.”

Moacir Curbani.

Clovis disse...

Clovis Leopoldino
Tive o prazer de conhecer todos de os maguinatas, também tive o prazer de participar de Errinho e & sua Orquestra, essa semana estou em tubarão. Breve publicarei algumas fotos. Abraços.. a todos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...