"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

- As primeiras escolas em Blumenau

A Escola Nº 1, ao contrário que muita gente pensa, não foi a primeira escola de Blumenau. Acompanhe o texto do jornal de Santa Catarina de setembro/2000 e saiba mais.
As primeiras Escolas em Blumenau
Apesar de toda dificuldade dos colonizadores, Blumenau também foi berço de um grande número de educandários. Já nas primeiras levas de colonos a chegar a colônia, aparece também o primeiro professor da cidade. 
No dia 3 de junho de 1852 desembarca Fernando Ostermann, 26 anos. Além da área central, duas tardes por semana ministrava aulas também à população ribeirinha. A educação dos colonos era uma das prioridades do fundador.
Em 1862, ficou pronta a casa d’escola, a primeira escola do município. O espaço foi criado pelo pastor Oswald Hesse (Foto) na colina onde atualmente está a Igreja Evangélica-Luterana. Sua primeira turma de alunos contava com 38 integrantes. Dois anos mais tarde, fez-se mais uma escola, em separado, especialmente dedicada ao aprendizado das meninas. Foi erguida no local onde mais tarde foi instalada a agência dos Correios, na Alameda Rio Branco. Então, as duas eram as únicas escolas públicas na zona de colonização.
Porém, a escola conhecida como a nº1 de Blumenau se localiza na Itoupava Central.
O nome (nº1) vem do fato da região ter sido dividido em lotes, nas quais eram construídos os prédios de interesse da comunidade. O número 1 foi destinado à escola, o 2 à igreja, o 3 ao cemitério e assim por diante.
Ninguém sabe ao certo, quem construiu o prédio, até hoje conservado pelo município. Acredita-se que tenha sido o engenheiro alemão Heindrich Nicholas Passold, que viveu na cidade entre 1860 a 1877, quando faleceu. Seu túmulo está inclusive no cemitério localizado atrás da edificação.
Construída em 1870, no local funcionava uma das três primeiras escolas da Colônia Blumenau, a Escola Nº1 da Itoupava Central, e a igreja da região. Em 1992 a construção foi restaurada para sediar um museu, o qual funcionou por alguns anos. A Fundação Cultural de Blumenau restaurou o prédio novamente em 2001.
Como estas não existem mais, a antiga escola Santo Antônio de 1877, atual Bom Jesus é a mais antiga em atividade. 
MESTRE DE TANTAS GERAÇÕES 
Frei Odorico Durieux (foto) atuou por mais de 40 anos no Colégio Santo Antônio em Blumenau.
História 
Com a criação do Colégio Central de São Paulo, em 1877, pelo Padre Jesuíta José Maria Jacobs (foto no alto das escadarias da  Igreja), as preocupações com um ensino solidamente mais completo pareciam não encontrar mais lugar em meio aos imigrantes. Contudo, as diferenças religiosas entre uma comunidade, constituída basicamente por imigrantes de formação luterana, e um colégio de orientação católica começaram a se tornar conflitantes para as comunidades envolvidas.
O Bom Jesus Santo Antônio iniciou suas atividades em 1877 (na época, com o nome de Colégio Santo Antônio), tendo uma classe de apenas 16 alunos, filhos de imigrantes residentes na colônia de Blumenau e de outras localidades da região. Ao longo dos anos, expandiu-se, tanto física quanto pedagogicamente, e transformou-se no que é hoje, um dos mais importantes estabelecimentos escolares de Santa Catarina. Em 2000, com a união dos colégios franciscanos, passou a fazer parte da Associação Franciscana de Ensino Senhor Bom Jesus.A metodologia do Bom Jesus Santo Antônio prima pela participação do aluno em sala de aula, utilizando-se de atividades contextualizadas que despertem o interesse e facilitem o processo de construção do conhecimento. O Bom Jesus Santo Antônio também é uma escola que acredita na formação do estudante como cidadão e ser humano, além de preocupar-se com a tecnologia e o desenvolvimento das melhores práticas pedagógicas. Um dos principais projetos da escola é o Projeto Virtudes, que desperta o educando para os valores humanos em todas as séries da Educação Infantil ao Ensino Médio. 
Arquivo de Adalberto Day 
Para saber mais sobre outras escolas acesse:

7 comentários:

Nilton Sergio Zuqui disse...

Bom dia meu caro Adalberto,
Quão bom é vc iniciar a semana já com informações culturais sobre nossa cidade.
Seria então o nome da tão famosa rua, Pastor Oswald Hesse, uma homenagem ao criador da nossa primeira escola?
Parabéns por mais um belo texto.

ARLETE TRENTINI DOS SANTOS disse...

Boa tarde Sr Day.
Mais uma vez conhecendo um pouco da história de Blumenau através deste seu blogger que é mesmo educativo.
Parabéns.
Que Deus o abençoe com muita saúde e alegria. Abraços gasparenses.

Hercio Prust disse...

Muito bom esse texto Adalberto.
Parabéns!!!

Djalma disse...

Boa tarde. Boa postagem esta. Sabafo, dia 27 eu estava na casa de um amigo, de nome Roberto, e.estavamod justamente falando da diversidade cultural que se tornou este seu blog. Combinei com ele que iria agendar uma visita ai na sua casa, assim que der.

Claudia disse...

Adalberto
Muito interessante, sempre achei que a Schule Nº1 tinha sido a primeira da colonia.
Mas faz sentido a primeira escola ter sido no centro...
Abraço,
Claudia Siebert

Santos disse...

Amigo Beto. Obrigado por mais essa importante história do ensino em Blumenau. Muito interessante porque dirime dúvidas e esclarece fatos que muta gente ignorava. Como são importantes essas passagens do desenvolvimento de nossa comunidade.
Mais uma vez, obrigado e parabéns pelo trabalho elucidador.
E.A Santos

Valdir Salvador disse...

Beto hoje como estou muuito contente posso fazer uma brincadeirinha?; Escola n 1 ou 5 ou 6 não intereça o importante é que eu e meus irmãos tivemos a felicidade de estudar na grande escola da rua da Gloria e com a famosa Profeçora Dona Julia e suas colegas que foram professoras da época. Tenho dito. abraços Valdir Salvador

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...