"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sábado, 22 de março de 2008

- Tesoura Júnior


- Foto - Diário Catarinense - Ediçaõ 8011 - de 19 de março de 2008 -
- Tesoura Júnior nasceu em Rio Bonito, hoje Caiapônia, Goiás em 23 de março de 1916 e faleceu no dia 24 de janeiro de 2014. Seu nome verdadeiro é Victoriano Cândido da Silva sua trajetória de vida antes de chegar a Blumenau foi uma verdadeira odisséia, contada no livro “Memórias de um Blumenauense nascido em Goiás” , de agosto de 1991- Fundação Casa Dr. Blumenau com prefácio de José Gonçalves Jornalista e escritor. Lutou na Revolução Constitucionalista de São Paulo de 1932, em Mato Grosso com as forças do governo Contra os Revoltosos Paulistas, na época em que o presidente era Getulio Vargas.
O apelido famoso:
- O apelido foi uma brincadeira que ele mesmo criou. Ele não queria que as pessoas soubessem quem era ele, e se infiltrava mais facilmente com o anonimato. A tesoura corta, picota, fura. Dá o furo de reportagem – comentou em seu livro.
- Tesoura andou por várias cidades catarinenses, antes de aportar em Blumenau em definitivo em abril de 1944, na função de guarda sanitário. Passou a primeira vez por Blumenau em 1932, vindo de Florianópolis com destino a Joinville, São Francisco do Sul. Chegou a morar no antigo Hotel e Pousada da família Hinkeldey no bairro Garcia. Tesoura jogou futebol pelos aspirantes do palmeiras, vasto verde, bandeirantes e outros clubes de Blumenau. Tesoura Junior trabalhou no programa “a marcha do esporte” criado em janeiro de 1940, por Pereira Junior. Esse programa ia ao ar todos os dias das 12:30 hrs as 13:00 hrs. na PR C4 Rádio Clube de Blumenau. Trabalhou nesse programa com José Gonçalves, Jeser Jossi Reinert, Adolfo Nolte de 1946 até 1984.

20º aniversário do Jornal A Voz da Razão, solenidade de entrega do Troféu Rodolfo Sestrem para profissionais de Rádio e TV de Blumenau, no dia 28 de março de 2008, às 20h, na ACECREMER. Na foto Tesoura Júnior un dos homenageados. Foto André Mrozkowski
A “Marcha de esporte” chegou a atingir 95% de audiência em todo vale do Itajaí. Tesoura comandou o esporte na Rádio Clube de 1954 até 1984. Arquivo Adalberto Day/“Memórias de um Blumenauense nascido em Goiás” , de agosto de 1991- Fundação Casa Dr. Blumenau”.
Arquivo : Adalberto Day

4 comentários:

EDEMAR ANNUSECK disse...

Parabéns pela reportagem.
Tesoura Junior é um dos ícones do rádio de Santa Catarina. Fico feliz em saber que chega aos 92 anos e pelo que tomei conhecimento, forte e consciente, acompanhando sempre as coisas do esporte através do rádio. Quando tentei ingressar no rádio pela primeira vez em 1960, trabalhei num domingo no Plantão da PRC-4 e participei a noite da Resenha que o Tesoura comandava. Ele redigia o placar e o noticiário em folha de papel jornal que tinham uns 10 metros de cumprimento por 20 centímetros de largura. Acho que era material que se utilizava no Jornal A Nação na época. Daquí os meus cumprimentos ao Tesoura Junior pelo aniversário. Aliás eu nem sabia, ele faz aniversário hoje 23.03 juntamente com minha filha Sandra Annuseck, bacharel em direito, jornalista e professor de inglês formada pelo CCAA de São Paulo e que hoje é assessora de imprensa da Assembléia Legislativa em Florianópolis.
Ótima Páscoa a todos ns graças de DEUS

Edemar Annuseck

Tarcisio disse...

Olha ele ai gente,92 anos que maravilha.Parabéns Beto pela matéria.Os meus votos de muita felicidade à este Grande baloarte do radio.Tarcisio

Anônimo disse...

Adalberto,

Minha infância, no soninho da tarde, acompanhava meu querido e saudoso Pai ouvindo a MARCHA DO ESPORTE, começando pelo COMENTÁRIO DO DIA com o incomparável e inconfundível Tesoura Júnior.

Foi colega atleta no Bandeirantes com meu Pai e adversário quando meu Pai vestia a camisa alvi-celeste do Amazonas Esporte Clube.

Ele sempre teve um carinho muito grande por todos nós da família Siegel. Em nossos aniversários, nunca faltava o abraço fraterno, para um membro do nosso clã. Como representante do Sesi acompanhava-nos nas competições estaduais e era fã incondicional do Nilson, o Bigo, a quem dizia ser o melhor jogador de futebol de salão que ele vira jogar em todos os tempos.

Ao mestre Tesoura Júnior, em nome de minha mãe, a Dona Rosa, meu irmãos, Wilson Siegel (Nene), Nilson Siegel (Bigo) e em meu próprio nome, Adilson Siegel (Ticanca), os desejos de muita saúde, felicidades, lucidez e alegria em seu aniversário.

Que o PODEROSO seja ainda mais generoso com este cidadão de origem humilde, apaixonado por charutos, homem de palavra fácil, de textos extraordinários, descobridor e incentivador do nosso maior narrador esportivo do rádio Blumenauense, o saudoso Rodolfo Sestrem.

Um grande e fraterno abraço e nossa total gratidão pelas palavras sempre generosas de elogios e incentivos que recebemos de seus comentários esportivos.

Adilson Siegel - Ticanca - em nome de toda a família Siegel - seus admiradores.

Braga Mueller disse...

Adalberto,
Parabéns pela lembrança de destacar o aniversário do Vitoriano Cândido da Silva, o "Tesoura". Trabalhei com ele durante muitos anos na PRC-4, ajudando a apresentar o noticiário da "Marcha do Esporte" quando ele não podia fazê-lo. O Edemar Annuseck lembrou bem quando citou no comentário acima que o Tesoura redigia as notícias em uma longa tira de papel jornal. Ele trazia aquela "fieira" lá pelas 11 da manhã (o programa era entre 12,30 e 13,00 h) e prendia com um clips na parede, aguardando a hora de ir para o ar. Tempos bons aqueles ! Foi o Sadi Ivo Pezzi, um baita narrador esportivo, que acrescentou o Júnior ao pseudônimo Tesoura, isto por volta de 1960. Abraços do
Braga Mueller

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...