"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

domingo, 4 de outubro de 2009

- Hospital Sta. Isabel de Blumenau



Desfile no dia 02/setembro/2009
Hospital Santa Isabel mais de um século  de bons serviços prestados a comunidade de Blumenau e região.
Data de fundação do Hospital Santa Isabel de Blumenau: 
História: 
O Hospital Santa Isabel começou sua trajetória com a chegada das primeiras irmãs da Divina Providência ao Brasil, em 1895. Durante os primeiros anos, praticaram a enfermagem ambulante em toda a região. Na época, o Dr. Ernst Sappelt, que trabalhava em Blumenau, pediu para as irmãs que cuidassem dos seus pacientes mais graves. Foi então que elas providenciaram um quarto para o tratamento dos doentes. Localizado dentro do Colégio Sagrada Família, aos poucos tornou-se insuficiente devido à chegada de mais doentes. Era hora de ampliar.
As irmãs utilizaram uma casa ao lado do colégio. A casa foi reformada e logo foi construída uma sala de cirurgia. Muitas senhoras da sociedade blumenauense arrecadaram fundos para pagar as despesas com a reforma e as construções. Nascia, em 4 de outubro de 1909, o Hospital Santa Isabel.
Mais tarde, o Padre Marzellus, superior dos reverendos padres franciscanos do Convento dos Franciscanos de Blumenau, observando a necessidade de ampliação do Santa Isabel, consultou seu amigo, o engenheiro Bundgens, que apresentou algumas plantas para a construção de um novo hospital.
Alunos do Colégio Sagrada Família e do Colégio Franciscano ajudaram na arrecadação de fundos para a nova construção. Mesmo durante as obras o hospital não parou de funcionar, atendendo à população da região.
HSI - 1916
Em 15 de outubro de 1916 terminava a construção do Hospital Santa Isabel, inaugurado com uma grande festa que envolveu toda a comunidade. A competência dos médicos, irmãs e enfermeiras trouxe grandes benefícios para toda a população blumenauense.
Inicialmente, o hospital contava com dois salões com 20 leitos cada, mas a partir de 1916, não parou de crescer. Hoje, conta com mais de 20 mil metros quadrados de área construída. Foi pioneiro na implantação de equipamentos e serviços como Raio-X (em 1920), Tomografia Computadorizada (1982), Angiografia Digital (1992) e serviço de Medicina Nuclear (1992).

HSI - 1953
Na festa do cinquentenário do Hospital Santa Isabel, Horst Otto Mödinger trabalhou em uma das barracas que era comandada pelo senhor Osmênio Pfau, gerente das Lojas Hermes Macedo. Era comum nas festas serem vendidas fitinhas ou outros adereços que ajudavam na renda, como esta lembrança com a foto do hospital. (Foto: Arquivo de Horst Otto Mödinger)
HSI - 1960
Em 1973 deu-se início aos trabalhos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em 1976 criou-se a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e começou o funcionamento da sala de Hemodiálise.
A história dos transplantes no hospital tem início em 1980 com o primeiro transplante renal. Os primeiros transplantes cardíacos e de fígado do estado seriam realizados em 2000 e em 2002, respectivamente, no próprio Hospital Santa Isabel.

O hospital obteve renome pela região Sul do Brasil, recebendo do Ministério da Saúde o Prêmio de Qualidade Hospitalar (Categoria Estadual), em 2001, conquistando o prêmio Hospital Best (como Melhor Hospital de Santa Catarina), em 2004, e sendo reconhecido pelo Ministério da Saúde como a melhor Comissão de Transplantes de Órgãos do país, em 2006.
Valores
Missão: Oferecer serviços de excelência em saúde, com ética, direcionados à promoção da vida, buscando inovação e aperfeiçoamento humano.
Visão: Ser reconhecida como a melhor Instituição prestadora de Serviços de Saúde na região Sul do Brasil, sendo auto-sustentável, proporcionando a satisfação dos clientes e colaboradores.
Valores: Humanização e solidariedade; carisma e espiritualidade; competência; comprometimento; inovação; ética.
O Hospital Santa Isabel se caracteriza pela liderança nos serviços de alta complexidade em Santa Catarina. Pioneirismo, infra-estrutura, atendimento humanizado e competência da equipe médica são marcas dos serviços.
Desfile em comemoração aos 159 anos de Blumenau – Médicos HSI - Dr. Marcus Vinícius Campos Rosa,Dr. Solveig Davi Machi,Dr. Joares Luiz Nogara,Dr. Walmor Belz
Foto : Artur Moser/Jornal Santa Catarina
Com uma média de 14 mil internações por ano e um Serviço de Emergência que atende toda a região do Médio Vale do Itajaí, o Santa Isabel conta com uma equipe de cerca de 700 colaboradores, além dos profissionais de serviços terceirizados, como Laboratório e Diagnóstico por Imagem. O trabalho multidisciplinar das equipes permite uma atenção a todos os aspectos da saúde do paciente, com objetivo de proporcionar uma recuperação rápida e completa.
A Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) teve sua coordenadora premiada com o troféu Destaque Nacional na Promoção de Doação de Órgãos, oferecido pelo Ministério da Saúde em 2006. O Santa Isabel também foi agraciado, em 2004, com o prêmio de Melhor Hospital Regional de Santa Catarina pela revista Hospitais Best.
Adendo 2011
Hospital Santa Isabel inaugurou, na  segunda-feira (13) junho 2011, às 10h, as novas instalações da ala de emergência. O governador Raimundo Colombo (DEM) esteve presente na  cerimônia. A reforma ampliou o espaço da área para 1,5 mil metros quadrados com serviços como farmácia, salas de atendimento de emergências, consultórios e espaço para materiais de atendimentos móveis. A unidade hospitalar e o governo do Estado investiram R$ 3,1 milhões.
As melhorias na ala de emergência começaram a ser executadas em maio de 2010. A maior parte dos beneficiados é composta por clientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que correspondem a 70% dos atendimentos feitos em abril, por exemplo. “Trabalhamos com seriedade e queremos deixar para a comunidade blumenauense um hospital humanizado e digno”, destaca a diretora geral do Hospital Santa Isabel, irmã Analuzia Schmitz.

#################
Adendo Saúde11/02/2015 | Jornal de Santa Catarina
Hospital Santa Isabel garante modelo de atendimento após mudança de administração:
Dificuldade na renovação das freiras da Sociedade Divina Providência foi o principal motivo para a mudança. O Hospital Santa Isabel terá uma nova administração e mantenedora a partir do dia 1º de abril/2015, mas o atendimento deve ser mantido sem alterações. A Sociedade Divina Providência, congregação religiosa que gerencia a casa de saúde em Blumenau, anunciou oficialmente nesta quarta-feira 11/02/15 a parceria com a Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), que assumirá também o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, e o Hospital São José e Maternidade Chiquinha Gallotti, em Tijucas.
Segundo a presidente da Sociedade Divina Providência, Irmã Enedina Sacheti, a decisão de buscar uma outra entidade religiosa para comandar o hospital veio pela necessidade de renovação. Atualmente, das 158 irmãs que atuam no Santa Isabel, 77% já possuem mais de 70 anos:
- As congregações estão diminuindo, por isso vimos a necessidade de buscar uma parceira que tenha a garantia de continuidade nos projetos do hospital. Mantendo o carisma e todo o atendimento que já era realizado pela sociedade.
Arquivo: Hospital Santa Isabel/Adalberto Day colaboração/ José Geraldo Reis Pfau/ Vivien B. Alcântara.

5 comentários:

caminha, caminhando, poetando... disse...

Prezado Adalberto,

É um prazer enorme ler este teu registro sobre o Hospital Santa Isabel, uma Casa de Saúde que, sobretudo, sabe preservar a síntese da atenção àqueles que dela necessitam, quer seja a dedicação ética ao sacerdócio de curar doenças e amenizar a dor dos que sofrem. O Hospital Santa Isabel, em que pese todas as dificuldades que assolam a saúde de nosso país, sempre foi abnegado em sua missão, diria até um exemplo de obstinação e caridade cristã.

Parabéns a todo o Corpo Clínico - meus especiais amigos - e a toda à Administração deste Hospital que ainda tem coração e não perdeu sua vocação em detrimento do tecnicismo causado pela modernidade e pela ganância do lucro.

Fico mais feliz, ainda, porque a data de hoje é duplamente especial para este mané. Primeiro por celebrarmos São Francisco de Assis e, em segundo lugar, porque Deus me concedeu o privilégio de nascer no mesmo dia.

Que Deus te abençoe,

Luiz Eduardo Caminha
médico

Seu Luiz disse...

Caro Adalberto,

Parabéns pelo artigo. O hospital Santa Isabel faz parte da história de Blumenau e Santa Catarina. Parabéns a Direção, Corpo Clínico, funcionários e colaboradores do Santa Isabel.

Abraços

harry disse...

nao tenho boas lembranças desse hospital assim como eu muitas familias tambem sairam indignadas pelo pessimo tratamento no setor de enfermagem.

José Alfredo Schierholt disse...

Pois, não está fácil encontrar dados biográficos de Dr. Antônio Haffner. Veio da Alemanha para o Brasil,em 1923, estabelecendo-se em Marques de Souza e Lajeado, para onde atraiu seu colega Dr. Roberto Fleischhut, em 1924. Entretanto, em 1925, Dr. Haffner adoeceu e mudou-se para Blumenau, onde deve ter levado uma vida consagrada à saúde da população, pois é homenageado com nome de rua. Em 1951, Dr. Roberto e esposa Carolina tentaram fazer-lhe uma visita, mas Carolina teve o mal súbido durante a viagem de avião, vindo a falecer na Praia da Cabeçuda, SC. Procuro dados de Dr. Antônio Haffner.
Grato.
José Alfredo Schierholt
schierholt@gmail.com

ARLETE TRENTINI DOS SANTOS disse...

BOM DIA.
MAIS UM TRABALHO BRILHANTE SR ADALBERTO.
ACOMPANHAR AS ANTIGAS INSTALAÇÕES E VER AGORA O HOSPITAL E GRATIFICANTE.
E NO DESFILE EM COMEMORAÇÃO AOS 159 ANOS DE BLUMENAU VIMOS TAMBÉM O NOSSO MEDICO E AMIGO DR WALMOR BELZ E ASSIM COMO ELE, OS OUTROS MEDICOS QUE TAMBÉM DEMOSTRAVAM UM GRANDE ORGULHO AO DESFILAR.

VIDA LONGA A ESTE HOSPITAL E A TODOS OS MEDICOS.E AOS IDEALIZADORES DESTA OBRA O NOSSO RECONHECIMENTO E GRATIDÃO.

ABRAÇOS GASPARENSES

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...