"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

- Blumenau: que cidade é essa? Parte 2



Rua XV de Novembro em Blumenau
Foto Adalberto Day
Hoje em histórias de nosso cotidiano, apresento um depoimento- texto de um renomado amigo Psicólogo Antonio de Andrade – que fala de nossa Blumenau , com carinho na passagem de mais um ano de aniversário comemorado no mês de Setembro próximo passado.
Histórias de nosso Cotidiano
Antonio de Andrade(*)
Vamos imaginar, caro leitor, que a cidade onde você vive é Blumenau, no Estado de Santa Catarina, no Brasil, e ela está aniversariando, comemorando mais um ano no dia 2 de setembro. Nesse caso seria bom que as pessoas soltassem os rojões, badalassem os sinos, batessem palmas, hasteassem as bandeiras nos mastros oficiais. Seriam as homenagens de praxe à cidade onde você vive. Após essas homenagens, convido você, leitor, a uma reflexão sobre sua cidade.

Rua XV de Novembro próximo ao Castelo da Havan em Blumenau
Foto: Adalberto Day
Primeiramente, imagine a sua cidade como se ela fosse uma pessoa. Que tipo de pessoa seria? Homem ou mulher? Velha ou jovem? Gorda ou magra? Alta ou baixa? Empreendedora ou acomodada à sua situação? Agitada ou calma? Andando ou parada no tempo? Vivendo em paz e harmonia ou em constante conflito entre suas forças internas, conflitos que atrapalham o seu desenvolvimento? Vivendo em um ambiente saudável ou poluído? Limpa ou suja? Bonita e agradável ou suja e repugnante? Alegre ou triste? Vestida em cores agradáveis ou sua cor é cinza cimento desbotado dos prédios? Entusiasta por mudanças que lhe farão muito bem ou indecisa sobre o que fazer de sua vida, sem objetivos claros? Acreditando em idéias que lhe tragam novo sopro de esperança para um futuro melhor e andando em passos firmes nessa direção ou em briga constante com idéias divergentes e sem esperança de que irá melhorar, ficando brigando com suas pernas, cada uma querendo ir em uma direção e não saindo do lugar? Vamos lá, leitor, faça a sua imaginação funcionar! Aproveite o feriado do aniversário da cidade e converse com seus amigos, seus familiares e conhecidos. Como eles imaginarão a sua cidade? Por exemplo, será que eles imaginarão a sua cidade como uma mulher, de meia idade, magra, altura média, um pouco acomodada à vida, mais calma, parada e olhando o horizonte, aguardando alguma mudança em sua situação? Será que imaginarão uma pessoa com essas características, ou outras diferentes, mas uma cidade-pessoa com um profundo sentimento de esperança na melhoria de seu futuro? A imaginação deles se aproxima do que você pensa de sua cidade?
Pense um pouco, leitor, você tinha o planeta Terra inteiro para viver, por que você escolheu sua cidade? É claro que cada morador da cidade de Blumenau deve ter os seus motivos para estar vivendo nesse pedaço do planeta, nessa cidade onde vivem. Independentemente dos motivos, leitor, o importante é que você está morando nessa cidade, está nela e é nela que você vive! E se você vive nesse pedaço de mundo, deve ter aprendido a valorizar a sua cidade e o que ela tem de bom. Permita-me fazer um paralelo, caro leitor, sobre a cidade onde este escritor reside, Lorena, no Estado de São Paulo, cidade a 182 km da capital paulista em direção ao Rio de Janeiro, quase no meio do Vale do Paraíba, entre as serras da Mantiqueira e a do Mar. Lorena tem alguns aspectos que valorizo muito. É privilegiada em relação à maioria das cidades do Vale do Paraíba, pois ela não capta a água do poluído rio Paraíba, mas é servida à população uma água pura vinda de nascente na serra e de poços artesianos. É uma água abençoada, pois é água com "sabor" de água de verdade e o ar da cidade tem características de ar puro e não de poluição, como por exemplo, o ar que os paulistanos respiram. E a paisagem dos picos da serra da Mantiqueira que no horizonte próximo se descortina? Muitos acham que é a paisagem mais bonita de todo o Vale do Paraíba, sem "bairrismo"! Realmente, a paisagem dos contornos elevados da serra da Mantiqueira é de "encher os olhos", em especial nos dias em que a serra está azulada, a tal ponto que se os seus picos fossem brancos com neve, poderia competir à altura com aquelas paisagens de folhinhas suíças! Aspectos físicos, ambientais, muito positivos e bonitos, muito valorizados por lorenenses conscientes desses valores da cidade. E na cidade onde você vive, Blumenau, que valores ela tem? Vamos lá, ponha a sua cabeça para funcionar, traga à sua consciência os valores de sua cidade! Descubra o que ela tem de bom!
(Foto acima, da praça principal de Lorena)
Agora, imagine que todos os habitantes da cidade de Blumenau foram retirados. O que sobraria? Prédios, lojas, indústrias, bancos, praças, ruas, objetos materiais, inanimados, sem vida. Por aí você vê que a "vida" da sua cidade está nas pessoas que nela habitam. E cada um, cada morador, você inclusive, pode construir a "cidade de seus sonhos" onde viverá feliz. É só cada morador da cidade fazer o melhor possível, em todas as situações, para o bem coletivo e comum da cidade, em benefício de Blumenau. Muita gente costuma ficar reclamando de sua cidade, pois ela é isso ou aquilo, outros atrapalham o desenvolvimento da cidade e outros ainda, só ficam criticando aqueles que estão fazendo alguma coisa, mas eles mesmos nada fazem de concreto, para modificar essa situação que não gostam ou que criticam. Em toda cidade, cada um que nela vive tem uma parcela de responsabilidade para que a cidade seja um excelente lugar para nela se viver. Afinal, a parte "viva" da cidade não é formada pelas pessoas? Você, sim você mesmo leitor, é responsável e colaborador dessa transformação para a sua cidade ser um bom lugar para se viver. É como disse John Kennedy quando presidente americano: "Não pergunte o que o seu país (leia aqui, leitor, cidade) pode fazer por você, mas o que você pode fazer por seu país"(cidade).

(Foto acima, de Antonio de Andrade com sua esposa, Vera Lucia, em frente ao bonito prédio colonial da Prefeitura de Blumenau)
Viver feliz em sua própria cidade. Isso é possível, caro leitor, pois viver feliz é uma forma de estar bem consigo mesmo e com a sua realidade. Esse aprendizado é contado naquela fábula antiga. Conta-se que um capitão de barca de transporte fluvial que operava numa travessia entre duas cidades que ficavam cada uma, de um lado das margens do rio, era muito sábio. De vez em quando um morador de uma das cidades lhe perguntava: - Como são as pessoas da outra cidade? Estou pensando em mudar-me para a outra cidade. O capitão da barca, com os anos de experiência que tinha, sempre perguntava: - O que você acha das pessoas da cidade onde vive agora? Se a pessoa respondesse que os moradores de sua cidade eram alegres, amigas, boas pessoas, solidárias, o capitão dizia à pessoa que os habitantes da outra margem do rio eram boas pessoas, calorosas, alegres, amigas e solidárias. Mas, se a pessoa respondesse que os moradores de sua cidade não eram boas pessoas, eram tristes, egoístas, agressivas, violentas, então o capitão descrevia os moradores da outra cidade do mesmo modo. Sábio capitão! Ajudava cada um a descobrir para onde queria iria ir e o que queria ser.... em especial, ajudava cada um a descobrir a importância de enfrentar e viver a sua própria realidade, na cidade onde vivia, criando nela as oportunidades para ser feliz. Voltando à primeira idéia que apresentei a você, sobre o aniversário da cidade de Blumenau, além dos "parabéns à você" para a sua cidade, comece a agir, fazendo a sua parte para viver nela como um passageiro alegre e feliz, colaborando para transformar a sua cidade - cidade pessoa - em uma cidade que realmente seja um bom lugar para todos viverem.
(*) Antonio de Andrade residiu por 12 anos em Blumenau, onde trabalhou como psicólogo na Artex, no bairro do Garcia, atuou também no Detran, em Clínica Psicológica e foi professor na Furb. É escritor e editor de sua própria Editora Opção (na Internet www.editora-opcao.com.br ) É autor de nove livros, sendo um deles, "Os Segredos de Fellicia", um romance moderno ambientado na cidade de Blumenau, uma homenagem à cidade e seus habitantes.

Mapa da cidade de Blumenau:
Contato: opcao@editora-opcao.com.br
Arquivo: Antonio de Andrade e Adalberto Day

4 comentários:

C!cero Nogueira disse...

Blumenau é realmente uma ótima cidade. Eu não nasci aqui, mas é aqui que estou fazendo minha formação universitária, ou seja, é uma cidade que me acompanhará para o resto da vida, onde quer que eu esteja. Penso que sempre que você mora em algum lugar, você acaba pertencendo um pouco àquele lugar, mas quando você fica numa cidade para se formar na profissão que escolheu a ligação é bem maior, afinal foi ali que começou a ver o mundo com outros olhos.
Blumenau tem seus problemas, como todo lugar, mas em geral é uma cidade organizada, as pessoas são muito trabalhadoras - um tanto reservadas, mas entende-se pela cultura alemã.. Na empresa que eu trabalho temos filiais em todo o Brasil e a matriz é aqui. Tenho contato com muitos colegas e eles tem uma imagem muito boa da nossa cidade. Os clientes do norte e nordeste dizem sentir inveja porque moramos aqui...
É um orgulho viver em Blumenau.

Anônimo disse...

Parabens pela oportuna reportagem sobre a nossa inesquecível cidade, ilustrada com fotos que caracterizam sua colonização, mas, pergunto-lhe: o Sr. Andrade é o psicólogo, da época da incorporação Garcia X Artex? Se for temos uma foto com ele posando em dia memorável de 1º de maio, em partida de futebol, realizado no 23º RI, já que as instalações do Amazonas foram aterradas da forma que já foi amplamente debatido em seu espaço. Abraços.
Airton Gonçalves Ribeiro (Airton Moritz)

Angeline disse...

Parabéns, Blumenau merece o apreço de todos os.

Cao Zone disse...

Inegavelmente Deus controlou que a mão do artista que esculpiu Blumenau não errasse nas atripulações. E agora temos uma cidade talhada para o sucesso. Claro, para que isso perdure, o blumenauense tem o dever de reconstruí-la diariamente. E um dos meus humildes tijolinhos estão nessas mal traçadas linhas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...