"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

- Necrológio Irmã Martha Kunzmann

Necrológio Irmã Martha Kunzmann
Casa - Schwester Martha Kunzmann e sua bicicleta
Esta casa ainda se encontra no local, na Rua Amazonas, 4075 nos fundos da Padaria e Confeitaria Ki-Baguetti. Schwester Martha Kunzmann, (carinhosamente chamada pela comunidade de “O Anjo Branco”) que além de parteira era muito popular, devido a prática de caridade e espiritualidade, sem distinção de confissão religiosa. Com sua bicicleta (em outubro de 2004 este tão importante patrimônio que tanto significou para a comunidade Garciense, foi roubado) se locomovia para atendimento em diversas localidades do bairro. Depois a substituiu por pouco tempo Frieda Claus”. Este local era conhecido como “Kindergartenschwester” (Irmã de Jardim de Infância) em 1935 foi contratada especialmente para dar início aos trabalhos junto ao jardim de infância, que em sua origem era semelhante a uma escola, Schwester Martha Heimmuhle. A partir de 1961 com o nome definitivo de “Jardim de Infância Dr. Blumenau” sito a rua Amazonas nº 4075, de propriedade da Igreja Bom Pastor – paróquia Garcia Rua Amazonas nº 3839. A primeira presidenta desta sociedade foi a Sra. Else Huber esposa de um dos fundadores da Artex, Sr. Otto Huber.

NECROLÓGIO IRMÃ MARTHA KUNZMANN
Necrológio: Texto geralmente elogioso, escrito ou falado sobre pessoas falecidas, elogio fúnebre, parte de uma publicação periódica onde se noticiam falecimentos. Obituário.
Obs.: o que está entre colchetes, não consta no original, são acréscimos meus para esclarecimentos.
Tradução: Osmar Hinkeldey presidente da Paroquia Bom Pastor do Garcia.

                                                            Jesus Cristo diz:  “ [Não temas; eu sou o primeiro e o último] e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno”
                                                           Apocalipse 1,18

No domingo da Páscoa nossa Irmã Diaconisa Martha Kunzmann
foi chamada por Deus para a Sua paz.

Irmã Martha nasceu em [11/10] 1901 em Eisingen/Baden num vasto círculo de irmãos.
Dois anos após sua formação como parteira, ela entrou em 1929 como estagiária na Casa Matriz de Wittenberg e seis meses depois foi enviada para o Brasil onde assumiu uma missão em Blumenau.
Após cinco anos, obteve as primeiras férias, retornou para Wittenberg e ali em abril de 1936 foi instalada como diaconisa e recebeu a bênção.
Em outubro do mesmo ano retornou para Blumenau.
Durante o período da guerra trabalhou no Brasil e aqui entrementes soube que a Casa Matriz de Wittenberg foi assumida pela Casa Matriz Kaiserswerth, sendo que seu trabalho no Brasil passou a ser conduzido por esta Casa de Irmãs.
Somente em 1951 a Irmã Martha obteve novo período de férias para retornar à Alemanha.
Até 1961 trabalhou em Blumenau e então retornou à terra natal e teve que deixar o trabalho diaconal que tanto amava.
Até o início de sua aposentadoria a Irmã Martha ainda trabalhou alguns meses em Kaiserswerth em um ambiente que congregava pessoas aposentadas, antes de retornar a sua Comunidade natal.
Também ali na sua Comunidade natal permaneceu ativa por mais alguns anos, até sua aposentadoria definitiva.
Só podemos supor o quão rica e realizada esta Vida chegou ao seu destino.
Deus conduziu amigavelmente a Irmã Martha e misericordiosamente a protegeu de uma enfermidade prolongada.
Juntamente com seus parentes estamos de luto e sabemos que a Irmã Martha está junta com o Cristo ressuscitado.

                                                 Em nome da Casa das Irmãs

O funeral será na quarta-feira dia 14 de abril de 1982 no Cemitério da cidade natal.
                                                
 ( assinado )  

Kaiserswerth, 13 de abril de 1982
 
AGG - Ambulatório Geral Schwester (Irmã) Marta Elisabetha Kunzmann
... e todas as luzes ... se acenderam ...
O dia 12/Setembro/2008 ficará gravado na história deste nosso Grandioso Bairro e as solenidades e festividades deste presente momento representará, simbolicamente, todo um grande período de uma época com toda uma somatória de fatores, de acontecimentos, de movimentos, de desempenho, de coragem, de mobilização, de sofrimentos, de perseverança, de bravura, de determinação ... e, principalmente de “orgulho” - “orgulho pelo dever cumprido”, “orgulho por fazer justiça”, “orgulho pela união” ... e, “orgulho pela conquista”. 
Para saber mais acesse:
Schwester Martha Kunzmann
AGG – Ambulatório Geral do Garcia
CORAL MISTO GARCIA 
OASE – Ordem auxiliadora de Senhoras Evangélicas

5 comentários:

Nillton Sergio Zuqui disse...

Meu caro Adalberto,
Veja vc, sempre falo da importância de ler seus textos,ou por seus colegas escritos. Neste então colégio(jardim Dr. Blumenau)foi onde meu filho hoje com 26 anos iniciou sua alfabetização aos 6 anos de idade até ir para o extinto colégio Dr. Blumenau após o posto MC a esquerda sentido centro. Eu sabia que o referido jardim era administrado por luteranos, hoje após ler seu texto muitas coisas se encaixam, a conduta do jardim um tanto quanto rígida,muito organizada,e de primeira qualidade para época. Parabéns mais uma vez.

sergio luiz buchmann disse...

Boa tarde Prof Adalberto! Schwester Martha Em minhas lembranças Lembro bem de muito citado no texto. Toda a população do grande Garcia lembra de Schwester Martha e seus feitos por toda a comunidade da região,com seus gestos de solidariedade,e lindos trabalhos prestados a comunidade.Nada + justos a Homenagem. Mesmo com o Jardim de Infância Dr. Blumenau ter esse nome muitos de nós o chamávamos de Jardim Schwester Martha. “O Anjo Branco” Quantos desses ainda temos? Não que não temos e os que existem vem na forma de entidades,e grupos de abnegados que com muito custo conseguem manter-se e ajudar ao próximo.EXEMPLO:REDE FEMININA DE COMBATE AO CÂNCER,Citei esse tbm em homenagem a Outubro Rosa rs.E temos outros que commuito custo sobrevivem. Obrigado Prof por sempre nos trazer belas lembranças que nos servem de aprendizado.Grande abraço!

Jairo disse...

seu Adalberto.

Essa teve a graça de ajudar por 81 anos.


Abraço.
Jairo dos Santos

Henry disse...

Adalberto e Osmar
Primeira interferências.
Sim, o verdadeiro ANJO da RUA AMAZONAS 4075, meu nascimento, o parto de minha MÃE, ELY SPRING, foi pelas mãos desta SANTA Senhora, SCHWESTER MARTA, na Rua Emilio Tallmann +- número 2329, nasci por FÓRCEPS, com auxílio deste abençoado ANJO. Sem nenhum trauma. GRACAS a DEUS.
Segunda interferência.
E em fevereiro de 1957, novamente por intermédio deste ANJO, fui salvo.
Tinha contraído febre TIFOIDE em uma viagem realizado para casa de meus avós paternos na localidade de Serra Vencida, município de Presidente Getúlio S C.
Fui hospitalizado e o médico Dr. Balsine ( não sei mais qual hospital o mesmo prestava seus serviços) informou aos meus país, que infelizmente a febre estava muito alta e não havia mais recurso disponíveis para poder auxiliar.
Então fui trazido para casa (daí já na Rua ACRE 39) bem em enfrente a casa onde residia SCHWESTER MARTA, foi então quando meu segundo anjo da guarda chamado SCHWESTER MARTA, novamente entra em cena.
Mediante do relato de Dr, Balsine, informaram a SCHWESTER MARTA, quando ela categoricamente diz, não este menino não vai morrer, vamos o fazer vomitar, com isto ele manterá úmido o intestino e não permitirá que com a febre, fure ou cole as entranhas ( tripas).
Minha Mãe deveria fazer um mingau, para eu ter que ingerir e após através da introdução de uma colher de pau vomitar, assim foi feito várias vezes enquanto meu pai fosse buscar auxílio em outro médico.
Foi quando meu pai usou os serviços de um taxista da época conhecido como Marreco, (um Ford 1951) este informou ao meu pai que no Hospital Santo Antônio havia um médico muito bom que cuidava de crianças Dr, Telmo, então retornado com taxista Marreco para nossa residência.
Neste interim SCHWESTER MARTA atuava com seu conhecimento prático e auxiliado por minha Mãe e eu vomitando.
Fui levado as Mãos de mais um profundo conhecedor, DR TELMO, chegando lá com uma febre de + de 40 graus, colocado em uma banheira com água corrente e gelo, (aquelas pedras barras para refrigerar bebidas, da época, 10 cm, x10cm x45cm. por volta das 19 horas até +- 4 horas, da manhã seguinte, quando a febre então começou reduzir, finalmente então fui medicado.

É hoje graças a meu segundo anjo da GUARDA, SCHWESTER MARTA, com auxílio de Dr. TELMO, estou aqui para relatar este fato.
Que DEUS tenha amou seu lado e junto com JESUS este ANJO.

Termino aqui, pois estou aqui muito emocionado, de lembrar este fato.
ABRAÇOS,
Henry Georg Spring

Fix Serviços e Reparos disse...

Linda história de vida e um exemplo a ser seguido de perto, acredito que a senhora Martha Kunzmann inspirou e ainda vai inspirar muitos a seguir uma vida de doação em prol do seu próximo.

Não acreditei que alguém roubou a bicicleta o qual foi tão bem usada durante anos.

Parabéns Adalberto, nosso guardião da história de Blumenau.

Abraço,

Osmar Gonçalves Filho
http://fixblu.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...