"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sábado, 3 de maio de 2008

- Estádios: Amazonas, Palmeiras e Olímpico.

- As imagens são verdadeiras, estes estádios já existiram. Uma época de pura nostalgia, principalmente nos campeonatos citadinos de futebol em Blumenau.

A imagem de 1963 e 1970 mostra o Estádio da Empresa Industrial Garcia de propriedade do Amazonas Esporte Clube, fundado oficialmente em 19 de setembro de 1919 – Este belo estádio, o mais bonito do Vale do Itajaí até seu último jogo e desativação a partir de 26 de maio de 1974, foi impiedosamente aterrado pela empresa Artex. Deixou na época um rastro de descontentamento da grande torcida Amazonense e dos fanáticos torcedores de toda nossa cidade.

A imagem de 1962, e dos últimos momentos deste Estádio do Palmeiras Esporte Clube, fundado em 19 de julho de 1919, inicialmente com o nome de Brasil e por final em 1980 BEC – Blumenau Esporte Clube. O Nome do Estádio era Aderbal Ramos da Silva.
A imagem de 1962, e dos momentos atuais, mostra o Estádio da Baixada de propriedade do Grêmio Esportivo Olímpico em Blumenau. O Olímpico foi fundado em 14 de agosto de 1919, e desativou seu futebol profissional em 1970. Este foi o palco que viu por duas vezes a única equipe campeã do Estado de Futebol, em 1949 e 1964. Neste belo estádio e com um gramado invejável, atuaram grandes jogadores do futebol brasileiro: Pelé, Garrincha, Zito, Teixeirinha e tantos outros.
Projeto:
O Projeto de ampliação do Estádio do SESI prevê 30.975 lugares e padrão FIFA, podendo ser até sede para copa de 2014. Foto: A.C.Arquitetura/Divulgação/Jornal de Santa Catarina.
História:
O futebol em Blumenau até 1941, era praticado mais de forma amadora, quando então é fundada a LBF – Liga Blumenauense de Futebol, que passa a organizar campeonatos da cidade e regionais. Anteriormente o futebol era praticado somente por equipes formadas pelos jovens do “Turnverein Blumenau – Sociedade de Ginástica (1873-1942)” e operários da Empresa Industrial Garcia, depois Amazonas Esporte Clube. Os jogos eram realizados nos finais de semana, próximo ao hotel Holetz (nos fundos do Hotel onde hoje é a casa do Comércio), hoje Grande Hotel. O primeiro jogo em Blumenau com equipe realmente formada foi no dia 26 de março de 1911 – no pasto do hotel Holetz contra um grupo de alemães – Imperial Esquadra Alemã – (conforme registros no jornal Der Urwaldsbote da época era um domingo à tarde), o resultado do jogo foi vencido pelos alemães 5x2. O importante nessas competições era o espírito esportivo e o amor à camisa vestida por qualquer dos componentes das agremiações blumenauenses.
Arquivo de Adalberto Day

3 comentários:

Anônimo disse...

Tive o privilégio e a honra de pisar e atuar em todos estes estádios. Como atleta juvenil, na época, defendi as cores do Palmeiras e do Olímpico, sempre levado pelo técnico Altemir Antônio que também se revezava no comando das categorias de base.
No Amazonas foi praticamente onde iniciei minha atividade esportiva, desde a categoria infantil. Indiscutivelmente, sem bairrismo, o Estádio da Empresa Industrial Garcia, o campo do Glorioso Amazonas Esporte Clube era magnificamente cuidado e seu gramado parecia uma mesa de bilhar.
Que tempos maravilhosos, que saudades.
Adilson Siegel - Ticanca

Maurício da Silva Junior disse...

Um colega de trabalho me contou que há uns 20 anos viu até um desfile na XV da maquete do que seria o novo estádio municipal. Porém, o projeto nunca saiu do papel, melhor, da maquete.

Espero que o atual projeto não seja apenas mais uma promessa de ano de eleição...

EDEMAR ANNUSECK disse...

Olá Adalberto,
Bela matéria; a memória do futebol de Blumenau precisa ser preservada e mostrada sempre aos jovens. Joguei em todos estes estádios e também no do Guarani EC (Estádio da Rua 4 de Fevereiro),Estádio Curt Hering da SD Vasto Verde, Carlos Barbosa Fontes do CA Tupi em Gaspar, Estádio Hermann Weege da SE Floresta de Pomerode e Estádio da SRE União de Timbó, não sei se ainda existe. Prá quem não sabe, nos anos 50 e 60 o Campeonato da 1a. Divisão da Liga Blumenauense de Futebol era incomparável. Nos anos 50 com a presença de Palmeiras, Olimpico, Guarani de Blumenau, Carlos Renaux e Paisandu de Brusque, Estiva de Itajai. Posteriomente entrando nos anos 60 os grandes campeonatos da LBF com Palmeiras, Olimpico, Guarani, Vasto Verde, Amazonas, Tupi de Gaspar, Floresta de Pomerode e União de Timbó. Eram contratados jogadores e treinadores profissionais remunerados pelos clubes e muitos registrados como funcionários e dando meio expediente em grandes empresas. Muitos acabaram casando e se estabelecendo na região. Falei ao microfone da Rádio Nereu Ramos e expressei em papo com Cláudio Roberto Reinert (Peninha), Rodolfo Sestrem, Alexandre José, Hamilton Antonio, Amauri Pereira em 1994 quando deixei Blumenau para vir para o rádio de Curitiba. "Vocês podem me cobrar daquí há 10 anos. A situação do futebol de Blumenau vai continuar do mesmo jeito como está hoje: sem condições financeiras para estabelecer definitivamente um grande clube PROFISSIONAL, um estádio para atender os interesses do futebol para grandes eventos". Já se passaram quase 14 anos.
Um grande abraço e ótima semana
Edemar Annuseck

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...