"A Educação é a base de tudo, e a Cultura é a base da Educação"

Seja Bem-Vindo e faça uma boa pesquisa!

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

- Nossos barcos


A imagem de abril 2004, mostra o barco Catamarã. O primeiro vapor a atracar em Blumenau/SC, foi o São Lourenço. O Vapor Blumenau que navegou pela primeira vez no dia 30 de maio de 1895 (destativado em definitivo em 29 outubro de 1959) é quase um estorvo para muitos, pela “trabalheira” que já deu, mas precisa ser preservado pela enorme contribuição que proporcionou ao município, e pelo significado histórico. O vapor já foi restaurado mais de uma vez e por pouco foi levado por uma enchente. Atualmente o Vapor Blumenau repousa num pedestal, na Prainha, desde 1961. Blumenau também teve outros vapores, com relevantes serviços prestados à cidade: o Progresso, comprado em 1878, mas circulou a partir de 1879; o Richard Paul, 1910 e o Barco Gustavo, de 1913. A partir de 1949 começou a desativação. O barco-restaurante, Blumenau II, de 1972, agonizou durante algum tempo nas margens do Rio Itajaí, adernando por abandono, até que a Justiça obrigou o proprietário a dar um destino ao barco, e então foi levado para outro município, onde afundou em 2002. E o Catamarã de vários nomes (Prefeito Décio Nery de Lima, Manezinho Schiff, Capivara Dois) depois de virar um dos assuntos mais polêmicos dos últimos tempos (até porto seria inaugurado para ele, e por ninguém menos que o presidente da República) atualmente faz passeios turísticos no litoral catarinense, e mudou de nome mais uma vez, agora é Catamarã Catarina. Foto arquivo Adalberto e Dalva Day

terça-feira, 28 de agosto de 2007

-Terno de Reis da Família Dias

Em pé: Ledir Maçaneiro, Maria Tereza Dias, Lenir Duque,Jorge Roberto Dias, Zé Valdir, José Oliveira Dias e Marcos Aurélio Dias.Sentados: Ludgéria Habiztreuter, Eduardo Dias e Doraci Dias.
Eram promovidas pela Empresa Garcia todos os anos festas juninas, magnificamente dirigidas pelos funcionários e apoio da Empresa. Minhas recordações são as mais diversas, fogueiras, pipocas, corujas, brincadeiras, pescarias, roda da fortuna e tantas outras atrações, era emocionante. A festa do centenário da Empresa Garcia em 1968 foi emocionante, com shows de artistas de TV de todo o Brasil, tais como Golias, Ivon Cury, Grande Otelo e outros. - Hoje nossa cultura em nosso Grande Garcia, temos a Família Dias resgatando as raízes, nos abrilhantando todos os finais e inícios de ano, com suas belas músicas de ternos de Reis. Orgulho de nossa comunidade do Distrito do Garcia
Foto acervo Família Dias

- Blumenau e sua história

A imagem de 1900, mostra em primeiro plano a Alameda Duque de Caxias, mais conhecida como Rua das Palmeiras, onde Dr. Blumenau residia. Grande parte dessas palmeiras foi plantada por Dr. Blumenau. Durante vários anos, esse local e mais o início da Rua XV de Novembro até a ponte sobre o Ribeirão Garcia que une a Rua, foi o centro da cidade. De 1852 a 1899, a data de comemoração do aniversário de Blumenau era 28 de agosto. A escolha da data foi do Dr. Blumenau, a partir da venda dos primeiros lotes na margem direita do ribeirão Garcia. Dr. Fritz Müller foi um dos primeiros compradores em 1852. Em 1900, o Poder Legislativo local aprovou a data de fundação em 2 de setembro, dia da chegada dos 17 primeiros imigrantes, que juntamente com Dr. Blumenau eram Evangélicos. Foto - 2 Antiga Prefeitura em 1950. Foto - 3 Rua XV de Novembro em 1900. Foto - 4 Ponte sobre o Ribeirão Garcia em 1957, aos fundos a esquerda Hotel Holetz.Arquivo da familia Day.

sábado, 25 de agosto de 2007

- Os campeões de Blumenau e do Estado

A Imagem mostra figurinhas do álbum "Teixeirinha" - Craques de 1963, Leal do Palmeiras, Mauro Longo do Olímpico, Quatorze do Vasto verde, Mayer do Amazonas e Carlinhos do Guarani. Pura nostalgia dos campeonatos citadinos, neste ano o Guarani da Itoupava Norte foi o campeão da cidade de Blumenau, faziam parte da sua equipe :Carlos; Cildo, Brandão, Dagô e Antoninho: Nilo e Chico; Da Silva, Carlinhos, Ivo e Joel. Depois vieram Di, Chelo, Alcino, Bianchini - o treinador era o Carlos de Campos Ramos, o Leléco. Os radialistas que emocionavam nessa época, eram Edemar Annuseck e Ivo Sutter (narradores), Álvaro Correa (comentarista), Alfredo Otto Flatau e Moacir Galliani (repórteres) pela Rádio Nereu Ramos, - Jeser Jossi Reinert (narraddor) Tesoura Junior (comentários), Onélio Cavaco, Adolfo Nolte (repórteres) pela Rádio Clube. Mais tarde vieram outros culminando com Rodolfo Sestrem. Em 1943 foi criado pelo radialista Manoel Pereira Júnior na Rádio Clube- PR C4- o programa “A marcha do Esporte” das 12:40 as 13:00, também participavam Tesoura Júnior e José Gonçalves. Esse programa foi ao ar por mais de 40 anos. O Marcilio Dias foi o campeão do Estado que tinham em seu elenco craques como: Ratinho e Aquiles que foram jogar na Portuguesa de Desportos, Sombra, Antoninho, e Jorge que jogou no Palmeiras de Blumenau, Idézio que foi campeão pelo Metropal de Criciúma, e Dico que veio jogar no Amazonas de Blumenau, e tantos outros. Arquivo família Day. Colaboração Álvaro Luiz dos Santos e Edemar Annuseck.

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

- AG Garcia: Reunião da comissão com prefeito e secretária da saúde

Reunião da COMISSÃO PRÓ-CONSTRUÇÃO DO NOVO AGG – AMBULATÓRIO GERAL DO GARCIA -21 de agosto de 2007 local CSU - com o Prefeito João Paulo Kleinubing, Secretária da Saúde Elisabeth Ternes, Vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde Rosy W. da Silva, Presidente da Câmara de Vereadores José Luís Gaspar Clerici, Presidente do Conselho Regional de Saúde do Bairro Garcia Luiz Carlos Pereira, Vereador Vanderlei Paulo de Oliveira, Vereadora Maria Emília de Souza. Membros inscritos da COMISSÃO: Maurício Goll, Argeu Maschio, Adalberto Day, Luiz Nestor Pohlmann, Nelson Moretti e Carlos A Salles de Oliveira - Presidente da Comissão, demais lideranças do bairro e também a presença de boa parte da comunidade.
Os membros da Comissão Pró - Construção, Vereadores e Comunidade reivindicando a construção do AG-Garcia conforme o projeto para a Cantina-Artex, debateu com coragem e sabedoria com o Prefeito que, a princípio, veio para convencer a Comissão sobre a transferência do AG-Garcia para a Intendência e, com apenas a promessa de não abandonar o projeto que o Bairro exige. Após exaustivo debate onde exigiu toda a capacidade de convencimento de ambos os lados, finalmente, a balança pendeu para o lado do povo e o Prefeito, convencido da melhor solução para todos, aceitou lançar edital de licitação dentro de 45 dias e imediatamente em seguida, iniciar as obras que, subdivididas em três ou quatro etapas, evoluirão conforme disponibilidade de receita do município e de arrecadação adicional a ser garimpada junto a outras instâncias governamentais e iniciativa privada. Nesse meio tempo em que o novo AG estiver sendo construído, um estudo de viabilidade será desenvolvido pela prefeitura e aferido pela Comissão, para decidir se as atuais instalações do AG Garcia permaneçam no CSU, local atual, ou se serão transferidas para as atuais dependências da Secretaria Distrital do Grande Garcia. A princípio, é desejo da Comissão preservar o que já está pronto e funcionando, no caso a Intendência, e reformar o que necessita de manutenção, que é a necessidade do próprio Centro Social Urbano do Garcia. Foto arquivo Adalberto e Dalva Day - Colaboração Carlos Alberto Salles de Oliveira. Acompanhe e comente tudo o que foi notícia sobre o AG Garcia * AG Garcia: Ordem de serviço * AG Garcia: Reunião na SEMUS * AG Garcia: Reunião da comissão com o prefeito * AG Garcia: MANIFESTO de protesto e repúdio * AG Garcia: 1ª Vistoria da Obra

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

- O Papa Fila

A imagem mostra o ônibus da Empresa Nossa Senhora da Glória, que era conhecido como "Papa Fila", devido os seus 15 metros de comprimento. Circulou nas ruas de Blumenau principalmente nos anos 50 e 60. Seu tamanho era considerado grande demais para nossas ruas estreitas, e era também difícil de manobrar.

sábado, 18 de agosto de 2007

- Associação Artex

A imagem mostra o complexo esportivo e cultural da Associação Artex. A incorporação da Empresa Garcia à Artex em 15 de fevereiro de 1974 marcou o começo do fim de uma era brilhante no esporte blumenauense. Os dirigentes da Artex acabaram com o clube Amazonas. Aterraram impiedosamente uma das mais belas praças esportivas de Santa Catarina da época, mas ergueram um novo e moderno estádio, no antigo campo do Niteroi (time que pertencia aos moradores da Rua Emilio Tallmann), posteriormente passou ser do América (funcionários da Artex), que anteriormente era conhecido como pasto do Sr. Bernardo Rulenski, seu antigo proprietário. Por volta de 1970, a Artex comprou este local e fundou em 1971 a Associação Artex. Foto de 1993 – arquivo Giovani Luebke/Wilimar Keller . Colaboração Odemar Scheurich.

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

- Bom Dia


A Toalha Bom dia
Confeccionada pela Empresa Industrial Garcia, em Blumenau, entre as décadas de 50 e 70, essas toalhas constituiriam-se em artigo dos mais populares em todo o território nacional. O preço por unidade era baixo, justamente para atingir o mercado das classes menos favorecidas. Apesar de não ser muito macia, "enxugava" muito bem. (Foto: Arquivo de Adalberto Day/Carla Iten) publicado no Jornal de Santa Catarina na coluna Almanaque do Vale, de Sérgio Antonello em 14 de junho de 2007

domingo, 12 de agosto de 2007

- Nostalgia: Campeonato Citadino de Blumenau

A Imagem mostra figurinhas do Álbum, - Homenagem ao craque Catarinense - "Teixeirinha" dos clubes de Blumenau Palmeiras, Olímpico, Vasto verde, Amazonas e Guarani. Pura nostalgia dos campeonatos citadinos que eram realizados todos os anos entre os anos de 1941 final da década de 1960. O Campeonato era organizado pela LBF - Liga Blumenauense de Futebol. O álbum circulou nos em fins 1964/66, e era composto por essas cinco equipes pela ordem mais os seguintes clubes:
Floresta, Tupi, União, Carlos Renaux, Paisandú, Caxias, América, Barroso e Marcílio Dias.

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

- Um lugarzinho no Céu


A imagem de 1963 mostra Diploma recebido por desempenho do aluno que conseguisse uma quantia através do preenchimento de uma cartela. Cada cartela dava direito ao recebimento do Diploma, que se tornava o “Padrinho ou Madrinha” de uma suposta criança Pagã, em algum lugar do mundo, principalmente no continente africano. Essa criança receberia no batismo o nome do Diplomado. Esse fato ocorreu na Igreja Nossa Senhora da Glória, e Grupo Escolar São José (Gov. Celso Ramos) no bairro Glória em Blumenau-SC. Arquivo Eliane Day

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

- O antes e o depois

A imagem em primeiro plano de 18 de maio de 1948, mostra o Majestoso Hotel Holetz, construído em 1901 e demolido em maio de 1959, cujas linhas arquitetônicas se constituíram durante toda sua existência num dos mais belos cartões postais de Blumenau. Em segundo plano em Dezembro de 1962, nesse mesmo local foi erguido o Grande Hotel.
Arquivo Adalberto e Dalva Day

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

- "METAJUHA" e suas conquistas

A imagem de Outubro de 1990, em primeiro plano mostra a visita do Governador Vilson Pedro Kleinubing e Braz Roncáglio (centro), a residência de Adalberto Day integrante da METAJUHA - Em segundo plano a execução da Obra da Rua Júlio Heiden, em maio de 1991- já no governo do Prefeito Victor Fernando Sasse
A Metajuha, Associação de moradores das Ruas Emilio Tallmann, Júlio Heiden e arredores da Associação Artex é uma das associações de moradores das mais atuantes em Blumenau. Fundada em 04 de Setembro de 1988, conseguiu com seus abnegados colaboradores e poder público, obras de fundamental importância para a comunidade. Dentre elas podemos destacar: abertura e pavimentação das Ruas Emílio Tallmann, Júlio Heiden, Germano Roeder, e diversas transversais. Como também passou a ser corredor de Onibús, e tantas outras obras. Próximos projetos: Sonorização na Associação Artex/Coteminas, controle dos Decibéis junto a comunidade, reforma da sede da METAJUHA,Creche, Iluminação pública nas Ruas Emílio Tallmann e Júlio Heiden, e em diversos pontos problemas com o trânsito. A METAJUHA apoia a comissão pró-construção do AGG- Ambulatório Geral do Garcia, em seu projeto no antigo salão e cantina da Artex, e não nas antigas instalações atuais da secretaria distrital e praça do cidadão .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...