"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

quarta-feira, 21 de maio de 2008

- Frederico Guilherme Busch

Um Homem inquieto e criativo. Visionário Frederico Guilherme Busch foi um dos grandes empreedendores da cidade de Blumenau no inicio do Século 20. Busch foi Alfaiate, Suplente de Juiz de Direito, sócio de Indústria Têxtil. - Frederico Guilherme Busch não pode residir por muito tempo em Palhoça, onde nasceu em 29 de dezembro de 1865. Por orientação médica preferiu abandonar o Litoral e, por opção, escolheu Blumenau para morar. Filho do carpinteiro Wilhelm Busch, antes de deixar a cidade natal, Frederico aprendeu a profissão de alfaiate, ramo que usou para se estabelecer no Vale do Itajaí. O fato de ser “estrangeiro” não impediu Busch de fazer parte da história de Blumenau.
- O alfaiate chegou em 1888, mas não demorou muito para começar a interferir de forma intensa no dia-a-dia da cidade. Poucos anos depois da chegada, já inaugurava um comércio de importação e exportação, considerado o primeiro exportador de laticínios da região.
- Em 1903, Busch importou um automóvel movido a vapor, primeiro veículo motorizado a chegar na cidade e um dos primeiros a circular em todo o Brasil. Em novembro do mesmo ano era nomeado segundo suplente de juiz de Direito em Blumenau, cargo que voltou a assumir em 1904. Segundo minhas pesquisas com ex empregados da Empresa Garcia, este Ford, ficou abandonado por anos no interior do parque fabril da empresa, e por volta dos anos de 1940 foi enterrado dando lugar a novas construções. Busch até seu falecimento foi um dos principais sócios e dirigentes da E.I.Garcia.
- Três anos depois, Busch já ampliava os negócios, abrindo uma fabrica de fósforos, a Phosphoros Catharinenses. Em 1905, o empresário conseguia uma autorização para produzir e fornecer energia elétrica, tarefa que demorou quase cinco anos para levar a cabo. Foi sócio de 1900 a 1906 de um empreendimento fundado em 1883 por Gustav Roeder e que a partir de 1918, com a entrada de acionistas de Curitiba, passaria a se chamar Empresa Industrial Garcia.
Paixões
Jornal de Santa Catarina 2 de setembro de 2000- 150 anos de Blumenau- volume 3 – personagens, lugares e construções. Arquivo de Dalva e Adalberto Day.
Busch era um homem inquieto e criativo. De tudo o que fez na vida, o cinema parece ter merecido lugar de destaque em meio às paixões do empresário. Segundo o número 26 da Revista Paulista da Indústria, publicada em setembro de 1954, Busch trouxe o primeiro projetor de imagens para Blumenau, ainda de imagens para Blumenau, ainda no começo do século. A revista afirma ainda que, em 1909, Busch já possuía uma máquina para cinema falado. Na época, ele projetava filmes apenas para os amigos.
- Para conseguir aumentar o acervo particular, Busch chegou a pedir para um representante seu no Rio de Janeiro, Augusto de Oliveira e Silva, que encontrasse novos títulos. Tempos depois Silva respondia o pedido, dizendo que não encontrou a mercadoria em todo o comércio carioca, então o maior centro de comprar do país. Busch teve de recorrer, então, à distribuidora francesa Pathé Frères para conseguir receber, através de importação, as desejadas películas.
- Anos depois passou a exibir os filmes no Salão Holetz, ao lado do hotel de mesmo nome (onde atualmente está situado o Grande Hotel , na Alameda Rio Branco). Em 1919, o salão passou a se chamar “Busch’s Kino”, expressão alemã que significa Cine Busch. O empresário morreu em Blumenau no mês de julho de 1943, aos 77 anos.

- Por iniciativa do Empresário Frederico Guilherme Busch surge em Blumenau em princípios de maio de 1914 o primeiro ônibus encarregado de fazer o transporte coletivo entre o Centro e Altona (Itoupava Seca). O Veiculo possuía 12 lugares sentados e dois em pé. Francisco R Kumm o seu motorista.
Fonte: ACIB Blumenau 90 anos de memória.

3 comentários:

Marcio disse...

Olá, Sr. Adalberto!

Meu nome é Marcio Scialis e sou músico, qui em SP. Estou montando um espetáculo teatral que envolve uma parte histórica, de Blumenau, as empresas que surgiram no início do século passado. Buscando na internet sobre fotos, etc, encontrei vosso email e tomei a liberdade de escrevê-lo!

Seria possível obter informações sobre Blumenal, fotos, história, através de sua pessoa?

Agradeço imensamente, desde já!

Camilinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camilinha disse...

Gincaneiros não tão dando mole... quase 50 acessos simultâneos... hohoho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...