"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

- Promenor

Histórico
A PROMENOR foi fundada em 23 de julho de 1974 (Prefeito Felix Theiss) na cidade de Blumenau, com a finalidade de promover e estimular a criança economicamente necessitada, num incentivo de inclusão social, proporcionando-lhe oportunidades de educação integral, formando-a e orientando-a de acordo com os princípios básicos de cidadania.
Inicialmente, uma pequena Associação de Engraxates, como entidade civil, sem fins lucrativos, desenvolveu suas atividades na garagem do prédio da antiga Prefeitura, situada no início da Rua XV de Novembro. Na ocasião, amparou 20 crianças, filhos das “Margaridas” – Mulheres Garis de Limpeza de Ruas – que necessitavam trabalhar e não tinham um local seguro para deixar seus filhos. Nesses primeiros anos de trabalho, a PROMENOR encaminhava para estágio nas empresas os alunos com idade inferior a 14 anos.
Apoio pedagógico 

Após dois anos com número bem mais elevado de adolescentes, os atendimentos passaram a ser realizados na então PROEB, local que atualmente é ocupado pelo parque Vila Germânica. Com as enchentes de 1983 e 1984, a PROMENOR teve que, novamente, mudar sua sede, pois o local havia sido atingido e apresentava-se sem condições de uso.
Precisando, portanto, de outro local para abrigar seus alunos, solicitou a Paróquia São Paulo Apóstolo, situada no centro da cidade, que cedesse parte das dependências do Salão Paroquial Porta Aberta o que, na ocasião, foi prontamente atingido, considerando a importância do trabalho então realizado. Até 25 de fevereiro de 1986, o Salão Paroquial serviu de sede para a entidade. A partir dessa data, houve a mudança para a sede própria, construída na Rua Humberto de Campos, 170, no Bairro da Velha.
A partir de então, a Entidade passou por várias reestruturações no que diz respeito ao sistema de atendimento. A comunidade blumenauense, que delineava um novo perfil no que se refere ao atendimento à criança e ao adolescente, passou a encaminhar ao estágio laborativa também os alunos maiores de 14 anos.
Oficina de escultura

Em 1993, houve cessão por parte da ABAM das instalações na Rua Araranguá e a SEMED assume a direção das atividades neste local.
A partir de 1997, a Entidade observou que, dentro do município, outras necessidades de atendimento às crianças e adolescentes haviam surgido. Com alterações na rede regular de ensino, as crianças de 6 anos, que já iniciavam a pré-escola, ficavam sem atividades no outro período, uma vez que as creches não podiam mais ser frequentadas por essa clientela. Assim, a PROMENOR reformulou-se e passou a atender crianças a partir dos 6 anos de idade e não mais a partir dos 7 anos.
As crianças e adolescentes eram integradas em diversos programas (oficinas), em horários opostos ao escolar e, para a admissão dos mesmos na Entidade, era fator decisivo a assiduidade escolar. Eram atendidas crianças e adolescentes oriundos de todos os bairros do município. Entretanto, em cumprimento as exigências do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), somente eram encaminhados ao estágio laborativo os alunos maiores de 14 anos.

 Projeto  Atletismo
Em 1997, ocorreu o surgimento da unidade II da PROMENOR. Para ampliação das atividades, foi reformado o prédio de propriedade da Associação Blumenauense de Amparo ao Menor (ABAM), localizado na Rua Araranguá, 648, no Bairro Garcia. Em 04 de abril de 1998, houve sua inauguração. Essas instalações foram cedidas à PROMENOR por meio de um contrato de comodato com a ABAM. 
Projeo Basquete 
Em meados de 2001, iniciou-se uma nova fase para a PROMENOR, situada no Bairro da Velha quando, em novembro de 2001, houve a inauguração da nova sede da Entidade que conta com 3.336,55m² de área construída, em espaço organizado para bem receber e atender as necessidades dos alunos. A nova sede da PROMENOR situava-se na Rua Itapiranga, 368, no Bairro da Velha, sede que abriga atualmente a Fundação Pró-Família.
Como a PROMENOR situava-se num ponto estrategicamente comercial, o seu prédio foi cedido para a construção de um supermercado, instalando-se na sua atual sede, na Rua Itapiranga, 368, a partir de novembro de 2001.
Projeto dança

Em 2005, sentiu-se a necessidade de transformar a PROMENOR que era uma ONG em uma Fundação Pública (OG) para melhor gerenciar o dinheiro público e também para aumentar o atendimento da Entidade. Portanto, a partir desta data a Fundação do Bem-Estar da Família Blumenauense – Pró-Família atende crianças, adolescentes, os grupos organizados de voluntários (Clubes de Mães) e a Terceira Idade.
A primeira presidente da PROMENOR foi a senhora Murita Úber que dirigiu a Entidade até meados de 1978. Na Gestão do prefeito JPK, a  presidente foia senhora Patrícia Kleinübing.
Projeto Flauta e Teclado
A Fundação Pró-Família foi criada pelo prefeito municipal, Sr. João Paulo KLeinübing, por meio da Lei Complementar nº 515, de 18/3/2005. O objetivo geral da Instituição é promover o bem estar da família blumenauense por meio dos programas da criança e do adolescente, da terceira idade e voluntários em grupos organizados, orientados pelas políticas públicas a cada público alvo, no que diz respeito ao desenvolvimento e promoção humana. Dentre os programas da criança e do adolescente, é propiciado o acesso às atividades que contribuem para o processo de desenvolvimento dos mesmos que estão em situação de risco social ou com situação econômica comprometida.
Em Janeiro de 2007 passou a ser administrada pela Secretaria Municipal de Educação com denominação de Jornada Ampliada que viabilizou equipe técnica pedagógica, docentes e estrutura física disponibilizando as crianças e adolescentes um atendimento educacional de qualidade.
Projeto Judo

Em 17 de junho de 2008 a convite do Secretário Municipal de Educação Dr Maurici Nascimento assumiu a direção da referida Instituição a pedagoga Maria Luiza Oliveira Machado, a qual reformulou em parceria com a Secretaria Municipal de Educação toda a estrutura física e pedagógica. Neste período a Secretaria Municipal de Educação encaminhou a Instituição sugestões de três nomes que através de votação, deveriam ser escolhidos pelos alunos, surgindo assim, o Centro Municipal de Ampliação do Tempo e Espaço Pedagógico da Criança e do Adolescente – CEMATEPCA.
O Centro Municipal de Ampliação do Tempo e Espaço Pedagógico da Criança e do Adolescente – CEMATEPCA, está localizado na área central do bairro Ribeirão Fresco (Beco da rua Araranguá).
Paradoxalmente, nesta região, existem poucos espaços Institucionais disponíveis para atender o número significativo de crianças, sendo que o referido centro comporta a oferta deste serviço. 
O Centro atende aproximadamente 500 crianças e adolescentes oriundas de diversos bairros de Blumenau, com idade entre 06 a 14 anos. O acesso se dá através da matrícula e rematrícula durante o ano letivo e no final do mesmo. O horário de atendimento no período matutino é das 7h30min as 11h30min e no período vespertino é das 12h30min as 16h30min. È oferecido duas refeições diárias em cada período e vale transporte. O referido Centro desenvolve Projetos Educacionais com duração de 60 minutos cada modalidade, sendo os seguintes: Apoio Pedagógico(alfabetização, inglês, matemática, língua portuguesa e hora do conto), Atividades Esportivas (atletismo, basquete, futsal, futebol de areia, psicomotricidade, capoeira, ginástica artística, recreação e judô), Atividades Artísticas (teatro, artes visuais, dança contemporânea, percussão e coral). Os recursos utilizados para o desenvolvimento dos Projetos estão contemplados com materiais esportivos, pedagógicos e tecnológicos. Muitas das crianças e adolescentes que participam do Programa são de famílias em situação de vulnerabilidade social, tornando o nosso compromisso maior na compreensão das questões educacionais e sociais.
Diante das ações que a Jornada Ampliada vem desenvolvendo o nosso grande desafio é o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – (PETI). O mesmo é um dos Projetos Sociais do Governo Federal Brasileiro, concedido em 1996 pela Secretaria de Estado de Assistência Social vinculado então ao Ministério da Previdência Social e de acordo com o art. 136 do Estatuto da Criança e do Adolescente e da Lei Federal 8.069/90. Consiste em oferecer: 1º – renda às famílias (Bolsa Criança Cidadã) que tenham crianças e adolescentes envolvidos com trabalho infantil e em situação de risco social; 2º – apoio social e orientação a programas de geração de emprego e renda a estas famílias e 3º – atividades educacionais, culturais e esportivas complementares ao ensino regular, ampliando em três horas ou mais, sua permanência nas dependências da escola ou outro prédio público (denominada Jornada Ampliada). Estes objetivos são atingidos por uma rede de parcerias envolvendo diversos setores dos governos estaduais, municipais e sociedade civil.
Dulce Maria Lehnen
Diretora
FONTE: https://www.facebook.com/pg/Cematepca-413680755402508/about/
Cematepca - Centro Municipal de Ampliação do Tempo e Espaço Pedagógico da Criança e do Adolescente.
Com funciona atualmente (2017)
Fundação do Bem-estar da Família Blumenauense
E-mail: pro.familia@blumenau.sc.gov.br
Telefone: (47) 3381-6972
Endereço: Rua Itapiranga, 368 - Velha CEP 89036-230 Blumenau – SC
Presidente
Nome: Karin Zadrozny Gouvêa da Costa
 (47) 3381.6972 | 99968.9927
Missão
Promover, por meio de programas voltados à criança e ao adolescente, terceira idade e grupos voluntários organizados, o bem-estar da família blumenauense. Permitir o acesso às atividades que contribuem para o desenvolvimento da criança e do adolescente, promovendo sua socialização e o exercício da cidadania. Proporcionar à pessoa idosa proteção à vida, bem como saúde física e mental, o que contribui para um envelhecimento digno e saudável. Valorizar e promover o incentivo às habilidades manuais para voluntários dos grupos organizados e clubes de mães.
Crianças e Adolescentes
Programas Internos e Externos
A Fundação Pró-família oferece às crianças e adolescentes, com idade entre 6 e 16 anos, diversas oficinas. Este programa tem o objetivo de proporcionar lazer e a prática de modalidades como dança, capoeira, ballet, violão, judô, entre outros. Estes programas funcionam interna e externamente, atendendo toda a demanda de Blumenau.
Vale destacar que todas as atividades são gratuitas e a criança ou adolescente poderá optar por mais de uma atividade. O material pedagógico, inclusive o violão e o violino, por exemplo, são emprestados para os alunos que desejam exercitar o instrumento musical e não tem condições financeiras de comprá-lo.
Além das oficinas internas. Mais de 100 núcleos estão à disposição da comunidade Blumenauense, atingindo 29 bairros da cidade.
Mais informações por meio do telefone (47) 3381.6973 ou e-mail profamiliaexternos@blumenau.sc.gov.br 
Adolescente Aprendiz
A Fundação Pró-família oferece a comunidade blumenauense o Programa Adolescente Aprendiz. O projeto visa inserir os jovens no mercado de trabalho e suprir necessidades das empresas de Blumenau, foi criado em 2005, e desde então tem proporcionado emprego a mais de 5.100 adolescentes. Hoje, são mais de 275 aprendizes e em torno de 100 empresas parceiras.
O programa Adolescente Aprendiz oferece os cursos Aprendiz em Serviços Administrativos, Aprendiz em Alimentação, Aprendiz Auxiliar de Produção e Aprendiz Assistente de Vendas a jovens entre 14 e 18 anos incompletos.
Nossa estrutura se encontra no prédio do Pró-adolescente, localizado na rua Jacó Brueckheimer, 370 - Velha, que funciona das 8h às 12h e das 13h às 17h30. É necessário que o adolescente resida no município de Blumenau e esteja frequentando a escola.
SEJA UMA EMPRESA PARCEIRA
O Programa Adolescente Aprendiz oferece uma série de vantagens, tanto aos adolescentes como às empresas participantes. Os aprendizes têm garantia de todos os benefícios previstos a empregados, como registro na CTPS, vale transporte, FGTS entre outros. Além disso, têm a oportunidade de crescer profissionalmente e adquirir experiência para futuros empregos. As empresas, por sua vez, recebem o Selo Empresa Amiga do Aprendiz, que é concedido a quem oportuniza o trabalho dos adolescentes.
Fotos da entidade.
Colaboração Carlos Braga Muller e Dalva Day 

11 comentários:

Nillton Sergio Zuqui disse...

Meu caro Adalberto,
Lembro muito bem dá PROMENOR,hoje podemos falar que ,com tantas mudanças, ajustes entre outros a atual entidade faz sim um trabalho sério. Sei pois minha mãe fez parte da família "pro-familia " como ela costuma falar, é sem dúvida um dos legados bons que o poder público deixa para comunidade. Parabéns pelo texto, riquíssimo em detalhes.

ARLETE TRENTINI DOS SANTOS disse...

Sr Day mais um grande artigo informativo.
Um trabalho assim que ajuda a formar pessoas melhores e já vai capacitando os jovens para um futuro melhor.
Isso deixa a cidade mais enriquecida e humanizada.
Esses projetos podem ser copiados porque mostraram bons resultados. Parabéns a todos os envolvidos.Como é bom saber que as boas sementes continuam a germinar e a dar frutos.Muitas das crianças agora são adultos responsáveis.Isso é uma benção.
Abraços gasparenses.

Anônimo disse...

Tenho muito orgulho por ter sido aluno da Promenor.
Minha vida profissional iniciou lá.

Jairo disse...

Bom dia seu Adalberto.

Tenho muito orgulho em poder dizer que minha vida profissional começo na Promenor.
A Promenor e eu nascemos juntos, no mesmo ano (1974) e foi lá que aprendi o valor do trabalho ao ser encaminhado para trabalhar como estagiário na Prefeitura velha, onde aprendi muito com o seu Germano e seu Celso.
Lá eu fazia a escala de trabalho para os senhores que limpavam as ruas de Blumenau e tomava conta de uma máquina de datilografia para fazer vários documentos.
Costumo dizer que dificilmente alguém teve a oportunidade de trilhar os mesmos passos que eu, pois saí de estagiário e fui alçado ao mais alto cargo que um servidor de carreira pode chegar sem depender do voto, haja vista que 1º escalão faz parte do quinhão partidário político onde um servidor de carreira com trajetória técnica (vindo desde os primeiros cargos) dificilmente chegará.

Abraço e sucesso.
Jairo Santos

sergio luiz buchmann disse...

Bom da! Professor Adalberto! Sempre brilhante na historia,e ótima informação.Seja amável com todas as pessoas, especialmente com você!Frase que diz um pouco de tudo o q a Promenor fez ao longo dos anos,ajudando tantas famílias,e ajuda até hoje!Conheci vários meninos que participavam da Promenor. E que lhes serviu de aprendizado o que os fez se tornarem Homens com caráter e preparados pra vida, como citou Jairo em seu comentário. E ate os dias de hoje continuam fazendo o bem sem olhar a quem. Parabéns a vc pelo texto,e as pessoas que mantem vivas,os ensinamentos que talvez muitos deles aprenderam no inicio dessa linda Promenor através dos anos! Abraço!

Lourival Barreira disse...

Caro amigo Adalberto Day.
Tudo começou pela bela iniciativa do Prefeito Felix Theiss ao inaugurar o projeto "PROMENOR" em prol das crianças menos favorecidas da cidade de Blumenau. Hoje se tornou um dos projetos mais eficazes da administração pública, com uma abrangência não só para as crianças, bem como, aos adolescentes, no sentido de dar um ensinamento a formação profissional de muitos e muitos blumenauenses. Caro amigo Adalberto, tive o prazer de conhecer o Sr. Irineu Theiss, que foi Vice Presidente do Grêmio Esportivo Olímpico de Blumenau, durante o período em que atuei pelo Olímpico em 1964/1965. Penso que pelo sobrenome deve ser parente do prefeito que teve esta feliz iniciativa do projeto "PROMENOR", mesmo porque, o Sr. Irineu Theiss é uma pessoa boníssima, de fino trato, muito cordial e muito fraterno, só poderia ter iniciativa tão generosa e senso humanitário.
Parabéns pela matéria.
Um abraço.
Barreira.

Edimar disse...

A edificação estava localizada onde hoje é o BIG... A maioria das crianças atendidas pelo programa são hoje pessoas de bem e bem sucedidas na vida...
Edimar Otto Schreiber

Anônimo disse...

Parabens ao ilustre ex Prefeito Felix Thais, feliz por plantar a sementinha so não tem o prazer duma arvore frondosa cheia de frutos progressivo, abraços, Valdire ver

Valdir Salvador disse...

Desculpe o Anonimo acima é Valdir Salvador

Juliana disse...

Olá boa tarde ,

me chamo Juliana Schumann Hess , meus avós viveram em Blumenau . Meu avô foi o Chico balseiro .
Eu li a carta sobre a emigração de uma família para Blumenau e me emocionou muito . Eu moro na Alemanha agora e estou fazendo um trabalho sobre a emigração dos alemães para o Brasil .
Você teria esta carta em alemão? acho interessante para imprimir e distribuir para meus colegas de classe lerem , a carta é tao leve , tao bonita .

Gostaria de parabenizá-lo pelo blog , muito obrigada !

Atenciosamente
Juliana

Juliana disse...

Muito obrigada Adalberto por toda sua gentileza.
Nós estamos em contato já ! Fico imensamente grata .
Muito bonito seu trabalho , muita inspiração para o Senhor e tudo de ótimo .

Schöne Grüße aus Deutschland

Juliana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...