"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

domingo, 26 de abril de 2009

- ACIB – Associação Empresarial de Blumenau

ACIB
Prestação de Contas :
- Diretoria Gestão 2007/2009 - Foto: Ricardo Silva/Photuspress
- Diretoria Gestão 2009/2011 - Foto: Ricardo Silva/Photuspress - assumem no dia 27/abril/2009.
Durante duas gestões consecutivas, 2005/2007 e 2007/2009, a Diretoria da Associação Empresarial de Blumenau (Acib) não mediu esforços para bem atender aos associados e à comunidade, sob o comando de Ricardo Stodieck e Carlos Tavares D’Amaral. Neste ano, ele deixa o cargo do presidente para Ronaldo Baumgarten Junior, mas sai com a sensação do dever cumprido.
Nesses últimos quatro anos, a representatividade política da Acib alcançou níveis significantes, fazendo com que a entidade estivesse envolvida na maioria dos mais importantes projetos para a região, em âmbito municipal, estadual e federal.
O acesso aos parlamentares estaduais e federais se tornou mais intenso e eficiente e a Acib pôde participar ativamente de pleitos e decisões que diziam respeito à infra-estrutura, desenvolvimento econômico e sustentabilidade.
Não podemos deixar de citar o trabalho de integração junto às demais entidades locais, criando um discurso único e forte para os pleitos empresariais e comunitários.
Nesta publicação, deixamos um breve relato das principais ações empreendidas entre maio de 2005 e maio de 2009. Nosso objetivo foi sempre atender às funções previstas no Estatuto Social da Acib e atrair ainda mais o empreendedor blumenauense para a mais antiga entidade empresarial do Estado. Fizemos isso por meio de um trabalho sem cor partidária, numa política de buscar objetivos comuns para a cidade e a comunidade empresarial.
Nosso trabalho foi baseado em valores como ética, pioneirismo, justiça e apartidarismo. Por esse motivo, estamos certos que fizemos o que estava ao nosso alcance para honrar o nome da associação e lutar pelo desenvolvimento de Blumenau e região.
A Diretoria
Gestões 2005/2007 e 2007/2009
- Ações para evitar queda da atividade econômica pós-tragédia
No final de 2008 a diretoria da Acib teve de enfrentar um problema completamente inesperado: a enchente e os deslizamentos de terra que atingiram Blumenau e região não representaram uma tragédia apenas para o povo, mas também para a classe empresarial e a economia da cidade. Pensando nisso, a Acib, em conjunto com as demais entidades empresariais e sindicatos patronais e laborais se uniram para elaborar uma carta de reivindicações, entregue pessoalmente ao presidente da República Luís Inácio Lula da Silva e ao governador do Estado Luiz Henrique da Silveira. Os pedidos visavam à retomada das atividades econômicas das empresas afetadas pela enchente e a garantia de emprego aos trabalhadores.
Entre os pedidos remetidos ao presidente Lula estavam a liberação imediata do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços para os trabalhadores; a postergação do prazo para o pagamento de impostos federais; criação de linhas de empréstimos com carência de 12 meses e juros subsidiados abaixo de 0,5% ao mês para pessoas físicas e jurídicas; e a criação de linhas de crédito específicas para pagamento de aluguéis, férias, folha de pagamento de novembro e dezembro e 13º salário. Além disso, as entidades solicitaram a suspensão da cobrança de juros e multa dos títulos com vencimento entre 22 de novembro e 31 de dezembro de 2008; criação de linhas de crédito especiais para reconstruir as empresas atingidas pela enchente; doação de mercadorias apreendidas pela Receita Federal e Polícia Federal para os flagelados; a liberação emergencial de recursos do Sistema PAR para a construção de no mínimo 3.000 moradias para as famílias atingidas pela catástrofe; e ajuda financeira aos hospitais da região.
Ao governador do Estado, a Acib, conjuntamente com as demais entidades, solicitou a postergação por 120 dias do ICMS e demais impostos estaduais; a liberação de recursos para refazer a infra-estrutura da cidade e região; a interferência junto ao Governo Federal para agilizar a liberação de recursos federais do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar); e a transferência de créditos acumulados de ICMS.
A maior parte dos pedidos foi atendida, tanto pelo Governo Estadual quanto pelo Federal, o que amenizou as conseqüências da tragédia na economia regional, destacadamente a liberação integral do FGTS.
- Participação no projeto de reconstrução
- Parceria entre entidades:
Uma parceria importante firmada no último ano diz respeito à Revista Empresário. Desde maio de 2008 o veículo de comunicação que leva informação de qualidade sobre indústria, serviços e comércio à comunidade blumenauense é divido entre Acib, Sindilojas e Câmara de Dirigentes Lojistas. O lançamento dessa parceria ocorreu há um ano, na Casa do Comércio. Nesses últimos anos, também foi ampliado e fortalecido o relacionamento com Intersindical Patronal, Sintex, Ampe e Sescon, além da CDL e do Sindilojas, em diversas atividades realizadas em benefício da classe empresarial.
- Ajuda para o Corpo de Bombeiros
Em agosto de 2006 o 3º Batalhão de Bombeiros Militares de Blumenau recebeu uma nova viatura com a ajuda da Acib. A Acib foi também a responsável pela instalação do Corpo de Bombeiros em Blumenau. Em 1958, a entidade alugou o prédio para abrigar a corporação e promoveu campanhas junto à comunidade, com o objetivo de arrecadar o dinheiro necessário para a aquisição dos equipamentos.
- Envolvimento político
Num momento decisivo para o futuro da cidade, a Acib esteve envolvida no processo eleitoral de forma democrática, ouvindo as propostas dos candidatos e firmando compromissos de acordo com os anseios das entidades, a fim de beneficiar a população não só de Blumenau, mas de toda a região. Em 2008, em parceria com CDL e Sindilojas, a Acib convidou candidatos a exporem as propostas e assinarem uma carta de compromisso com as entidades.
Da mesma forma, a Acib participou da luta pela duplicação da BR-470, reformas no Complexo Desportivo do Sesi, viaduto da Mafisa e Parque Vila Germânica. Além disso, manifestou apoio à assinatura de um novo convênio com o Governo Federal para manutenção e recuperação das barragens de José Boiteux, Taió e Ituporanga.
Nos quatro anos em que esteve à frente da diretoria da Acib, Ricardo Stodieck fez cerca de 20 viagens a Brasília, além de inúmeras viagens a Florianópolis, a fim de estreitar os laços com a classe política e levar reivindicações da região.
- Ponte do Vale
O problema de trânsito enfrentado por quem precisa passar pela cidade de Gaspar, especialmente nos horários de maior movimento, atinge de forma direta também aos blumenauenses. Por isso, obras como a Ponte do Vale e o anel de contorno de Gaspar foram pleiteadas seguidas vezes pela Acib, em parceria com a Associação Empresarial de Gaspar.
- Blumenau 2050
A cidade começou a se preparar para o futuro com o Projeto Blumenau 2050, um conjunto de ações para planejar Blumenau a curto, médio e longo prazo, lançado em 2007. Com o slogan “O futuro da cidade já começou”, a proposta apresenta as diretrizes para o desenvolvimento planejado da cidade até o ano de 2050. A Acib participou da elaboração do projeto, representada pelo engenheiro Jorge Rodacki e pelo arquiteto Alfredo Lindner Junior.
- Prefeito reeleito ouve pleito de entidades empresariais
Foto: Reunião prefeito. Crédito: Cristiane Soethe - Legenda: O prefeito João Paulo Kleinübing e o vice Rufins Seibt (centro) se reúnem com empresários
Logo após as eleições municipais de 2008, as entidades empresariais receberam na Acib o prefeito reeleito João Paulo Kleinübing e o vice Rufinus Seibt. Eles ouviram os pleitos de representantes de sindicatos como o das Indústrias de Cristais e Porcelanas, das Gráficas, das Indústrias de Artefatos de Plástico, das Indústrias Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico, além do Sinduscon, Ampe, CDL, Sescon, Intersindical Patronal e Acib. “Passadas as eleições, é hora de começar a transformar o que foi pensado em ações. Algumas ainda neste ano”, apontou o prefeito. Ele destacou como prioridades a discussão de um modelo de desenvolvimento para a cidade em conjunto com as entidades e uma parceria para implantar melhorias na educação. João Paulo citou exemplos de municípios em que a gestão das empresas foi para dentro das escolas e promoveu o desenvolvimento dessa área. O prefeito ainda afirmou que daria continuidade ao projeto Blumenau 2050 e pediu o apoio das entidades.
A imagem (E) do dia da eleição 06/abril/2009 , Pedro Prim , Ronaldo Baumgarten Junior, Ricardo Stodieck. A Imagem a (D) Adalberto Day, Ronaldo Baumgarten Junior, Ricardo Stodieck.
- Jantar de bairros
A cada ano a Acib tem promovido um jantar reunindo empresários em diferentes bairros da cidade. Esses encontros já ocorreram nos bairros da Velha (com apoio do diretor Avelino Lombardi), na Itoupava Central (apoiado pelo presidente do Conselho de Desenvolvimento da Itoupava Central, Paulo César Lopes) e na Itoupava Norte (que contou com auxílio da conselheira Claudete Mafra Wanderck). Todas as edições do evento foram organizadas pela diretora Haida Siegle e reuniram sempre mais de 100 pessoas para conhecer de perto a entidade e os benefícios oferecidos aos associados. Entre os objetivos da Associação Empresarial de Blumenau com esses eventos está o de promover e incentivar o relacionamento entre a classe empresarial e apresentar os objetivos e as soluções empresariais da Acib.
- Encontros de integração
Outra ação da Acib visando à aproximação dos empresários é o Encontro de Integração dos Núcleos Setoriais, promovido anualmente. Na ocasião, as empresas nucleadas têm a oportunidade de ampliar a rede de relacionamentos e cada Núcleo pode mostrar o trabalho que vem desenvolvendo, promovendo interação e troca de experiências.
- Combate à Pirataria
Na luta contra a pirataria, os blumenauenses também passaram a contar com aliados importantes: dois números de disque-denúncia que vão atender e encaminhar os pedidos. O Procon atende pelo número 151 e a Polícia Civil pelo 181.
- Acib contra CPMF
A Contribuição Social da Saúde (CSS), que tentava recriar a CPMF, recebeu o repúdio da Associação Empresarial de Blumenau (Acib). Em 2008, quando tramitava no Congresso Nacional, a entidade enviou correspondência a todos os deputados federais e senadores por Santa Catarina, pedindo o voto contrário da bancada catarinense à matéria. “Nossa posição é contrária à criação de novos impostos e ao aumento da carga tributária que já pesa consideravelmente sobre a classe empresarial e toda a sociedade brasileira”, afirmou, na época, o presidente da Acib Ricardo Stodieck.
- Encontro Brasil-Alemanha
Empresários e autoridades do Brasil e da Alemanha estiveram reunidos em Blumenau de 18 a 20 de novembro de 2007 no Encontro Econômico Brasil-Alemanha, o mais importante encontro bilateral na área econômica entre os dois países. Os anfitriões do evento foram o presidente da Confederação Nacional da Indústria Armando Monteiro e o presidente da Fiesc Alcântaro Corrêa. Na delegação alemã de negócios estavam Jürgen Thumann, presidente da Confederação das Indústrias Alemãs, e Uriel Sharef, membro do Comitê Executivo Corporativo da Siemens. O tema do evento foi: “Cooperação Tecnológica e Inovação: Fortalecendo a Competitividade Internacional”.
- Benefícios aos associados
Resultados na prática
Com tantas ações em favor da classe empresarial, a Acib conseguiu, nestes últimos quatro anos, elevar o número de associados em 6,22%. Os núcleos aumentaram de 23 para 27. Além disso, foi criada uma área específica dentro da Acib para cuidar dos eventos e outra voltada ao comercial.
1. Para saber mais clique : ACIB - Associação Empresarial de Blumenau
2. Arquivo: ACIB, Cristiane Soethe, Ricardo Stodieck, Adalberto Day

Um comentário:

Eli Janice Lopes disse...

Gostaria de publicar o falecimento de meu pai Waldyr Cunha,em 03-04-2009.Nascido em 06-11-1928 na cidade de Blumenau.Morador no bairro Garcia,na rua Emilio Tallmann nº303.Foi empregado na antiga empresa Garcia,tendo lá iniciado como varredor de sala chegando a ser mestre geral de tecelagem da terceira turma.Foi seu primeiro e único emprego,onde permaneceu por trinta e oito anos.
Deixou viúva a Sra. Áure Cunha,e cinco filhas,Janete,Shyrlei,Eli,Rosane e Josiane.
Meu nome é Eli janice Lopes,e mei e-mail é; elijlopes@hotmail.com
Obrigada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...